A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Achados meio perdidos Car Culture

Um dos últimos karts de Ayrton Senna está à venda!

Foto: Bonhams

Antes de se tornar tricampeão de Fórmula 1, Ayrton Senna começou sua carreira como boa parte dos pilotos de F1: nos karts, com os quais competiu entre 1977 e 1981. O Mundial de Kart foi o único que Senna não conseguiu vencer e foi nesta época que ele conheceu seu maior rival, segundo ele mesmo: Terry Fullerton. E agora, um dos karts que Ayrton pilotou naquela época será leiloado no mês que vem — no mínimo, um souvenir e tanto.

Nascido em 1960, Senna começou a competir oficialmente com karts ainda muito novo, com um kart com motor de 1 cv feito por seu pai usando o motor de um cortador de grama. Aos treze, entrou em sua primeira competição regional de kart e, em 1977, conquistou seu primeiro título em um campeonato de grande porte, o Sul-Americano de Kart, que levaria mais uma vez em 1980.

kart1

Foto: Bonhams

Ayrton Senna também ficou com o título do Brasileiro de Kart em 1977, 1978 e 1980. O ano de 1978 marcou sua estreia no Campeonato Mundial da categoria. Senna viajou para Le Mans, onde conheceu Fullerton — o britânico e o brasileiro seriam companheiros de equipe no Mundial, defendendo a equipe DAP. Fullerton já competia desde a década de 1960 e não foi apenas um grande rival para Senna, mas também o cara que lhe ensinou muita coisa, nas palavras do próprio Ayrton em uma entrevista.

Senna foi vice-campeão no Mundial de Kart em 1979 e 1980 — no Autódromo do Estoril, em Portugal, e no circuito de Nivelles-Baulers, na Bélgica, respectivamente — seus melhores resultados no campeonato. Em 1981, mudou-se para a Inglaterra para começar a correr com monopostos da Fórmula Ford 1600. Ele venceu o campeonato, mas ainda achou tempo para tentar a sorte no Mundial de Kart daquele ano.

kart2

Foto: Bonhams

O mundial aconteceu no Kartódromo de Parma, na Itália, e Senna correria com um kart novo fornecido pela DAP. Só que naquele ano houve mudanças no regulamento e Ayrton acabou correndo com um equipamento inferior ao dos seus rivais: o DAP Chassi BH 33 — exatamente o que aparece nestas fotos e que, como mostra o Kart Online, será leiloado pela Bonhams no próximo dia 5 de fevereiro. O vencedor foi o italiano Mike Wilson, Senna acabou o campeonato em quarto lugar. Imediatamente após a corrida, no dia 20 de setembro de 1981,  o kart foi vendido pelo próprio fundador da DAP, Angelo Parrilla, a seu atual proprietário.

kart5

kart4

Fotos: Bonhams

O kart BH33 número 9 foi vendido sem motor mas recebeu outro, idêntico. Em todos estes anos, foi usado apenas por algumas horas e, por isso, a descrição da Bonhams diz que ele está “como novo”. Estima-se que o carro seja arrematado por algo entre € 24 mil e € 28 mil — cerca de R$ 75-88 mil. Em qualquer situação, diríamos que é dinheiro demais por um kart. Só que a gente está falando de um dos últimos karts que Senna pilotou profissionalmente! Sem dúvida, seu valor histórico é imensurável, e muito maior do que qualquer cifra.

[ Sugestão do leitor Rodrigo Passos via Kart Online ]

Matérias relacionadas

O incrível Chevrolet Corvair com um V8 de corrida atrás dos bancos dianteiros

Dalmo Hernandes

Os melhores hot hatches do universo: Lancia Delta HF Integrale

Dalmo Hernandes

Carro do Darth Vader? Não: essa preparadora contra-ataca com um BMW M6 inspirado nos Stormtroopers

Dalmo Hernandes