FlatOut!
Image default
Projetos Gringos

Um Skyline GT-R R32 com toda a mecânica do Nissan GT-R é o mais novo projeto insano da Top Secret

Há alguns meses, contamos aqui a história da Top Secret uma das seletas preparadoras japonesas que, antes de se tornarem referência mundial, eram apenas garagens onde pilotos de rua tornavam seus carros mais velozes. Seu fundador, Kazuhiko “Smokey” Nagata, era um dos membros do lendário Mid Night Club, uma das gangues de street racers mais famosas do Japão.

Smokey sempre desenvolveu seus próprios componentes para seus carros. Um dos mais famosos é seu Toyota Supra dourado que, em 1998, foi levado até o Reino Unido e chegou aos 317 km/h em uma via pública. Por causa disso, Smokey foi banido para sempre de visitar a terra da rainha.

topsecret (1)

No fim das contas, ele não está nem aí. O conhecimento adquirido em anos de corridas ilegais lhe rendeu um negócio bem sucedido e fama mundial. Hoje em dia, entusiastas do mundo todo deixam seus carros aos cuidados de Smokey, e sempre os recebem de volta com algumas centenas de cv a mais. E, por alguma razão, a maior parte de sua clientela consiste em proprietários de Nissan GT-R.

Deve ter a ver com o fato de o VR38DETT seguir a risca a cartilha dos motores de alto desempenho do Japão: original de fábrica, já é razoavelmente potente (bem, na verdade são quase 600 cv, mais do que “razoável”), e ainda foi feito para suportar muito mais potência sem grandes malabarismos mecânicos. Você não precisa trocar pistões e bielas ou reforçar o bloco caso queira aumentar a pressão nos turbos (ou comprar turbos maiores) e chegar aos 800 cv. Ainda que muitos façam isso, porque segurança nunca é demais.

topsecret (4)

Mas estamos divagando. O negócio é que Smokey decidiu usar o VR38DETT como base para seu mais novo projeto porque já lida com ele o tempo todo e sabe exatamente o que está fazendo. A casca é que muda: em vez de um Nissan GT-R R35, este V6 biturbo está em um Skyline GT-R R32.

O carro branco se chama Skyline VR32 GT-R, e é fácil deduzir que se trata de um amálgama de “VR38DETT” e “R32” – assim como o próprio carro. Do Skyline só restaram a carroceria e parte da estrutura. Todo o resto veio do Godzilla moderno. E isto inclui até mesmo o interior: o painel de instrumentos, o cluster, os bancos e até os revestimentos das portas foram adaptados para se acomodar no clássico noventista. O fit and finish é tão bom que o carro até parece ter vindo de fábrica desse jeito.

topsecret (8) topsecret (9)

Começamos falando do lado de dentro do carro porque ele impressiona de verdade. E, de certo modo, a cirurgia faz sentido, pois todos os recursos do GT-R foram pensados para trabalhar em harmonia com o motor. Seria mais trabalhoso fazer uma adaptação dos sistemas elétricos e eletrônicos ou refazer tudo do zero com componentes aftermarket do que aproveitar tudo o que já estava pronto.

Mas a verdadeira estrela é o motor V6 biturbo de 3,8 litros. Originamente, são 572 cv e 64,6 mkgf de torque, o que já é suficiente para tornar o Nissan GT-R um dos carros mais velozes e compententes do planeta (apesar de seus 1.700 kg). No caso do Skyline GT-R R32, que pesa 1.400 kg (300 kg a menos), já seria força o bastante para fazê-lo ainda mais veloz. Mas não esqueça que estamos falando de um projeto da Top Secret.

topsecret (5)

As especificações do motor ainda não foram reveladas, mas o site chinês IsCar, que foi um dos primeiros a conseguir fotos e informações do carro, diz que o deslocamento do motor não foi alterado como é comum em projetos deste calibre – a GReddy, por exemplo, produz kits stroker para o VR38DETT que ampliam o deslocamento para quatro litros.

Considerando que a Top Secret já surpreendeu o mundo com versões de até 1.800 cv deste exato motor, não esperamos muito menos do que isto neste carro em especial.

Para acomodar o motor, todos os suportes do GT-R R35 foram transplantados para o R32, e até mesmo o radiador foi encaixado no cofre. O eixo dianteiro e o transeixo do Godzilla também foram aproveitados, o que significa que agora as trocas são feitas por aletas atrás do volante.

topsecret (6)

Para segurar a força extra, o carro recebeu também freios do GT-R, o que significa que ele agora tem as pinças e os discos de 380 mm de diâmetro da Brembo. As rodas são um jogo de OZ Challenge HLT, de 18”, que exigiram modificações nos para-lamas para caber. No fim das contas, o visual do carro ficou mais agressivo como bônus.

topsecret (7) topsecret (2)

O carro fez sua estreia ao público de forma discreta, durante o último Nismo Festival, que aconteceu entre os dias 16 e 18 de dezembro no circuito de Fuji Speedway, aos pés do famoso vulcão. A pintura branca Crystal White, original de fábrica, caiu bem ao projeto – ficou parecendo um carro de corrida novo, pronto para receber as cores dos patrocinadores. E, de fato, quando o carro for levado para o Tokyo Auto Salon no mês que vem, é bem provável que seu visual esteja bem mais chamativo, como é costume entre os carros de Smokey Nagata.

Em nossas andanças pela internet, quando topamos com este projeto, vimos comentários mistos: há quem aprecie a ousadia do transplante, mas há quem diga que é heresia livrar-se do lendário seis-em-linha da Nissan. Queremos saber: o que você achou?

Matérias relacionadas

Silvertape já era. Essa superfita foi capaz de “soldar” a gaiola de proteção de um carro

Leonardo Contesini

Estes são os melhores anúncios em vídeo para carros antigos que já vimos

Dalmo Hernandes

A marca da maldade: um Pontiac Firebird Pro-Touring de 1.100 cv

Dalmo Hernandes