A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Um projeto para salvar o Autódromo de Curitiba, Amarok brasileira está envolvida no dieselgate, “cinquentinhas” são liberadas da CNH e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

Grupo elabora projeto para tentar salvar o Autódromo de Curitiba

AICVenda

Na semana passada soubemos por meio do jornal Gazeta do Povo que o Autódromo de Curitiba (AIC) está prestes a ser vendido. Escrevemos a história em detalhes neste post, mas em resumo, os proprietários não estão tendo retorno do investimento feito para atualização e manutenção do circuito e, diante de várias propostas, decidiram avaliar a venda do terreno. A notícia logicamente caiu como uma bomba entre os fãs de automobilismo, afinal, já há poucos autódromos de alto nível no país e perder um dos principais circuitos é algo que compromete seriamente o esporte motorizado por aqui.

Felizmente, há muita gente disposta a tentar salvar o circuito, combinando a pista com uma estrutura mais abrangente e versátil, que possa ser usada não apenas para corridas de carros, motos e caminhões, mas também para vários outros tipos de eventos. É exatamente isso que um grupo de pessoas ligadas ao automobilismo local está tentando fazer para evitar o fim do AIC.

O projeto, batizado Pinhais GP Arena, prevê a construção de um shopping, hotel, edifícios comerciais e estacionamentos verticais e supermercado — além, é claro, do circuito. A proposta veio à tona na sexta-feira (16), quando a Stock Car voltou à cidade pela terceira vez nesse ano, e foi debatida durante um jantar que reuniu o sócio-proprietário de 50% do AIC, Fortunato José Guedes, o empresário e ex-secretário de governo Edson Casagrande e o jornalista Reginaldo Leme. A ideia é levantar os recursos necessários para comprar os outros 50% do AIC, que pertence a Jauvenal de Oms e ao grupo Inepar, impedindo que o autódromo seja vendido a alguma incorporadora.

Segundo a Gazeta do Povo, o projeto já vinha sendo elaborado antes mesmo dessa reunião realizada neste último fim de semana e envolve a agência de marketing Komm. O CEO da empresa, Roger Rieger reuniu uma lista de potenciais interessados (dentro e fora do Brasil) para apresentar a ideia. O custo de uma reforma e da construção da nova estrutura deve superar facilmente os R$ 100 milhões.

 

Dieselgate chega ao Brasil com Volkswagen Amarok

Captura de Tela 2015-10-22 às 12.21.06

Depois de semanas de suspeitas, a Volkswagen confirmou nesta última quarta-feira (21) que há 17.000 unidades da Amarok no Brasil equipadas com o software desenvolvido para burlar os resultados de emissões de poluentes. Segundo a marca, o número exato é 17.057 unidades dos anos-modelo 2011 e 2012. Todas elas são equipadas com o 2.0 turbo EA189.

A Volkswagen informou também que está desenvolvendo uma atualização do software para aplicar nos veículos afetados a partir de 2016. Ainda segundo a fabricante, parte dos modelos Amarok feitos em 2012 e todos os modelos fabricados a partir de 2013 não são equipadas com o software. Os proprietários dos veículos afetados pelo “dieselgate” serão notificados pela fabricante a partir do primeiro trimestre de 2016. Os números de chassi afetados são: BA000257 a BA000338 e B8000200 a B8082605 (2011) e CA001950 até CA026145 (2012).

 

“Cinquentinhas” poderão ser conduzidas sem CNH

dafra_220810=

Quem tem mais de 30 anos deve lembrar de uma época em que você podia circular por aí com sua scooter ou mobilete sem CNH nem placas. Isso acabou mudando com a chegada do atual Código de Trânsito Brasileiro em 1998, que levou à exigência da CNH para conduzir ciclomotores independentemente da cilindrada ou categoria em 2004.

Mas agora, depois de 11 anos, uma decisão da 5ª Vara de Justiça Federal de Pernambuco suspendeu a exigência da CNH para conduzir ciclomotores de até 50 cm³, as famosas “cinquentinhas”.  A decisão foi tomada após uma ação civil pública da Associação Nacional dos Usuários de Ciclomotores contra a União. Apesar da suspensão da obrigatoriedade da CNH, os ciclomotores ainda precisam ser licenciados e emplacados.

De acordo com a assessoria da Justiça Federal, a 5ª Vara de Pernambuco entendeu que não existe regulamentação para obtenção da autorização para condução de ciclomotores (ACC). A suspensão é válida até que seja feita a regulamentação para a obtenção da ACC. Até lá, qualquer pessoa poderá conduzir um ciclomotor.

 

Encontro nacional de proprietários de Subaru rola em novembro

flyer_subaru1

No próximo dia 1º de novembro (daqui a pouco mais de uma semana) vai rolar o encontro nacional do Clube Subaru em Araçariguama/SP, a 40 km da capital. O evento será exclusivamente para Subarus de todos os anos e modelos, e aberto ao público, com um estande oficial da própria marca exibindo seus modelos novos (os recém-lançados WRX e STI 2015, entre outros). Além disso, haverá estandes de lojas de peças de performance, oficinas preparadoras, pneus, serviços automotivos e até uma corretora de seguros especializada em carros da marca.

O encontro acontece no dia 1º de novembro, das 9h às 18h, na Box 54, um local próprio para eventos automobilísticos na região de Araçariguama. Como atração fixa do local, e também aberta ao público no dia do evento, haverá uma exposição com mais de 50 veículos clássicos, com raridades dos anos 1900 a 1980. O local conta com estacionamento próprio para carros de visitantes e food trucks com opções variadas para matar a fome. O ingresso é apenas a doação de 1 kg de alimento não-perecível, e o estacionamento custará R$ 25.

 

Um DeLorean elétrico e autônomo que faz drifts

Um grupo de alunos da Universidade de Stanford, nos EUA, recebeu a seguinte tarefa: criar um veículo autônomo e elétrico capaz de realizar qualquer ação necessária para impedir um acidente. Provavelmente inspirados pelo Dr. Brown do filme “De Volta Para o Futuro”, eles resolveram fazer isso em grande estilo, e tal como o cientista malucão, usaram um DeLorean como base para o projeto.

O DeLorean autônomo foi eletrificado pelo pessoal da Renovo, uma empresa especializada em conversão de elétricos sobre a qual já falamos neste post. Depois de receber o sistema autônomo, o modelo acabou batizado de MARTY, outra referência ao filme. Os alunos chegaram à conclusão de que, para desviar de obstáculos às vezes é preciso ir além dos limites do controle de estabilidade — algo inspirado pelos pilotos de rali, segundo o engenheiro responsável pelo projeto. Assim, eles abriram mão do controle eletrônico em nome da capacidade total de manobras e desvios. O resultado? Um carro autônomo drifter!

 

Montoya pode pilotar para a Porsche em 2016

20151020100704_MontoyaPorsche_II

Sim: você leu e viu exatamente isso. Juan Pablo Montoya pode ser o reforço da Porsche para Le Mans em 2016 no lugar de Nico Hülkenberg, que não poderá disputar “o mais longo dos dias” devido à coincidência de datas entre o GP da Europa e as 24 Horas de Le Mans. Na foto, Montoya está fazendo o molde do seu banco para o primeiro teste no 919 Hybrid.

A informação é do blog do Rodrigo Mattar do Grande Prêmio, que também conta que as chances de Montoya estarem no cockpit do Porsche 919 Hybrid são grandes, já que a IndyCar não tem corridas marcadas para os dias 18 e 19 de junho do ano que vem. Além disso, é possível até que Montoya dispute as 6 Horas de Spa (no pun intended), se não houver nenhuma corrida da Indy em 7 de maio de 2016.

 

Se Juan Pablo Montoya realmente disputar as 24 Horas de Le Mans de 2016, ele será o único piloto com chances de igualar Graham Hill na Tríplice Coroa do automobilismo — formada por uma vitória no GP de Mônaco, uma nas 500 Milhas de Indianápolis e outra nas 24 Horas de Le Mans. Graham Hill era o Mr. Mônaco antes de Senna, com cinco vitórias no principado, faturou a Indy 500 em 1966 e as 24 Horas de Le Mans em 1972. Montoya venceu o GP de Mônaco em 2003 e a Indy 500 em 2000 e 2015 — sua primeira e sua mais recente vitória na categoria.

Matérias relacionadas

O fim do Lancer Evo, Ford reajusta preços no Brasil, câmeras de ré obrigatórias nos EUA e mais!

Leonardo Contesini

24 Horas de Le Mans 2018: acompanhe ao vivo com os FlatOuters!

Leonardo Contesini

Sobre o carro autônomo da Uber que matou a pedestre: eis os detalhes – e nossa opinião a respeito

Leonardo Contesini