A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture

Um passeio fotográfico pelo Wörthersee 2014 — o maior evento de Volkswagen do mundo

Pergunte a qualquer fã do grupo Volkswagen qual é seu destino dos sonhos. Boa parte deles dirá “Wörthersee” — simplesmente o maior encontro de fãs e donos de carros da marca de Wolfsburg. Na última quarta-feira (28) começou a edição 2014 do evento, e nós vamos dar uma olhada no que rolou de melhor até agora.

Ao contrário do que se possa imaginar, o evento não acontece na Alemanha, e sim na Áustria. Mais precisamente, na cidadezinha de Reifnitz, a poucos quilômetros do lago Wörth. Na verdade, nome completo do evento é Wörthersee Treffen — que significa, literalmente, “encontro no lago Wörth”. É praticamente uma peregrinação: participantes de todos os cantos da Europa costumam ir dirigindo seus próprios carros — mesmo os ultra stanced, graças ao asfalto bom, enquanto fãs do mundo todo sempre dão um jeito de participar.

O evento é tão importante que, mesmo que você não respire Volkswagen, deve saber que o Wörthersee reúne centenas de carros de marcas do grupo VW, e mais dezenas de carros de outras companhias, em sua grande maioria modificados — no mínimo, com rodas e suspensão preparada, e quase sempre seguindo o estilo europeu de personalização — o famoso eurolook.

sebastianvoll-wrthrs (17)

Nem todo mundo aprova o estilo, mas é impossível não notar o capricho nas modificações e o estado impecável de cada centímetro dos carros. Também é raro encontrar modificações de mau gosto — talvez os carros não sejam do seu gosto ou do nosso, mas de mau gosto definitivamente não são.

worthersee-2014 (15)

A cidade de Reifinitz começa a ficar movimentada uma semana antes. O evento, que acontece desde 1981, cresceu muito ao longo dos anos e se tornou bem mais do que um simples encontro de carros — é uma verdadeira festa, que movimenta a economia da cidade e atrai muitos turistas que, muitas vezes, não estão nem ligando para os carros. Por isso assim, há alguns anos acontece um “esquenta” na semana anterior — o Wörthersee Tour, um evento menor e menos divulgado, mas que dá uma bela prévia do que se pode encontrar no evento propriamente dito:

sebastianvoll-wrthrs (4)

O movimento permanece por toda a semana, com carros modificados em cada esquina. Naturalmente, o número cresce bastante durante o evento principal — e, com ele, a diversidade. Além dos VW, Audi, Porsche e Lamborghini, pode-se ver BMW, Mazda, Volvo, Mercedes-Benz, todos convivendo em harmonia, com os donos admirando os carros uns dos outros como se não existissem rixas automotivas.

Nos últimos anos, a Volkswagen compreendeu a publicidade que o encontro de Wörthersee gera para a companhia, e passou a apoiar o evento oficialmente, usando-o até como palco para apresentar carros conceito de todas as marcas do grupo. Neste ano, eles levaram conceitos da VW, Audi, Seat e Skoda.

O Volkswagen Golf GTI Vision Gran Turismo Concept foi um deles. Feito a pedido da Polyphony Digital para GT6, o carro ganhou uma versão real para ser apresentada na Áustria. O carro virtual tem um motor VR6 de três litros biturbo de 510 cv e 67,6 mkgf de torque, mas não sabemos se o carro real tem toda esta cavalaria. Ele parece muito mais impressionante perto de pessoas, porém.

conceitos (7)

Além dele, a VW também estreou outros dois conceitos. O primeiro foi o Golf GTI Wolfsburg Edition, desenvolvido por 12 aprendizes da VW, todos com idades entre 18 e 23 anos. O carro é vermelho com listras pretas e traz um motor 2.0 TSI de 380 cv. O interior traz detalhes vermelhos e bancos concha com o icônico padrão xadrez Interlagos, e as rodas pretas têm o emblema de Wolfsburg nas calotinhas centrais.

conceitos (3) conceitos (5)

A picape Amarok Power foi o outro conceito, feito para ser uma “festa móvel” com direito a sistema de som na caçamba. Além disso, a caminhonete cinza metálico e laranja tem rodas de 22 polegadas e um motor V6 TDI de 3 litros e 268 cv e 61,3 mkgf de torque, o suficiente para chegar aos 100 km/h em 7,9 segundos e acelerar até os 210 km/h.

A Audi levou o Audi A3 Clubsport Quattro, que pode ser interpretado como uma prévia do futuro RS3 com seu motor 2.5 turbo de cinco cilindros e 525 cv, sendo capaz de acelerar até os 100 km/h em 3,6 segundos com máxima de 305 km/h. A suspensão foi retrabalhada e o conceito também recebeu freios de cerâmica atrás das rodas de 21 polegadas.

seat_ibiza_cupster_3 seat_ibiza_cupster_1

A Seat levou o Ibiza Cupster, que pode ser entendido como uma versão menos radical do GTI Vision Gran Turismo. Feito para comemorar os 30 anos do nome Ibiza, o roadster tem um motor 1.4 TSI de 178 cv.

2015 Skoda Yeti Xtreme 2015 Skoda Yeti Xtreme

Já a Skoda marcou presença com dois carros. Um foi o Yeti Xtreme, inspirado nos ralis. O carro grafite e verde tem rodas de 17 polegadas com pneus off-road, quatro bancos concha individuais Recaro e o motor 1.8 TSI de 150 cv — bom para ir de 0 a 100 km/h em 9 segundos. Não é muito rápido, mas tem estilo.

skoda_citijet_2 skoda_citijet_1

O outro foi o CitiJet — um Citigo (o up! da Skoda) roadster, com o mesmo motor 1.0 de 3 cilindros e 75 cv e algumas modificações estéticas como bancos concha pretos com detalhes vermelhos, pintura azul e branca por fora e painel branco e vermelho

As festividades do Wörthersee continuam até amanhã. Até lá, ainda deverão aparecer mais fotos pela internet — além de vídeos como este abaixo, que dá uma boa ideia da atmosfera do evento.

[ Fotos: Donatien Fichot, Sebastian Voll/StanceNation, John LeBlanc/Driving.ca, Wörtherseepics.blogspot ] 

Matérias relacionadas

O que significam os nomes dos carros? – parte 1, do Accord ao GT40

Dalmo Hernandes

O Porsche Experience Center é um verdadeiro parque de diversões para entusiastas

Dalmo Hernandes

Ferrari 365 GT4 BB: Berlineta Boxer? Não. Brigitte Bardot

Leonardo Contesini