A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Vídeos Zero a 300

Um Aston Martin Vantage de rali, saltando e deslizando na neve? Claro, por que não?

Segundo Kimi Raikkonen, na Finlândia as pessoas pescam e “fazem amor” no verão, mas no inverno não dá para pescar. Então o que eles fazem? Pilotam carros de rali em vez de pescar, é claro!

E se você conhece os finlandeses sabe que eles são capazes de transformar qualquer coisa em um carro de rali. Qualquer coisa mesmo: desde uma carcaça de Volvo até um Aston Martin V8 Vantage GT4, que originalmente foi desenvolvido para acelerar no asfalto das provas de endurance.

Pois é exatamente isto que faz o pessoal da preparadora finlandesa Makela Auto Tuning, fundada em 1978 e especializada em preparação, restauração e manutenção de carros de competição e esportivos clássicos. Os caras já estão com o Aston Martin V8 GT4 há alguns anos e, desde 2015, competem na categoria R-GT do WRC.

MAT_web_1aaaaston-vantage-rally (3)

É exatamente o mesmo carro!

Até aí, tudo normal: por mais que a Aston Martin seja vista como uma marca de grand tourers de luxo, sua gênese está nas pistas tanto quanto Ferrari e Bugatti, por exemplo – com direito a uma dobradinha nas 24 Horas de Le Mans em 1959, com dois exemplares do Aston Martin DBR1/300 cruzando a linha de chegada antes de todo mundo.

O Aston Martin V8 Vantage GT4 é a mais recente encarnação do modelo para corridas de endurance, com peso aliviado em mais de 300 kg, suspensão ajustável e outras modificações que o tornam bastante competitivo. E ele já está por aí desde 2008 – quase nove anos de uma bem sucedida carreira. Antes dele, o Vantage N24, que tinha um motor de 4,3 litros e pouco mais de 300 cv, já marcava presença nas pistas.

Em ambos os casos, trata-se de um cupê de motor central-dianteiro (fica quase todo atrás do eixo) com transeixo (câmbio e diferencial lá atrás), o que torna sua distribuição de peso mais concentrada na traseira. Consequentemente, seu comportamento é bastante arisco, e perfeito para derrapagens controladas.

aston-vantage-rally (7)

É comum que o Aston Martin V8 Vantage seja usado em provas de turismo na Europa, e ele tem até sua própria categoria monomarca nos moldes do Ferrari Challenge e da Porsche Cup: aberta para qualquer um que tenha experiência de pilotagem e condições de arcar com o valor do carro e das taxas de inscrição. Mas estamos falando da Finlândia, o berço dos melhores pilotos de rali do planeta. Pensando bem, era só uma questão de tempo até que alguém decidisse subverter o Aston Martin V8 GT4.

O projeto ficou pronto em meados de 2015. Os caras aliviaram ainda mais o peso da carroceria, instalaram uma skid plate para lidar com os impactos no assoalho, deram ao carro uma nova suspensão preparada com amortecedores de maior curso com reservatório externo e molas reforçadas, um jogo completo de faróis auxiliares, além de instalar um sistema de intercomunicação entre piloto e navegador.

Para disputar os ralis ele também recebeu uma alavanca de acionamento hidráulico do freio de mão. No mais, bancos de competição, interior aliviado com peças de fibra de carbono, cintos de corrida, roll cage e outros elementos já vêm de fábrica na versão GT4, e puderam ser homologados sob o regulamento da categoria R-GT do WRC, que coloca carros produzidos em série com tração em duas rodas (tração integral está fora) em estágios de asfalto, como o Rally Monte Carlo e o Tour de Corse.

Por último, o carro foi envelopado de branco, o que ajudou a dar a ele a “cara” de carro de rali. Olha só o Aston Martin com pneus de neve, dando saltos em um estágio na Finlândia:

aston-vantage-rally (8)6 12 57 37

O motor como todo V8 Aston, é montado à mão e tem bloco, cabeçotes, virabrequim, bielas, pistões e comandos diferentes dos utilizados pela Jaguar, mantendo apenas projeto básico do bloco. É um motor capaz de entregar 426 cv a 7.000 rpm e 47,9 mkgf de torque.

O motor foi mantido na espeficação do GT4, mas para participar dos ralis recebeu uma caixa sequencial de seis marchas no lugar do câmbio original semi-automático de sete marchas.

aston-vantage-rally (6)

Como se pode ver, o Aston Martin V8 Vantage tira de letra este tipo de prova. Quer dizer, a categoria R-GT não costuma ter seus participantes nas posições mais altas da classificação geral, mas esta não é a questão. A questão é que um GT britânico normalmente visto como carro de luxo dá um belo show.

Matérias relacionadas

Guia PCD: como comprar um carro com isenção de impostos para pessoas com deficiência

Dalmo Hernandes

Este é o tributo mais incrível já feito a Ayrton Senna e ao Honda NSX

Dalmo Hernandes

Porsche V4 para Le Mans, o fim do Ford Ka, o provável VW Polo R, novas regras para a F1 e mais

Leonardo Contesini