Um Chevette “monzinha” bem original, um BMW E36 seis-cilindros e manual, um hot hatch AMG e as novidades do GT40

Dalmo Hernandes 10 outubro, 2017 0
Um Chevette “monzinha” bem original, um BMW E36 seis-cilindros e manual, um hot hatch AMG e as novidades do GT40

Salve, pessoal! Ansiosos para o feriadão? A gente também – mas nem por isso deixamos de conferir as novidades do GT40. Eis aqui, então, mais uma lista com os anúncios de pessoa física que pintaram nos últimos dias. E a seleção de carros está sob medida para quem curte clássicos de tração traseira e esportivos alemães.

Ah, um recado importante aos donos de Audi A3 “e família” que querem vender seu possante: a promoção com free pass não apenas para o A3, mas também para os hot hatches S3 e RS3, além do SUV Q3, acaba hoje, à meia noite! Corra e crie seu anúncio e lembre-se: o ticket é gerado quando você escolhe o modelo.

Recado dado, vamos conferir o que anda rolando no GT40 agora mesmo!

 

img_101416_4_a0565747-a337-4e56-a2f7-f8f20f4f6b2d

Um dos hot hatches mais legais que existem não costuma ser muito lembrado por aqui: o A45 AMG, com um motor 2.0 turbo de impressionantes 360 cv, mais câmbio de dupla embreagem e sete marchas. Segundo seu proprietário, este exemplar 2015 é 100% original e tem apenas 15.000 km rodados. Além disso, teve toda as revisões realizadas em concessionária. É praticamente novo. Clique para ver o anúncio.

 

img_100460_4_96f89c1a-986c-490e-b4b9-118d8db9df80

O Toyota Bandeirante está ao lado do Jeep Willys e do Land Rover Defender no rol dos utilitários clássicos, resistentes e indestrutíveis. Este exemplar de 1982, por exemplo, já rodou mais de 500.000 km de acordo com seu anunciante, e foi restaurado há pouco tempo. O motor é um quatro-cilindros a diesel de 3,8 litros que originalmente, entregava 85 cv. Clique para ver o anúncio.

 

img_101480_4_73f318a8-6575-459b-9c1d-67a7b6d6a402

Se quando o assunto é tração traseira você prefere algo mais clássico e brasileiro, que tal um Chevrolet Opala restaurado? O dono deste Comodoro 2.5 diz que a pintura foi refeita e que o revestimento do interior agora é de couro caramelo, mas a maioria dos itens de acabamento é original. Afirma, também, que o estado geral do carro é bom — ou seja: mecânica, elétrica, suspensão e freios devem estar em ordem. Clique para ver o anúncio.

 

img_101392_4_f13a7c38-5676-4982-ad3b-9968e4047f62

Há quem prefira a geração E46 do BMW Série 3 por conta de seu visual mais esbelto, em linha com o E36, e por sua configuração mecânica mais clássica. O 320i 2004, por exemplo, tinha um seis-em-linha de 2,2 litros e 170 cv. O dono deste exemplar afirma que o mesmo tem alto nível de originalidade e é pouco rodado para o ano de fabricação, com cerca de 67.000 km marcados no hodômetro. Diz também que toda a manutenção está em ordem, e que todos os equipamentos funcionam perfeitamente. Clique para ver o anúncio.

 

img_100064_4_3a4e092c-8c2f-47cf-9182-d7673e1504d9

O dono deste Chevrolet Chevette 1987 diz que o carro está muito bem cuidado aos seus 30 anos, e que jamais foi restaurado ou modificado — as os revestimentos de porta sequer foram furados para receber alto-falantes, ainda que ostente um raro toca-fitas Tojo de época. O anúncio também diz que o carro está em perfeito estado de funcionamento, sendo usado em passeios e encontros de antigos. Clique para ver o anúncio.

 

img_100008_4_2d3ef743-3ea6-4706-81e9-3b0faf330109

Mais um representante dos clássicos sedãs BMW com motor de seis cilindros em linha, este é um 328i E36 1996. O seis-em-linha de 2,8 litros com comando duplo no cabeçote e 24 válvulas entrega 192 cv, tornando o carro capaz de chegar aos 100 km/h em 7,1 segundos. O proprietário deste exemplar diz que o carro tem todos os manuais originais e recibos de manutenção, e que está em excelente estado de conservação para sua idade. Além disso passou por uma revisão recente. Clique para ver o anúncio.

 

img_100216_4_ec5c2b64-72ee-4709-afc8-b0d323a1d58b

O Chevrolet Chevette já estava ultrapassado diante dos rivais quando saiu de linha, em 1993. Apesar disso, ainda era um carro interessante para o entusiasta: leve, de tração traseira e, dependendo do seu gosto, até bonitinho. Este é um DL 1992, um dos últimos anos, e o proprietário diz que ainda não chegou aos 70.000 km. Ele diz também que o carro é usado aos fins de semana, e destaca as rodas de época de 14×6,5 polegadas. Clique para ver o anúncio.

 

img_101172_4_4e36d9a3-45a3-4078-aba8-ca439bd4adcd

Em 1994, a BMW ainda batizava seus carros de acordo com o deslocamento do motor. Assim, este 325i E36 tem um seis-em-linha com cabeçote de 24 válvulas e 2,5 litros, capaz de entregar 192 cv. O proprietário deste raro exemplar com câmbio manual conta que foi feita uma revisão recente, mas que ainda restam alguns detalhes estéticos e mecânicos a acertar. Clique para ver o anúncio.

 

img_101716_4_37c4b93b-c1c4-4754-9efa-23a053354bad

Mesmo que não seja um modelo M, o 330i Sport da geração E90 é um carro interessante por conta de seu seis-em-linha de três litros e 258 cv, sendo capaz de levá-lo do zero até os 100 km/h em 6,2 segundos. O dono deste exemplar fabricado em 2005 (ou seja, antes do facelift) diz que o carro está revisado e que recebeu amortecedores dianteiros novos, molas Eibach e filtro esportivo K&N.  Clique para ver o anúncio.

 

img_101696_4_34619de8-1ba7-44d9-bdad-977b5d64ba2d

Este aqui também é um BMW 330i E90, também foi fabricado em 2005 e também tem um seis-cilindros de três litros e 258 cv. Só que ele é azul e é blindado. O proprietário diz que toda a documentação está regularizada e que a blindagem passou por uma revisão recente. Ele também afirma que a mecânica do carro está em perfeito estado, contando com amortecedores e discos de freio novos.  Clique para ver o anúncio.