A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Achados meio perdidos

Um Nissan 300ZX Z31 todo original à venda no Brasil

A linhagem dos Z-cars da Nissan tem vários modelos icônicos – o 240Z original (S30); o 300ZX Z32, com seu V6 biturbo de 280 cv e visual deliciosamente noventista; e os mais recentes 350Z e 370Z, queridinhos da cena tuning anos 2000. Um modelo mais obscuro, porém, é o primeiro 300ZX, código Z31, que foi o representante da família na década de 1980. Ele também tem seus admiradores, porém é o menos conhecido entre todos os Z-cars.

E é exatamente por isto que ele pode ser uma aquisição interessante para quem busca um esportivo japonês. Se este é seu caso, você certamente vai querer dar uma olhada no nosso Achado meio Perdido de hoje!

Ainda não é assinante do FlatOut? Considere fazê-lo: além de nos ajudar a manter o site e o nosso canal funcionando, você terá acesso a uma série de matérias exclusivas para assinantes – como conteúdos técnicoshistórias de carros e pilotosavaliações e muito mais!

 

FLATOUTER

Plano de assinatura com todos os benefícios: acesso livre a todas as edições da revista digital do FlatOut e demais matérias do site, download de materiais exclusivos, participação em sorteios e no grupo secreto no Facebook (fique próximo de nossa equipe!), além de veiculação de até 7 carros no FlatOuters e até 3 anúncios no site GT40, bem como descontos em oficinas e lojas parceiras*!

R$20,00 / mês

*Benefícios sujeitos ao único e exclusivo critério do FlatOut, bem como a eventual disponibilidade do parceiro. Todo e qualquer benefício poderá ser alterado ou extinto, sem que seja necessário qualquer aviso prévio.

CLÁSSICO

Plano de assinatura na medida para quem quer acessar livremente todas as edições da revista digital do FlatOut e demais matérias do site1, além de veiculação de até 3 carros no FlatOuters e um anúncio no site GT402.

De R$14,90

por R$9,90 / mês

1Não há convite para participar do grupo secreto do FlatOut nem há descontos em oficinas ou lojas parceiras.
2A quantidade de carros veiculados poderá ser alterada a qualquer momento pelo FlatOut, ao seu único e exclusivo critério.

O Nissan Z31 foi lançado em 1983 e trouxe consigo as linhas retas e faróis escamoteáveis que se tornaram marcas do design da época. Apesar do estilo bem mais moderno, contudo, a plataforma é a mesma (incluindo o entre-eixos) e a suspensão utiliza o mesmo arranjo do 280ZX, com sistema MacPherson na dianteira e braços semi-arrastados na traseira.

O Z31 foi o primeiro a receber um motor V6 – todos os anteriores (240Z, 260Z, 280Z e 280ZX) utilizavam o seis-em-linha da família L. O nome do carro, como é padrão até hoje, refere-se ao deslocamento do motor – três litros no caso do 300ZX. O V6 da família VG podia ser naturalmente aspirado (VG30E), com 160 cv a 5.200 rpm e 24 kgfm de torque a 4.300 rpm; ou turbo (VG30ET) – este com 200 cv para os EUA e Japão, e 240 cv para o mercado europeu.

O carro anunciado no GT40 é um 300ZX GLL fabricado em 1985 e destinado ao mercado norte-americano – repare nos repetidores de seta nas laterais. A versão GLL era equipada com o motor naturalmente aspirado e, no caso deste exemplar, o câmbio é automático de quatro marchas. Este é compreensível: voltada para o público americano, a versão GLL tinha uma pegada mais luxuosa que esportiva, que também reflete-se no acabamento interno e no nível de equipamentos.

De acordo com o proprietário, Ricardo Zanatta, de Santa Bárbara d’Oeste (SP), esta unidade foi importada para o Brasil em 2015, logo que atingiu os 30 anos de fabricação exigidos pela legislação brasileira. Ricardo comprou o carro em fevereiro de 2020, e atualmente o hodômetro marca por volta de 50.000 milhas (aproximadamente 80.000 km).

Ricardo ressalta que o 300ZX está em condições completamente originais – pintura, todos os detalhes de acabamento, rodas, suspensão e mecânica. O mesmo vale para todos itens de série e opcionais, como ar-condicionado, faróis escamoteáveis (que ficam “entreabertos” mesmo desligados, charmosíssimos) e direção assistida.

De acordo com Ricardo, este exemplar em especial possui duas características raras – o teto Targa, opcional da época; e a configuração de apenas dois lugares, pois a grande maioria dos Z31 vendidos nos Estados Unidos era 2+2.

O dono finaliza dizendo que o 300ZX está revisado em uma respeitada oficina especializada paulistana especializada em carros japoneses. Ele também diz que a placa preta foi recertificada recentemente – e alerta que o próximo dono possivelmente deverá trocá-la pela versão Mercosul da placa preta.

O valor também não está tão puxado, considerando o excelente estado de conservação e o alto nível de originalidade. Claro, não é um carro exatamente barato e exige manutenção especializada e criteriosa. Mas, considerando o câmbio desfavorável, pode ser uma boa oportunidade para quem quer começar uma coleção temática de carros japoneses ou procura um carro antigo fora da caixa.

Se você ficou interessado, pode clicar aqui para acessar o anúncio e pegar os contatos do proprietário.


“Achados Meio Perdidos” é o quadro do FlatOut! no qual selecionamos e comentamos anúncios do GT40.com.br de carros interessantes ao público gearhead, como veículos antigos, preparados, exclusivos e excêntricos. Não se trata de publieditorial. Não nos responsabilizamos pelas informações publicadas nos anúncios nem pelas negociações decorrentes – todos os detalhes devem ser apurados atenciosamente com o anunciante!

Matérias relacionadas

Ter uma legítima Mitsubishi L200 RS de rali custa menos do que você imagina

Gustavo Henrique Ruffo

350 GT: primeiro de todos os Lamborghini levava um ano inteiro para ser fabricado

Dalmo Hernandes

Este não é um Fusca qualquer – é um Beetle americano fabricado na Alemanha e à venda no Brasil

Dalmo Hernandes