A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Um Koenigsegg Agera RS folheado a ouro, BMW encerra produção do Z4, Porsche flat-8 quadriturbo é adiado e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

Primeiro Koenigsegg Agera RS da Europa é folheado a ouro

naraya-1

Depois de apresentar o primeiro Koenigsegg Agera RS dos EUA em Monterey, a fabricante sueca irá ao Salon Privé Concours d’Elegance na Inglaterra para mostrar o primeiro exemplar do supercarro da Europa. Enquanto o modelo americano combinava fibra de carbono exposta com detalhes em laranja, o europeu é igualmente extravagante, mas consideravelmente mais caro. Apelidado “Naraya”, ele é simplesmente folheado a ouro. Por dentro e por fora.

naraya-7-1

O proprietário ainda não foi identificado (embora o nome Naraya seja “intimamente ligado à família do comprador”), mas aparentemente ele achou que a carroceria de fibra de carbono tingida de azul não era suficiente para seu padrão de exigência e, por isso, mandou folhear o carro com ouro. O trabalho manual foi feito pelo artesão italiano Ettore Callegaro na própria fábrica da Koenigsegg em um trabalho que levou nada menos que 144 horas. As folhas de ouro são coladas à superfície e, em seguida, modeladas com uma ferramenta de precisão e envernizadas para proteção.

 

E como se não bastasse a fibra de carbono azul emoldurada por folhas de ouro, o proprietário (que suspeitamos que seja árabe, considerando seu apreço por brilho dourado), o interior ainda usa Alcantara azul com acabamento e costuras douradas, uma plaqueta com o nome Naraya feita de ouro 18 quilates e 155 diamantes. O motor é o mesmo V8 5.0 biturbo dos demais Agera, com 1.160 cv e 130,2 mkgf.

Depois de ser exibido no Salon Privé, o supercarro seguirá para sua garagem, já habitada por um One:1 e pelo último exemplar do Agera R.

 

BMW encerra produção do Z4

e89-z4_653

Há algumas semanas vimos aqui mesmo no Zero a 300 que a BMW encerraria a produção do Z4 em agosto — o que, de fato, aconteceu. Segundo o site Bimmer Today o último BMW Z4 saiu das linhas de produção bávaras no dia 22 de agosto. O fim da produção do Z4 também significa o fim do motor seis-em-linha biturbo N54, uma vez que o roadster era o último carro a usá-lo.

Com o encerramento do Z4, a BMW abre espaço para seu sucessor, o Z5, que está sendo desenvolvido em parceria com a Toyota. Ainda não se sabe se os modelos serão produzidos na mesma fábrica que produzia o Z4 ou se eles serão realmente produzidos pela Magna Steyr, na Áustria, conforme as notícias divulgadas no começo do ano.

 

Produção do Porsche flat-8 quadriturbo foi adiada

slide-5.3.2

Em abril soubemos que a Porsche está preparando um supercarro de motor central-traseiro para encarar Ferrari 488 GTB, McLaren Sport Series e afins. O lançamento estava previsto para 2019, mas parece que ele será adiado devido ao Dieselgate da Volkswagen.

Segundo o site Automotive News, este supercarro de motor central-traseiro — que usará um flat-8 e deve ser chamado 960 — pode ter sido adiado para até 2026. E não só isso, segundo as fontes do site, é possível que ele seja lançado antes, em 2020, mas também é possível que ele seja engavetado e nunca saia das pranchetas — o que faz sentido, pois não imaginamos um carro movido totalmente a combustão em 2026.

A possibilidade de ele ser engavetado é reforçada por uma declaração do CEO do Grupo VW, Matthias Müller, no ano passado, quando o escândalo das fraudes das emissões veio à tona. Müller disse na ocasião que “qualquer projeto que não seja absolutamente necessário será cancelado ou adiado”. Embora ele tenha falado de modo geral sobre o grupo todo, um supercarro flat-8 não nos parece um projeto “absolutamente necessário”, não é mesmo?

 

Rally Mercosul está de volta depois de 10 anos

14142050_1125779130821730_80267278903645211_n

O Rally Mercosul está de volta depois de um intervalo de dez anos. Realizado pela primeira vez em 2004 e 2005, o rali Mercosul está renascendo pelas mãos do piloto Cacá Clauset (Rali dos Sertões e Rally Dakar), e terá sua terceira edição entre os dias 24 de setembro e primeiro de outubro. O evento será disputado em sete etapas por caminhos off-road entre São Paulo e Punta Del Este no Uruguay.

As inscrições ainda estão abertas para duas categorias: Graduados, Turismo. A primeira é destinada aos pilotos e navegadores com experiência   e utiliza equipamentos de navegação integrados ao veículo. Nessa categoria as médias de velocidade são maiores, exigindo mais conhecimento e técnica da dupla piloto-navegador. Na categoria Turismo, voltada a pilotos e navegadores menos experientes, não será permitida a utilização de instrumentos de navegação integrados. Por isso também as velocidades são mais baixas. Além destas haverá ainda o Troféu Volkswagen Amarok, que é o carro oficial da organização. As equipes que competirem com a picape em qualquer uma das duas categorias irão disputar um prêmio especial.

Para se inscrever basta acessar o site da TSO, a empresa organizadora da 3ª edição do Rally Mercosul.

 

Porsche Cayenne Coupe era, na verdade, mula de SUV elétrico

possible-porsche-cayenne-coupe-test-mule-spy-photo

Você deve lembrar de um Porsche Panamera com suspensão elevada e rodas enormes que vimos aqui há alguns dias, não é? Na ocasião nós (e a imprensa de todo o mundo) achamos que ele seria o aguardado Porsche Cayenne Coupé, a resposta da Porsche ao BMW X6 e Mercedes GLE Coupe.

Mas agora o pessoal da Car and Driver americana descobriu que o protótipo é, na verdade, uma mula de testes para um SUV elétrico. Segundo a fonte da revista, apesar de estar em testes, ele ainda não teve sua produção aprovada, e ainda está tendo sua viabilidade avaliada pelos engenheiros da Porsche. De acordo com a revista britânica Car, este SUV elétrico da Porsche poderá compartilhar componentes com a versão de produção do Audi E-Tron Quattro, que será lançado em 2018. O modelo das quatro argolas usa três motores elétricos para produzir 435 cv.

 

Mercedes CLA retoques visuais e fica mais caro que Classe C

Mercedes-Benz-CLA-2017-6-54

 

Depois de ganhar um novo visual retocado no início do ano, o Mercedes-Benz CLA renovado chega ao Brasil por R$ 157.000, preço que o torna mais caro que seu irmão maior, o Classe C, que parte de R$ 149.000 na versão C180.

Mercedes-Benz-CLA-2017-2-15

Externamente o CLA ganhou novos para-choques e conjunto óptico todo de LED (antes somente as DRL usavam o diodo). O padrão da grade dianteira também mudou, assim como as rodas de 18 polegadas nas versões Urban, Vision e Sport e 19 polegadas na AMG 45. Por dentro as versões Urban e Vision ganharam novos revestimentos de tecido preto ou cinza com costura branca ou azul. A versão 250 Sport e AMG continuam com revestimento sintético MB Tex e couro, respectivamente.

Mercedes-Benz-CLA-2017-1-65

As versões CLA 200 Urban (R$ 157.000) e Vision (R$ 184.000) são equipadas com o motor 1.6 turbo flex de 156 cv e 22,5 mkgf. Logo acima está a versão CLA250 Sport (R$ 224.000), que é equipado com o motor 2.0 turbo de 211 cv. No topo está o CLA 45 AMG (R$ 339.000), equipado com o mesmo 2.0 turbo porém com 380 cv e 48,5 mkgf.

 

Matérias relacionadas

VW mostra Up! TSI, com motor turbo de 105 cv, Lexus faz skate flutuante, Q50 S é flagrado no Brasil e mais!

Gustavo Henrique Ruffo

Hurtan: os curiosos carros retrô artesanais feitos na Espanha | Lasanhas sem Fronteiras

Dalmo Hernandes

Aço falsificado na produção de carros, um super-smartphone Porsche, o novo carro de Gordon Murray e mais!

Leonardo Contesini