A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Eventos Zero a 300

Um Golf R de 540 cv e um Porsche 356 “Outlaw” biturbo – dois monstros alemães no SEMA 2018

O SEMA Show ainda está rolando – o evento acaba amanhã, 2 de novembro — e, depois da onda de projetos norte-americanos que tivemos ontem, achamos por bem dar uma variada na cobertura de hoje. Para isto, vamos sair dos Estados Unidos e ir direto à Alemanha.

Ainda não é assinante do FlatOut? Considere fazê-lo: além de nos ajudar a manter o site e o nosso canal funcionando, você terá acesso a uma série de matérias exclusivas para assinantes – como conteúdos técnicoshistórias de carros e pilotosavaliações e muito mais!

 

FLATOUTER

Membro especial, com todos os benefícios: acesso livre a todo o conteúdo do FlatOut, participação no grupo secreto no Facebook (fique próximo de nossa equipe!), descontos em nossa loja, oficinas e lojas parceiras!

A partir de

R$20,00 / mês

ASSINANTE

Plano feito na medida para quem quer acessar livremente todo o conteúdo do FlatOut, incluindo vídeos exclusivos para assinantes e FlatOuters.*

De R$14,90

por R$9,90 / mês

*Não há convite para participar do grupo secreto do FlatOut nem há descontos em nossa loja ou em parceiros.

Começando dois projetos vagamente unidos por uma ligação familiar: um VW Golf R de 540 cv e um Porsche 356 “Outlaw” com influências do icônico 935 – incluindo para-lamas alargados e um boxer biturbo de quatro-cilindros e 2,4 litros, capaz de entregar até 380 cv.

 

APR Golf RLMS

apr-vw-golf-r-rlms

A própria Volkswagen levou ao SEMA três exemplares do novo VW Jetta customizados com acessórios, rodas maiores, suspensão rebaixada e pintura especial. Sendo meros projetos com acessórios e novos detalhes estéticos, os três sedãs não são exatamente empolgantes para os entusiastas mais sérios.

2018-volkswagen-jetta-sel h_r_5 cff46563392cf2e08fb63fd4b2fbf272

Por outro lado, as preparadoras aftermarket criaram carros bem mais interessantes. O VW Golf R da preparadora americana Audi Performance Racing, por exemplo, é um projeto inspirado pelas pistas, tendo como ponto de partida a versão mais nervosa do Golf e dando a ele o dobro da potência, peso aliviado e acessórios voltados para uso em track days e afins.

apr-vw-golf-r-rlms (2)

A APR é uma das mais conhecidas preparadoras especializadas no grupo VAG dos EUA. Há mais de dez anos eles oferecem kits de preparação para carros da Audi, Volkswagen, Porsche, Seat e Skoda, fornecendo serviços e componentes que vão de reprogramações eletrônicas a novos sistemas de escape, turbos, reforços estruturais, peças para suspensão, sistemas de alimentação, instrumentação e rodas forjadas. E eles aproveitaram a plataforma do Golf R Mk7 para demonstrar o potencial de suas modificações.

Originalmente o Golf R é equipado com uma versão de 310 cv entre 5.500 e 6.200 rpm e 38,7 mkgf de torque entre 1.800 e 5.500 rpm do motor quatro-cilindros turbo TSI EA888. No Golf RLMS, estamos falando de 543 cv e 65,5 mkgf de torque – um aumento expressivo de 233 cv e 26,8 mkgf.

apr-golf-rlms-1

Tirando proveito do potencial do motor EA888, a APR adotou ele seu kit Stage III+, que consiste na instalação de um turbocompressor do tipo twin scroll da BorgWarner, reprogramação eletrônica, novos injetores e bomba de combustível, downpipe, coletor de admissão de fibra de carbono e um novo intercooler com maior capacidade. De acordo com a preparadora, é o bastante para tornar o Golf R capaz cumprir o quarto-de-milha na casa dos 10 segundos – e de ir de zero a 225 km/h 15 segundos mais rápido que um exemplar todo original.

apr-vw-golf-r-rlms (1) apr-vw-golf-r-rlms (3)

O visual do Golf RLMS foi inspirado, por sua vez, pelo Golf TCR – versão de pista com motor de 335 cv e carroceria alargada apresentada pela Volks em 2016 e que, atualmente, compete em categorias de turismo espalhadas pelo mundo. No entanto, a versão da APR para o kit widebody ganhou linhas ainda mais agressivas, especialmente nos para-lamas, que são abertos na parte de trás. O splitter frontal também é maior do que no Golf TCR, e foi instalada uma asa traseira ajustável.

apr-vw-golf-r-rlms (5)

Por dentro, o Golf RLMS teve instalada uma gaiola de proteção integral, bancos do tipo concha com cintos de competição da OMP – que também forneceu um sistema de supressão de incêndio. Não há banco traseiro, ainda que as saídas de ar-condicionado para os ocupantes do banco de trás tenham sido mantidas. Os bancos foram revestidos em couro branco e preto, com insertos em Alcantara cinza – material que também aparece nos revestimentos de porta, decorados com uma enorme letra “R” em alto relevo. O jogo de rodas do tipo 2-piece, forjadas, também foi feito pela APR sob medida para o projeto.

apr-vw-golf-r-rlms (7) apr-vw-golf-r-rlms (8)

 

Emory Motorsports 356 RSR “Outlaw”

_DSC2567

A Emory Motorsports é conhecida por seus projetos outlaw feitos com base em Porsche clássicos. São carros com modificações mecânicas e estéticas radicais, com influências pescadas dos carros de corrida de antigamente aliadas a tendências da cultura automotiva mundial – tudo com uma boa dose de do it yourself e identidade própria.  E o Porsche 356 que Rod Emory preparou com a ajuda da Momo é uma belíssima demonstração do estilo.

MOMO-Porsche-356-RSR-22

O carro foi feito a partir da carroceria de um Porsche 356B 1960 e a estrutura de um Porsche 911 964 fabricado em 1990 – que se mostrou mais apropriada para receber um motor flat-four arrefecido a ar feito sob medida, com 2,4 litros de deslocamento, dois turbocompressores Garrett roletados e escape direto. O motor foi todo desenvolvido sob medida em pareceria com a Rothsport Racing e a Turbokraft, e conta com bloco e cabeçotes de alumínio, virabrequim e comandos de válvula Elgin criados especialmente para o projeto, injeção eletrônica programável Motec, corpos de borboleta individuais e um boost controller – comandado por um seletor no painel de instrumentos.

51d6f033-momo-356-rsr-07

A configuração é suficiente para entregar entre 330 e 380 cv, levados para as rodas traseiras através de um diferencial de deslizamento limitado. Nada ruim para um carro que, de acordo com a Emory Motorsports, pesa apenas 907 kg.

6df2e572-momo-356-rsr-02

O visual do carro tem um quê de inacabado – uma das características dos projetos Outlaw da Emory Motorsports – com a carroceria sem pintura. Isto não significa, porém, que ele não impressione aos olhos. A dianteira foi feita sob medida, com um bico mais longo e baixo, coberturas para os faróis, uma entrada de ar no capô respiros no topo dos para-lamas, que são alargados.

Já a traseira é um show à parte. Como no Porsche 935, porém em uma releitura “anos 60”, os para-lamas traseiros formam uma “carenagem” sobre a região, deixando expostos boa parte de seus componentes mecânicos, incluindo os turbos, o sistema de escape e os braços da suspensão.

43913935_263385017651894_6727100121875147423_n 43985212_2758947464131228_3318199708825894735_n

As rodas Momo Heritage 5, de 17×7 polegadas na dianteira e 17×8 polegadas na tarseira, calçam pneus Pirelli P Zero Trofeo R e abrigam discos de freios Brembo com pinças do Porsche 964. Já a suspensão (que foi montada aproveitando os pontos de suporte da estrutura do 911) ganharam amortecedores KW e barras estabilizadoras Tarrett Engineeering. Os amortecedores dianteiros são ajustáveis em altura para garantir que o carro consiga passar por rampas mais íngremes.

 

Matérias relacionadas

Fiat Uno será vendido em versão única, Martini irá deixar Williams, um McLaren F1 GTR de rua a venda e mais!

Leonardo Contesini

Por que alguém colocaria seu supercarro para fazer off road?

Dalmo Hernandes

Um raro e luxuoso BMW 750iL E32, com entre-eixos longo, motor V12 e à venda

Dalmo Hernandes