FlatOut!
Image default
FlatOut

Um novo FlatOut está a caminho!

Caros amigos! Daqui a três dias, o FlatOut comemora cinco anos de história. Foram mais de 1.800 dias e mais de 9.000 textos dedicados à cultura automotiva que tiveram o seu preço: nossa infraestrutura está inchada, pesada, cheia de silvertape e abraçadeiras e com algumas trincas no monobloco – como um carro de rali que viveu muitas histórias, mas ficou todo mastigado.

A parte mais perceptível ao leigo é que o site está antiquado visualmente e a experiência de uso não é nada moderna. Para quem usa desktop, a área útil é estreita demais e isso deixa as fotos diminutas, algo lamentável especialmente em avaliações e coberturas fotográficas de eventos. As fontes também são um pouco pequenas – problema similar à versão mobile, que ainda traz alguns problemas de colar parágrafos uns nos outros e de esticar as margens dos textos à extremidade da tela em alguns posts. Ambos estão poluídos e trazem o mesmo problema na home: não há seções separadas por categorias (a única opção é usar o menu do topo) nem incorporam de forma satisfatória os nossos diversos canais – YouTube, loja do FlatOut e Instagram.

Isso sem falar no banco de dados e na forma como os servidores e o próprio projeto do site estão estruturados, que é o principal problema, ainda que não seja visível. Tudo está inchado, pesado, custoso e o pior, amarrado: não conseguimos mexer em nada na estrutura do site – sequer atualizar a versão do WordPress –, pois é quase como tentar arrumar uma carta do meio de um castelo de cartas.

Por isso, nosso bólido está passando por mais do que um rebuild: é um refactoring. É como se estivéssemos fabricando um monobloco semelhante ao atual e usando a mesma família de motor e transmissão, mas com uma série de melhorias técnicas em cada poro. O novo visual, que comentaremos aqui, é apenas a cereja do bolo – as novas entranhas é que são realmente a parte importante para garantir que o site continue funcionando.

Tudo isso só está acontecendo graças à relativa estabilidade que conseguimos com o modelo de assinaturas (veja mais aqui) e especialmente com os crowdfunders, que estiveram lá para nos apoiar num momento extremamente crítico nas finanças do site. E mais coisas virão para vocês, já no começo de 2019, em forma de novos conteúdos. Muito obrigado por acreditarem no nosso trabalho.

Quando o novo FlatOut vai ao ar? Se tudo der certo, em um ou dois dias.

Ainda não é assinante do FlatOut? Considere fazê-lo: além de nos ajudar a manter o site e o nosso canal funcionando, você terá acesso a uma série de matérias exclusivas para assinantes – como conteúdos técnicoshistórias de carros e pilotosavaliações e muito mais!

FLATOUTER

Membro especial, com todos os benefícios: acesso livre a todo o conteúdo do FlatOut, participação no grupo secreto no Facebook (fique próximo de nossa equipe!), descontos em nossa loja, oficinas e lojas parceiras!

A partir de

R$20,00 / mês

ASSINANTE

Plano feito na medida para quem quer acessar livremente todo o conteúdo do FlatOut, incluindo vídeos exclusivos para assinantes e FlatOuters.*

De R$14,90

por R$9,90 / mês

*Não há convite para participar do grupo secreto do FlatOut nem há descontos em nossa loja ou em parceiros.

 

Evolução, não revolução

A sensação que tivemos ao começar o redesign lembrou remotamente o nascimento de uma nova geração de um carro histórico. Como você faz um novo Golf ou um novo Porsche 911 trazendo todo o frescor que é necessário, mas ao mesmo tempo, respeitando o legado? Então começamos a listar o essencial, o que não poderia mudar ou que mudaria o mínimo possível, e o que mudaria para melhorar a experiência aos leitores.

Dentro das matérias, a diferença massacrante: o tamanho das fotos. Hoje, nossas fotos possuem 620 pixels de largura. No novo site, teremos mais de 50% a mais de largura: passear por galerias como essa de Araxá fica fascinante. A fonte do texto passa a ser serifada, um estilo mais sério e que permite uma leitura mais confortável, ainda mais porque a aumentamos sensivelmente. Outras mudanças que valorizam o conteúdo: não há mais background no fundo e a coluna lateral ficou proporcionalmente muito mais estreita. Ela também traz menos elementos (apenas a loja e a lista cronológica das dez (!) últimas matérias publicadas), ficando mais elegante, funcional e limpa.

Clique na imagem abaixo (e nas seguintes) para ampliar o comparativo entre o novo site e o antigo.

Abaixo, a versão mobile: uma fonte muito mais confortável para leitura, algo particularmente importante para as pessoas mais velhas, mas que faz muita diferença no conforto de leitura para a turma que anda de ônibus, metrô ou que tem smartphones de telas menores. OBS: note que a inserção deste screenshot fica fora de proporção em relação à realidade.

Screenshot_20181219-100129_Chrome

No fim dos posts, mais evoluções. Seguiremos com a plataforma de comentários Disqus e com as recomendações de matérias relacionadas, mas agora há também links para a próxima matéria e a matéria anterior publicada, facilitando a vida de quem ficou alguns dias fora e precisa se atualizar. Note a coluna lateral com a lista de matérias: você não precisa nem voltar para a home para ver as últimas matérias. No mobile esta lista fica abaixo da área de comentários.

Mas é na home que traremos as maiores mudanças. As cinco últimas matérias estão disponíveis logo de cara para você, sem precisar tocar na barra de rolagem. Ignore os bugs nas imagens, pois elas foram puxadas do site atual e por isso estão cortadas de forma estranha. Descendo a barra de rolagem, você verá dois contêineres que trazem as últimas matérias de seções específicas. Provavelmente na versão final teremos Carros Antigos à esquerda e Avaliações à direita. Isso valoriza matérias especiais, que acabam sumindo meio rápido da home atual, que só conta com ordem cronológica…

Outra parte fundamental do novo site é o menu ilustrado. Fica muito mais fácil e rico. Basta jogar o mouse em cima que você já verá uma série de matérias. Caso queira ver mais, é só clicar no nome da seção.

Descendo mais a barra de rolagem, outra grande novidade: o nosso portlet do YouTube. Você conseguirá tocar vídeos diretamente da home do site, basta selecionar e dar play (mas não deixe de assinar o nosso canal, pois faz muita diferença para a relevância)! Na sequência, mais um contêiner, da seção Técnica.

Descendo mais, você encontrará algo bem familiar: o blogroll em ordem cronológica, com as doze últimas matérias em ordem de publicação. Lembrando que temos o mesmo blogroll na coluna lateral das matérias, então esta boa e velha função ficou espalhada por todo o site! Na coluna da direita da home teremos mais posts de uma seção a ser definida. Na coluna da esquerda, o nosso Instagram e a nossa loja.

Abaixo: o pé da home traz ainda mais seções fixas, que ainda estamos definindo. Na prática, a home acaba ficando uma vitrine muito mais rica e funcional que a atual.

Abaixo, uma pequena amostra da home no mobile. Segue a mesma estrutura, mas empilhada. Novamente, ignore as fotos cortadas.

Screenshot_20181219-095447_Chrome Screenshot_20181219-095536_Chrome

Se tudo der certo, em pouquíssimos dias teremos o novo FlatOut no ar funcionando. Nessa transição, que nunca é 100% perfeita, pode ser que o site antigo vá e volte algumas vezes. É normal neste processo.

Em nome da equipe do FlatOut, fica o nosso profundo agradecimento a vocês pelo apoio e pela confiança em nosso trabalho. O ano de 2019 tem tudo para ser um ano arrebatador em nossa história: hoje vocês viram apenas uma das novidades que estão a caminho. Em janeiro, haverá a estreia de uma nova seção extremamente especial. Mais do que nunca, estamos dispostos a, na dúvida, acelerar fundo!

 

Matérias relacionadas

FlatOut ganha mais um membro na equipe – e mais notícias e novidades!

Juliano Barata

FlatOut Brasil completa dois anos acelerando de pé cravado – muito obrigado!

Juliano Barata

Seja bem-vindo ao FlatOut Brasil – versão beta!

Juliano Barata