A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Uber liberado em São Paulo, Hyundai-Caoa perde processo por Veloster, Clarkson-Hammond-May anunciam nome do novo programa e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

Uber é liberado em São Paulo e taxistas protestam com violência

uber-taxi

O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, anunciou nesta última terça-feira (10) o decreto que autoriza o Uber (e qualquer outro serviço de transporte individual por aplicativos) na capital. O decreto foi publicado hoje, quarta-feira (11).

Com a autorização decretada, as empresas poderão operar na capital, pagando apenas uma concessão por quilômetro rodado com passageiro — em torno de R$ 0,10, segundo a prefeitura. Contudo, isso não significa que os serviços como Uber poderão circular livremente: as operadoras de aplicativos poderão comprar créditos de concessão equivalentes apenas aos quilômetros rodados por 5.000 táxis todos os anos.

Logicamente a regulamentação do Uber não agradou aos taxistas em geral. Segundo o Portal G1, na tarde de ontem (10) um carro de som ficou estacionado na frente da sede da prefeitura com 25 carros ficaram parados nas imediações das Ruas José Bonifácio e Líbero Badaró. Na região do aeroporto de Congonhas um carro preto foi depredado durante protesto de taxistas. O Chevrolet Corsa foi cercado pelos manifestantes e teve porta-malas amassado e o vidro traseiro quebrado pelos manifestantes — a Rede Globo localizou o carro e descobriu que ele pertence a um enfermeiro paulistano. À noite, por volta das 20:30, os taxistas fecharam a pista expressa da Marginal Tietê no sentido Rodovia Ayrton Senna (SP-070) com pneus queimados.

Eles voltaram a organizar protestos na manhã de hoje (11), logo às 6h da manhã, com uma barricada de pneus queimados na saída do Viaduto Anhangabaú, no sentido do aeroporto de Congonhas, interditando três faixas. No total, os protestos dos taxistas geraram mais de 500 km de congestionamentos na terça-feira.

 

Clarkson, Hammond e May anunciam nome do novo programa

ripk8o15nw7qjiaiy9tr

Depois de muito suspense, ou melhor dizendo, muitas piadas, Jeremy Clarkson, James May e Richard Hammond finalmente revelaram o nome de seu novo programa, que será exibido a partir do segundo semestre no Amazon Prime: The Grand Tour.

Ele pode não ter o mesmo impacto que “Top Gear”, mas lembre-se que eles foram proibidos legalmente de usar qualquer referência a “Gear”, o que certamente limitou a escolha (um nome legal seria “Flatout”, mas chegamos primeiro – sorry guys). Além disso, o nome tem a ver com o novo formato do programa. Ele será apresentado em um palco cercado pelo público como o antigo programa do trio, porém o palco será montado em um lugar diferente a cada programa. Ou seja: será realmente uma grande turnê — que é a tradução literal de “Grand Tour”.

Clarkson revelou no Twitter que haverá 12 programas por temporada, sendo um deles um especial de natal. Assim, serão ao menos 11 locações por temporada. Com um contrato para três anos, estamos falando de 33 lugares visitados pelo novo programa. Que tal uma campanha para trazer os caras ao Brasil? #TheGrandTourBrazil?

 

Hyundai-CAOA perde processo por entregar carro diferente da propaganda

Hyundai_Veloster_1.6_GDI_Style_–_Frontansicht,_25._März_2012,_Hilden

O Hyundai Veloster nunca foi um carro ruim. A má fama do modelo começou quando a representante da marca no Brasil, a Hyundai-CAOA, fez uma campanha pré-lançamento anunciando o carro com motor 1.6 de injeção direta e 140 cv, oito airbags, GPS e bancos elétricos, mas na hora de iniciar a importação os carros não tinham nada disso. Eles até tiraram a injeção direta dos anúncios, mas a potência continuou declarada como 140 cv quando na verdade tinha entre 121 e 126 cv como todos os outros modelos equipados com o motor 1.6 Gamma de injeção no coletor (caso do Kia Soul e Kia Cerato da época).

2013-Hyundai-Veloster-Turbo-3-650x433

A maioria dos clientes nunca deu bola para isso, mas não foi o caso de Denis Nicolini. Como conta o camarada Gustavo Ruffo do MotorChase, ele comprou um Veloster em 2011 influenciado pela propaganda da marca e, ao receber um produto muito diferente, entrou com um processo contra a Hyundai-CAOA. Agora, depois de cinco anos, o processo chegou ao fim, e Nicolini ganhou a causa. A Hyundai-CAOA foi condenada a compensar Nicolini por danos morais e terá que substituir seu Veloster 2011 por um modelo novo que tenha todos os equipamentos que a representante anunciava em sua campanha. Ou seja: ele receberá um Veloster zero-quilômetro com o motor 1.6 GDi, oito airbags, sistema multimídia com GPS e bancos elétricos.

Esta é a segunda vez que a Hyundai-CAOA é condenada por propaganda enganosa. A primeira aconteceu em 2015, quando a empresa foi obrigada a pagar R$ 1,6 milhões em multas.

 

BBC divulga mais um trailer do novo Top Gear

Já virou padrão: Clarkson/Hammond/May divulgam uma notícia do novo programa, a BBC vem e divulga algo logo atrás — e vice-versa. Desta vez, a emissora britânica lançou mais um trailer da nova série de Top Gear. Pela primeira vez o trailer mostra todos os apresentadores, incluindo Chris Harris e Rory Reid, que até agora não tinham dado as caras.

Nesta versão mais longa do primeiro trailer, achamos que Sabine Schmitz será uma agradável surpresa como apresentadora, que Chris Harris finalmente recebeu a atenção que merece e que Rory Reid pode ser o toque de humor britânico que os fãs de Top Gear sempre gostaram. Além disso, a cinematografia do programa, que sempre foi um destaque, continuará matadora, considerando os clipes que aparecem no trailer.

Sobre os carros, temos Sabine Schmitz com o Audi R8 V10 em Laguna Seca, Chris Harris abusando de uma Ferrari F12 tdf em Paul Ricard (e provavelmente do Aston Martin Vulcan em Yas Marina), Rory Reid com um Mustang e Joey Tribbiani com os Reliant de três rodas. A descrição do YouTube diz que o programa está chegando “muito em breve”. Como já vimos anteriormente, a estreia está marcada para o fim deste mês. Torcemos para que o Netflix brasileiro inclua o programa em seu catálogo.

 

Matérias relacionadas

Ford Falcon GTHO Phase III: carro australiano mais caro da história é um sedã de 400 cv fabricado em 1971

Dalmo Hernandes

Renault Sandero RS flagrado no Brasil, Pato Donald multa carros nos EUA, Canyonero de Simpsons ganha versão híbrida e mais!

Leonardo Contesini

RE-Type: este cara colocou um motor Wankel e um chassi tubular em um Jaguar E-Type

Dalmo Hernandes