A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Achados meio perdidos GT40 Classificados Zero a 300

Um Porsche 911 aircooled para curtir a céu aberto: este Targa 1978 está à venda

O assunto “Porsche” está mesmo em evidência aqui no FlatOut: o novo 911 será lançado em Genebra no mês que vem; o 911 GT3 RS recebeu uma atualização e se tornou o 911 naturalmente aspirado mais potente da história, com 520 cv em seu flat-six de quatro litros, e agora – para a alegria dos puristas – nosso Achado meio Perdido de hoje, anunciado no GT40, é um Porsche 911 SC Targa 1979 conservadíssimo, matching numbers e cheio de opcionais.

A primeira geração do Porsche 911, fabricada de 1963 a 1989, dispensa apresentações. Contudo, considerando sua longevidade e as diversas atualizações que a Porsche realizou no projeto ao longo de 26 anos, é importante ser específico na hora de falar de cada versão – ainda que o monobloco básico e a configuração mecânica sejam basicamente iguais entre um 911 dos anos 60 e outro dos anos 80, há muitas diferenças nos detalhes.

img_174952_4_b690c912-1f56-4f7f-90dc-0ccea11adffa img_174968_4_b690c912-1f56-4f7f-90dc-0ccea11adffa

Podemos utilizar o exemplar anunciado no GT40 como um exemplo. Trata-se de um 911 SC Targa fabricado em dezembro de 1978, conforme indicado na plaqueta. Foi o primeiro ano de fabricação do Porsche 911 SC (Super Carrera), que na época foi criado para substituir de uma vez ó o 911 básico e o 911 Carrera nos EUA. Na ocasião, ao 911 passou a ser movido por um flat-six de três litros e 180 cv, substituindo o motor de 2,7 litros e 165 cv usado até então.

O Porsche 911 vendido aos norte-americanos também ganhou modificações estéticas leves: para-choques mais volumosos e molduras dos faróis, maçanetas e frisos das janelas em preto em vez de cromados. Aliás, é surpreendente o quanto estes detalhes mudaram a cara do 911. No caso do Targa, havia ainda a barra de sustentação do teto, que também ganhou pintura preta no lugar do acabamento de aço escovado.

img_174976_4_b690c912-1f56-4f7f-90dc-0ccea11adffa

img_174984_4_b690c912-1f56-4f7f-90dc-0ccea11adffa

Este é um dos cerca de 3.300 exemplares modelo 1979 destinados ao mercado norte-americano, mas está no Brasil já há alguns anos. Documentado como 1979/1979, ele tem o motor original e foi totalmente restaurado: a pintura vermelha é nova, assim como o revestimento de couro preto no interior. Com certificado de originalidade, o carro tem 135 mil km rodados.

img_174992_4_b690c912-1f56-4f7f-90dc-0ccea11adffa img_174996_4_b690c912-1f56-4f7f-90dc-0ccea11adffa img_175012_4_b690c912-1f56-4f7f-90dc-0ccea11adffa

O carro está à venda pela DAN911, em São Paulo/SP, revendedora e oficina especializada em Porsche. Silvio, o responsável pela venda, ressalta que o carro foi totalmente revisado na loja e que tudo nele está na mais perfeita ordem: motor, câmbio (manual de cinco marchas), elétrica, suspensão e freios. O teto Targa está como novo e não apresenta infiltrações ou vazamentos.

Os opcionais são interessantes: ar-condicionado, console central, vidros e retrovisores elétricos, spoiler frontal, alto-falantes no tampão traseiro (com sistema de som Pioneer moderno), faróis de milha e rodas Fuchs de 16 polegadas (as rodas de série eram de 15 polegadas). O Targa também recebeu um sistema de escape feito sob medida na DAN911.

img_175056_4_b690c912-1f56-4f7f-90dc-0ccea11adffa img_175060_4_b690c912-1f56-4f7f-90dc-0ccea11adffa

Sem modificações, o motor entrega 180 cv a 5.500 rpm (rotação máxima de 6.250 rpm) e 27 mkgf de torque a 4.100 rpm. Pesando 1.255 kg em ordem de marcha, o carro é capaz de ir de zero a 100 km/h em sete segundos, com velocidade máxima de 226 km/h. A suspensão usa um sistema McPherson na dianteira e braços semi-arrastados na traseira. Os freios são a disco na dianteira e na traseira.

img_175016_4_b690c912-1f56-4f7f-90dc-0ccea11adffa img_174972_4_b690c912-1f56-4f7f-90dc-0ccea11adffa

Considerando que o preço de um Porsche 911 SC Targa desta época em bom estado nos EUA custa pelo menos US$ 40.000. Levando em conta os custos de importação e eventuais manutenções, o preço pedido está dentro da média.

Se você ficou interessado, basta clicar aqui para acessar o anúncio no GT40 e pegar os contatos do anunciante.

inbanner-fim-post


“Achados Meio Perdidos” é o quadro do FlatOut! no qual selecionamos e comentamos anúncios do GT40.com.br de carros interessantes ao público gearhead, como veículos antigos, preparados, exclusivos e excêntricos. Não se trata de publieditorial. Não nos responsabilizamos pelas informações publicadas nos anúncios nem pelas negociações decorrentes – todos os detalhes devem ser apurados atenciosamente com o anunciante!

Matérias relacionadas

A evolução Mustang Bullitt, o pony car mais icônico do cinema, em 50 anos

Dalmo Hernandes

Como Mercedes e Ferrari estão aumentando a octanagem da gasolina na F1 queimando o óleo de seus motores 

Leonardo Contesini

Veloster turbo no Brasil, os novos BMW para 2014, Clio mais seguro, o estado de Schumacher, Salão de Tóquio…

Leonardo Contesini
error: Direitos autorais reservados