A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Achados meio perdidos GT40 Classificados Zero a 300

Um BMW M3 E36 americano bem cuidado, modificado com bom gosto e à venda

No Brasil temos exemplares do BMW M3 E36 de origem americana e de origem alemã. Do ponto de vista técnico, o modelo alemão é superior – seu motor é mais potente e sofisticado, e o acerto de sua suspensão é mais voltado à performance do que ao conforto. Isto quer dizer que o M3 E36 americano é um carro ruim? Longe disso, especialmente se a intenção for torná-lo um project car, pois a base do carro é a mesma. Prova disso é este exemplar anunciado no GT40, que vamos conhecer em mais detalhes agora.

Só para refrescar sua memória: o BMW M3 E36 de origem americana fabricado até 1995 usava uma versão mais simples do motor S50, com comando variável em dois estágios (o motor europeu tinha variação contínua, mais eficiente), sem corpos de borboleta individuais e com taxa de compressão mais baixa, 10,5:1 em vez de 10,8:1. Assim, enquanto o motor alemão tinha 286 cv , o americano vinha com 243 cv – 43 cv a menos. Por outro lado, o M3 “US-spec” nunca deixou de ser bom de guiar, valendo-se da leveza da plataforma E36 e do bom acerto de suspensão característico dos modelos M da BMW. E ainda custa menos que o “EU-spec” no mercado de usados. Você pode ler mais sobre as diferenças entre os M3 E36 alemão e americano aqui.

_mg_9548_36342511303_o

O carro anunciado no GT40 pertence a Paschoal Pucci, de Curitiba/PR, e é um bom exemplo de como qualquer M3 E36, alemão ou americano, tem potencial. Fabricado em 1995, tem 74.600 milhas marcadas no hodômetro – cerca de 120.000 km, uma marca saudável para um carro de 22 anos. E passou por diversas modificações nas mãos de Paschoal, que comprou o carro em agosto de 2016. Não é seu primeiro BMW – ele já teve um M3 E46 e um 328i E36.

_mg_9510_36342381843_o _mg_9467_36966598116_o

Paschoal conta que o M3 já tinha algumas modificações quando foi adquirido, destacando o sistema de arrefecimento otimizado, com radiador Mishimoto, bomba d’água Stewart e mangueiras de silicone da Samco; e a suspensão com amortecedores do tipo coilover da Cx Racing, com camber plates e barra estabilizadora na dianteira.

_mg_9502_36758688860_o _mg_9512_36966695796_o

Uma vez com o carro em mãos, Paschoal mandou realizar diversos serviços de manutenção – a caixa de direção foi refeita por completo, todas as borrachas e vedações foram substituídos e uma revisão completa foi feita, incluindo a manutenção no sistema VANOS, velas novas e filtro novos. Ele garante que o motor jamais foi aberto e que é completamente standard, com óleo trocado a cada 5.000 km, e que os demais sistemas do carro estão igualmente em ordem.

Entre as modificações realizadas por Paschoal estão discos de freio Stoptech na dianteira, com linhas de inox nas quatro rodas; gaiola de proteção parcial parafusada (fixada usando os pontos originais do carro, sem qualquer furo ou alteração, e totalmente removível), bancos concha da Bride na dianteira, remoção do banco traseiro, cintos de segurança Sabelt e volante M Tech II original. O sistema de som tem um subwoofer Rockford Fosgate e tweeters direcionais.

_mg_9508_36342376093_o_mg_9554_37013869461_o

Além disso, o carro recebeu um raro jogo de rodas AC Schnitzer Type 1, de 17×8 polegadas na dianteira e 17×8,5 polegadas na traseira, com pneus novos e parafusos ARP; faróis do M3 E36 europeu, com lentes de policarbonato e projetores; e sistema de escape direto em inox, apenas com abafador final.

_mg_9562_36320171674_o

Paschoal alerta que seu M3 E36 não é uma garage queen, é usado com certa frequência, e por isso é sempre mantido em perfeitas condições de uso. Diz também que não aceita trocas, mas considera propostas condizentes.

Se você ficou interessado, pode clicar aqui para acessar o anúncio e pegar os contatos do proprietário.

inbanner-fim-post


“Achados Meio Perdidos” é o quadro do FlatOut! no qual selecionamos e comentamos anúncios do GT40.com.br de carros interessantes ao público gearhead, como veículos antigos, preparados, exclusivos e excêntricos. Não se trata de publieditorial. Não nos responsabilizamos pelas informações publicadas nos anúncios nem pelas negociações decorrentes – todos os detalhes devem ser apurados atenciosamente com o anunciante!

Matérias relacionadas

Bugatti anuncia novo hipercarro “Divo”, Porsche Cayenne Coupé aparece em testes, Toyota confirma seis-em-linha para o Supra e mais!

Leonardo Contesini

Você só vai precisar de 40 segundos para entender por que este Mercedes-Benz 300 SLS 1957 é incrível

Dalmo Hernandes

Donington Grand Prix Collection: uma visita à maior coleção de carros de F1 do planeta – Parte 1

Leonardo Contesini