A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Um Shelby GT350R feito de fibra de carbono, Mazda RX-9 Wankel pode ser revelado em outubro, novos detalhes do novo TVR e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

Speedkore GT350: um Shelby feito de fibra de carbono

speedkore-carbon-fiber-mustang-gt350-carbon-composites-parts-05-1500299206

Apesar de ser equipado com rodas de fibra de carbono, de ter seu banco traseiro removido e usar uma série de componentes aliviados, o Shelby GT350R ainda leva o ponteiro da balança para perto dos 1.700 kg — o que é normal para um muscle car, mas não muito saudável para um esportivo voltado para as pistas. O problema, contudo, tem uma solução oferecida por uma preparadora americana chamada SpeedKore Performance: uma carroceria completa de fibra de carbono.

 

Obviamente um “swap” de carroceria não é algo barato: a preparadora cobra US$ 64.000 pelo trabalho — e você ainda precisa comprar o carro, que custa US$ 63.600. O resultado, contudo, compensa: o carro fica ao menos 200 kg mais leve com a substituição dos paineis de aço por novos de carbono. O peso exato não é divulgado, provavelmente porque há muitas variações no peso de acordo com o pacote de equipamentos e com a extensão das modificações (é possível comprar os paineis separados), mas a preparadora ao menos divulga o peso individual de cada peça como, por exemplo, o para-choques traseiro, que tem apenas 5,5 kg ou os para-lamas dianteiros, que têm 820 gramas, ou ainda a tampa do porta-malas que pesa pouco mais de 3 kg.

No fim das contas o carro vai para cerca de 1.450 kg a 1.500 kg, uma redução drástica e bastante significativa, que torna o Shelby GT350R mais leve que uma Ferrari 488 GTB (que tem 1.540 kg).

Mazda RX-9 pode estrear em outubro

RX-9-1024x575

Já faz algum tempo que a Mazda vem deixando claro que ainda não desistiu de seus motores rotativos e agora a revista japonesa Levolant Boost conta que o RX-9 será lançado em outubro, quando o Mazda Cosmo e a linhagem Wankel da marca completam 50 anos.

A publicação também publicou detalhes técnicos do futuro esportivo, revelando que ele usará o motor Skyactive-R com cerca de 450 cv e terá 4,44 m de comprimento, 1,18 m de altura, 1,91 de largura e entre 1.300 e 1.325 kg — o que resultará em uma boa relação peso/potência de 2,9 kg/cv.

Mazda-RX9-May-Debut-In-October-1-

Até agora a Mazda não mencionou estar trabalhando em um novo esportivo com motor rotativo, mas já apresentou o tal motor Skyactive-R como “um estudo” para tornar os motores Wankel viáveis em termos de emissões e consumo. Só isso, Mazda? Vai investir essa grana toda para não recuperar nada vendendo um esportivo com o Skyactive? Sei.

 

TVR revela novo teaser e mais detalhes do novo Griffith

tvrimage

O novo TVR ainda não tem data para ser lançado, mas o pessoal do Top Gear já descobriu alguns detalhes sobre o novo esportivo britânico e ainda descolou um novo teaser do carro. A imagem não traz grandes novidades, uma vez que a marca já havia revelado um teaser da dianteira do carro em 2016. O que interessa mesmo é a entrevista que o site fez com Les Edgar, o responsável pelo retorno da marca.

210316tvr

Na conversa, Edgar confirma que o carro terá um V8 de cinco litros desenvolvido pela Cosworth e “barulhento” (shouty, segundo suas próprias palavras), e que o levará “confortavelmente aos 100 km/h em menos de 4 segundos” e à velocidade máxima de 320 km/h (“que pode ser limitada, se o cliente quiser”). O projeto, como já havia sido revelado, é de ninguém menos que Gordon Murray, o pai do McLaren F1, e usará efeito solo, chassi tipo backbone de fibra de carbono e alumínio, revestimento de couro e cores exclusivas (como um bom TVR).

tgtvrcutaway1

Edgar também comentou que o desenvolvimento usou uma quantidade enorme de modelagem por computador e que foram feitos testes de corrosão com água salgada. “Ele não terá corrosão”, disse. No Brasil a corrosão é um problema mitigado com o avanço do tratamento químico das chapas, mas na Europa, onde a neve se mistura com sal despejado nas ruas, o problema ainda afeta muitos carros — e os TVR eram propensos a formar corrosão em seu chassi backbone.

 

Novo Rolls-Royce Phantom aparece em catálogo antes do lançamento

Unknown

Você já se deu conta de que o atual Rolls-Royce Phantom foi lançado há quase 15 anos? O modelo praticamente não envelheceu, nesse tempo, bastando um facelift há alguns anos para mantê-lo atualizado — sinal de um bom design. Mas os bons carros não vivem de aparência, e nestes quase 15 anos desde que o Phantom foi lançado muita coisa aconteceu na indústria automotiva: desenvolvemos ligas de aço mais resistentes e leves, a tecnologia de compósitos evoluiu e os motores ganharam injeção direta e turbocompressores para evoluir em desempenho e em economia de combustível. Isso significa que tecnicamente o Rolls é um carro defasado. E você não pode vender um produto defasado para o tipo de gente que compra um Rolls-Royce.

Por isso a nova geração do sedã está chegando ainda neste mês — o lançamento acontece em 27 de julho, mas é claro que as fotos acabariam vazando na internet antes do lançamento. Uma série de imagens de um catálogo do novo Phantom começou a circular na imprensa chinesa — o que faz sentido, pois a China é um dos países onde a Rolls encontrou mais clientes nos últimos anos — mostrando o carro praticamente por inteiro.

Unknown-1

Em termos visuais ele é uma evolução do design original de 2003, com algumas mudanças nos faróis e para-choques dianteiro. Por dentro o painel foi atualizado com madeira escura, couro creme e acabamentos texturizados, porém mantendo alguns elementos retrô-clássicos como o relógio de ponteiros e o formato dos raios do volante, que remete aos modelos de três raios dos anos 1960 e 1970.

Unknown-2

Ainda não há nenhuma confirmação sobre a plataforma do novo Phantom, mas acredita-se que ele irá estrear uma nova arquitetura de alumínio que também será usada pelo SUV Cullinan. O motor também não foi confirmado e, embora a Rolls-Royce tenha um propulsor moderno no Dawn (o V12 biturbo de 6,6 litros da BMW), é possível que a marca mantenha a tradição dos 6,75 litros evoluindo o atual V12.

 

Hamilton e Vettel vão trocar de assentos na Fórmula 1?

hamilton-vettel

Ontem mesmo falamos que a Ferrari ainda não definiu seus pilotos para a próxima temporada da Fórmula 1, mas já disse que não está interessada em Fernando Alonso. Contudo, a Scuderia pode estar interessada em um outro campeão: Lewis Hamilton. É o que dizem o mais recentes rumores vindo da Europa.

Segundo o jornal britânico Daily Mail, Lewis Hamilton pode ir para a Ferrari em 2018, mas não no lugar de Kimi Raikkonen, e sim trocando de posição com Sebastian Vettel, que passaria a defender a Mercedes. Hamilton ainda tem mais um ano de contrato com a Mercedes, enquanto o acordo entre Vettel e a Ferrari acaba neste ano e Toto Wolff, o chefe da Merc, foi visto na festa de aniversário de Vettel pouco antes de sua audiência na FIA a respeito do acidente com Hamilton no Azerbaijão.

Além disso, os rumores são alimentados por um suposto interesse dos cartolas da Mercedes em ter um piloto alemão como número 1 da equipe, enquanto Hamilton já disse certa vez que todo grande piloto precisa correr pela Ferrari em algum momento de sua carreira.

Quanto aos fatos concretos, Sergio Marchionne, o CEO da Ferrari, disse que já ofereceu um novo contrato a Vettel, mas ele ainda não decidiu assinar. No outro lado, Toto Wolff disse que não passa de especulação, mas como o próprio Daily Mail salientou, o chefe da Mercedes provavelmente será o último a saber de uma eventual transferência de Hamilton, uma vez que o piloto inglês pegou a McLaren de surpresa ao assinar com a Mercedes.

Matérias relacionadas

Volkswagen apresenta novo Polo em vídeo, novo BMW Série 5 começa a ser vendido no Brasil, Ferrari descarta uso de turbos em seus V12 e mais!

Leonardo Contesini

Motores da F1 vão girar mais e roncar mais alto, Jeep revela novo Wrangler, tempo mínimo de suspensão da CNH será de seis meses e mais!

Leonardo Contesini

Uma aventura de moto pela Serra do Rio do Rastro e pela Serra da Graciosa 

Leonardo Contesini