A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
História Zero a 300

Um motor e cinco equipes: a trajetória frustrada da Lamborghini na Fórmula 1

Quando Ferruccio Lamborghini decidiu fabricar seus próprios esportivos, foi para provar a um certo Enzo Ferrari que conseguia fazer carros melhores do que os dele. Isto aconteceu em meados dos anos 60 e, dizem, foi porque a embreagem de sua Ferrari teve um problema durante uma corrida de estrada entre Bolonha e Florença. Depois de ir reclamar com o próprio Enzo Ferrari e ouvir do Commendatore que devia dirigir tratores, e não esportivos, Ferruccio resolveu ele mesmo fabricar seus próprios esportivos. Já contamos esta história aqui antes, em detalhes, mas a revisitamos porque ela introduz a diferença fundamental, para Lamborghini entre sua companhia e a Ferrari: enquanto Enzo Ferrari encarava a fabricação de carros de rua como uma forma de bancar a equipe de corrida, Ferruccio decidiu seguir o caminho oposto e projetar carros feitos para serem bons esportivos de rua, e não automóveis de competição amansados. E, rígido, determinou que a Lamborghini não pa

Matérias relacionadas

Race car transporters: os incríveis veículos que levavam os carros de corrida do passado para a pista – parte 2

Dalmo Hernandes

Tommi Mäkinen: o finlandês voador que transformou o Mitsubishi Evo em um ícone dos ralis | Lendas do WRC

Dalmo Hernandes

Pegue uma carona no incrível BMW 635i John Player Special de Jim Richards

Dalmo Hernandes