A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Um Mercedes AMG GT R ainda mais radical, Dodge Viper ganha preparação com 765 cv, Aston Martin revela Vanquish Volante Zagato e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

Mercedes está testando versão ainda mais radical do GT R?

Apesar de já ter sido lançado há mais de um mês, o Mercedes-AMG GT R continua sendo testado em Nürburgring e, recentemente, deu as caras com um protótipo misterioso, quase idêntico ao modelo que foi apresentado em Goodwood, porém com algumas modificações.

O vídeo capturado pelo canal Gumbal mostra dois carros acelerando em Nürburgring Nordschleife. O primeiro é um AMG GT R normal, com teto preto e um recorte na camuflagem que exibe a pintura dourada no para-lama traseiro esquerdo. O outro parece exatamente o mesmo carro, porém tem aletas aerodinâmicas nas extremidades da dianteira (os chamados canards) e um escape diferente, com saída oval e posição centralizada.

image

Ainda não há nenhuma pista sobre o que é, de fato, este protótipo. A primeira hipótese que vem à mente é o GT Black Series, porém a Mercedes-AMG já disse há alguns meses que ele será a última versão do GT, o que significa que ele deve chegar apenas no fim desta década, provavelmente em 2019. A outra hipótese é que a Mercedes esteja apenas testando algum tipo de pacote de alto desempenho, que adiciona elementos aerodinâmicos e um novo escape menos restritivo (além de outras provável modificações que não podem ser vistas no vídeo). A última e igualmente plausível é que este é o AMG GT C, que aparece na tabela de futuros veículos da Mercedes que foi divulgada online há algumas semanas, previsto para o final de 2017.

Aston Martin revela Vanquish Volante Zagato

vanquish-zagato-volante-(1)

Assim como a Lamborghini, a Aston Martin aproveitou o Pebble Beach Concours d’Elegance para revelar seu mais novo modelo especial produzido em parceria com a Zagato, o Vanquish Volante Zagato. Como seu irmão cupê, o conversível terá apenas 99 exemplares, que serão vendidas por mais de US$ 500.000 cada.

 

vanquish-zagato-volante-(2)

Também como o cupê, o Vanquish Volante Zagato ganhou os elementos de design característicos do estúdio italiano, como a grade maior e com as curvas suavizadas, e as lanternas traseiras “flutuantes”, muito parecidas com as do Aston Martin Vulcan. Sob o longo capô do estradeiro, há o antigo V12 5.9 aspirado preparado para produzir 600 cv e cumprir a aceleração de zero a 100 km/h em apenas 3,7 segundos.

 

Dodge Viper ACR ganha preparação de 765 cv

geigercars-dodge-viper-acr (4)

Já faz mais de dois anos que os modelos Hellcat estão por aí e ainda não aceitamos a ideia de que o Viper tenha menos potência que o Charger. Na verdade muita gente não aceita, e é por isso que preparadoras como a GeigerCars estão no mundo. Os alemães desenvolveram um kit para o Viper ACR que elevou a potência em nada menos que 120 cv — e sem usar sobrealimentação.

Originalmente o V10 de 8,4 litros entrega 645 cv e 82,8 mkgf, mas com um novo trem de válvulas com válvulas maiores de admissão e um comando de maior levante, um novo coletor de admissão, escape redimensionado com catalisador de alto fluxo e uma reprogramação na ECU, o Viper agora conta com 765 cv para encarar esportivos como a Ferrari f12berlinetta e até o Lamborghini Aventador.

geigercars-dodge-viper-acr (2)

Além do upgrade na potência, a GeigerCars também deu uma refinada na aerodinâmica, melhorando ainda mais a imensa downforce do ACR. Batizado Extreme Aero Package, o conjunto é formado por um novo splitter frontal, um difusor de ar ainda maior na traseira e novos canards nos para-choques dianteiros. O conjunto é coroado com as rodas forjadas de liga superleve.

 

Bugatti já vendeu 200 dos 500 Chiron planejados

bugatti_chiron (20)

Não fez nem seis meses que a Bugatti mostrou o novo Chiron no Salão de Genebra e já foram vendidas nada menos que 200 unidades do hipercarro. Embora pareça pouco, uma vez que supercarros especiais como ele geralmente têm sua produção inteira vendida em uma questão de meses, é importante lembrar que estamos falando de um carro de US$ 2,7 milhões que mal começou a ser produzido. Além disso, a Bugatti teve problemas em vender todas as 450 unidades do Veyron devido ao seu preço milionário e seus custos de manutenção igualmente astronômicos — é por isso que ele teve tantas versões diferentes (conheça todas elas aqui).

Com o Chiron, contudo, o negócio está funcionando: segundo a Car and Driver ao menos 200 pessoas já depositaram um sinal de US$ 225.000 para garantir seu Bugatti, mesmo sem data certa para entrega. Atualmente a lista de espera para os próximos 300 exemplares é de mais de três anos e somente agora os primeiros exemplares vendidos estão começando a ser entregues aos compradores.

 

Mercedes Classe E vira carro chinês

Beijing-Auto-Senova-D80-China-August-2015

A reutilização de plataformas na indústria automotiva é relativamente comum — especialmente por marcas emergentes ou de baixo custo. A Skoda, por exemplo, utiliza plataformas anteriores da Audi e a SsangYong por muito tempo usou a plataforma W124 e W140 da Mercedes-Benz para o seu Chairman.

Agora, quem irá reciclar um velho Mercedes é a chinesa BAIC. Segundo o site Automotive News China, a fabricante irá usar a plataforma do Mercedes W212 para desenvolver um sedã médio, um SUV e uma minivan. Os motores e câmbios também serão licenciados pela Mercedes e produzidos na China: um 1.8 turbo e um 3.0 V6 que irão trabalhar em parceria com um câmbio automático de cinco marchas.

maxresdefault

A intenção da marca, aparentemente, é replicar o sucesso da SsangYong e até da FCA com as plataformas antigas da marca alemã (a Chrysler LX usada no Charger e no Challenger é uma mistura das plataformas W211 e W221 da Mercedes).

 

Acidente mata executivos da Mitsubishi no Chile

Captura de Tela 2016-08-22 às 13.46.12

Foto: RutaMotor

A filial chilena da Mitsubishi divulgou na última sexta-feira um comunicado informando a morte de quatro representantes da marca em um acidente ocorrido na cidade de Ensenada, a cerca de 1.000 km de Santiago.

Captura de Tela 2016-08-22 às 13.46.01

Foto: RutaMotor

Os executivos estavam testando um Pajero Sport, que seria lançado no Chile nesta semana, quando o carro capotou e caiu da margem alta de um rio. Os ocupantes eram o diretor de vendas da Mitsubishi Chile Matías Riquelme Oyarzún, e os chefes de concessionárias Andrés Donoso Quiroga, Marco Ratti  Mauri e Marco Ratti García. A causa do acidente ainda está sendo investigada pela perícia e o lançamento do modelo foi cancelado.

Matérias relacionadas

Audi R8 derruba semáforo em SP, novo Ford Ka é flagrado, a moto da Lotus e mais!

Leonardo Contesini

E3 Estate: como os ingleses inventaram a primeira perua BMW

Dalmo Hernandes

Mini Cooper quebra recorde em Nürburgring, o novo Audi SQ8, o trator mais rápido do mundo e mais!