A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Um novo padrão para carros brasileiros e argentinos, um Pagani Huayra especial, Punto zera crash test e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas (ou não) do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

Carros brasileiros e argentinos serão padronizados

2i2srjxplizzv64i8znyz279h

Desde a criação do Mercosul Brasil e Argentina mantêm um acordo comercial para a produção e exportação/importação de automóveis, entre vários outros produtos. Isso facilita o planejamento das fabricantes que atuam nos dois países, dividindo a produção entre suas fábricas em cada país. Com isso, não é preciso produzir o mesmo carro nos dois países.

Acontece que devido às regulações locais de cada país, os carros vendidos acabam diferentes dos vendidos aqui, o que representa um custo adicional na produção, uma vez que o volume de carros idênticos é menor. Agora isso está prestes a mudar: os presidentes Mauricio Macri da Argentina e Michel Temer se encontraram durante a reunião da Organização Mundial do Comércio e iniciaram as negociações para unificar as regulamentações da indústria automotiva. A apuração é do jornal Estado de São Paulo, que também teve acesso ao documento da Comissão de Produção de Comércio Brasil-Argentina.

Segundo o documento, os técnicos brasileiros e argentinos encontraram um modelo produzido no Brasil que passa por mais de 200 alterações para atender a legislação regulatória argentina. Entre os itens estão componentes do sistema de controle de emissões — que vão desde a programação da ECU do motor, a velas, dimensionamento de coletores e catalisadores. Na Argentina o sistema Isofix para assentos infantis também é obrigatório, enquanto no Brasil o equipamento será obrigatório somente a partir de 2019.

Com a unificação, as fabricantes estimam uma redução de até 5% no custo do carro caso eles possam ser produzidos exatamente idênticos para os dois países, que são os maiores mercados da América do Sul. Se isso será repassado ao consumidor, é algo que só saberemos quando — e se — acontecer.

 

Pagani Huayra ganha nova versão especial

pagani-huayra-lampo-6

A Pagani apresentou nesta semana mais uma edição especial do Huayra, o “Lampo”. Criado em parceria com Lapo Elkann (um dos herdeiros da família Agnelli, principal acionista da Fiat-Chrysler) para a Garage Italia Customs, o modelo foi inspirado pelo conceito Fiat Turbina de 1954.

pagani-huayra-lampo-5

A influência está na pintura de dois tons de vermelho com branco do conceito movido a turbina, que deixa transparecer a textura da fibra de carbono sob as camadas de tinta. Além disso o Huayra Lampo também tem componentes de fibra de carbono do Huayra BC e tomadas de ar maiores na dianteira.

1954-Fiat-Turbina-01

A bandeira italiana que estampava a traseira do Turbina também foi replicada no Pagani, porém em diversas partes do carro, incluindo as pinças de freio, laterais e retrovisores. Por dentro, os bancos usam couro marrom com padrão xadrez, e o painel e portas usam fibra de carbono exposta e alumínio anodizado bronze.

pagani-huayra-lampo-20

O motor é o mesmo de todos os Huayra, um V12 6.0 biturbo fornecido pela Mercedes-AMG que produz 740 cv e 101,8 kgfm. Será que não dava para usar a configuração de 800 cv do Huayra BC?

 

O trailer do segundo episódio de The Grand Tour

Nesta próxima sexta-feira (15) o Amazon Prime libera o segundo episódio da nova temporada de “The Grand Tour”. Desta vez o trio terá uma de suas tradicionais corridas entre um carro e outros meios de transporte, nesse caso, Clarkson em um Ford GT novinho contra Hammond e May em um voo de linha entre Nova York e as Cataratas do Niagara na fronteira com o Canadá.

Claro que a viagem não será simples como parece, porque Richard Hammond ainda depende de muletas e cadeiras de roda e atenção e cuidados especiais para viajar.

Além da viagem o episódio também terá a avaliação do Mercedes-AMG GT R feita por Jeremy Clarkson, e o duelo de celebridades com o jogador de críquete Kevin Pietersen e o jogador de beisebol Brian Wilson.

 

Fiat Punto zera teste do Euro NCAP

O Fiat Punto deixou de ser produzido no Brasil, mas na Itália ele continua firme e forte. Quer dizer, talvez firme, mas não muito forte. Isso porque o modelo passou pelos testes de impacto do Euro NCAP e… fracassou miseravelmente.

Com quase 13 anos de estrada, o Fiat Punto italiano se tornou o primeiro carro europeu a não conseguir nenhuma estrela nos testes do Euro-NCAP. Apesar de ter conseguido um resultado razoável no teste de impacto lateral, o Punto não conseguiu nenhuma estrela devido à ausência de airbags laterais, sistema de frenagem autônoma de emergência, sistema de alerta de mudança de faixa, suporte Isofix para assentos infantis e alerta sonoro do cinto de segurança do passageiro desafivelado.

Sobre o resultado desastroso, o secretário-geral do EuroNCAP Michiel van Ratingen disse: “Este talvez seja o exemplo mais sólido de um fabricante que continua vendendo um produto que há muito já passou de seu prazo de validade à custa da inocência do consumidor. Pedimos encarecidamente para que os consumidores verifiquem as notas mais recentes em nosso website para escolher os carros mais recentes com cinco estrelas no teste, muitos dos quais vimos em 2017”.

 

Maserati pode entrar na F-E

FlatOut 2017-12-14 às 13.42.20

Na semana passada vimos que a Maserati pode ser a próxima marca italiana a ingressar na Fórmula 1, em uma possível parceria com a Haas. Mas este não é o único rumor circulando na imprensa europeia: especula-se também que a Maserati pode estar considerando seu ingresso na Fórmula E.

Os rumores ganharam força depois que o CEO da FCA Sergio Marchionne disse que a Ferrari precisa estar envolvida com a Fórmula E e acabou recuando, dizendo que qualquer envolvimento da Fiat com a categoria de monopostos elétricos não usará o nome Ferrari. Com o nome Alfa Romeo na Fórmula 1 e com planos de lançar um Maserati elétrico até o início da próxima década, a Maserati parece o nome mais provável para uma incursão na categoria.

Matérias relacionadas

Chrysler suspende produção do Viper, Fiat Uno de cara nova, clássicos e exclusivos em Curitiba e mais!

Leonardo Contesini

O Shelby GT350 1965 quase foi o primeiro Mustang com suspensão traseira independente

Dalmo Hernandes

Ford revela todos os detalhes técnicos do novo GT, Lamborghini pensa em voltar à F1, Renault Duster pode ganhar versão maior e mais!

Leonardo Contesini