Um VW Gol Plus 1986 com motor 1.8 e acabamento monocromático à venda

Dalmo Hernandes 8 janeiro, 2018 0
Um VW Gol Plus 1986 com motor 1.8 e acabamento monocromático à venda

Ainda que o Volkswagen Gol já não seja o carro mais vendido do Brasil, esta posição foi sua por muitos anos e, naturalmente, o compacto da VW tem forte presença em nossas ruas. Além disso, é um carro carismático, possui uma enorme base de fãs e bastante respaldo do mercado de autopeças. Por estas razões, muita gente opta por um Gol na hora de comprar um carro antigo para levantar e curtir.

Agora, se você quer um evitar o trabalho de comprar um Golzinho cansado e devolvê-lo a sua boa forma – algo que pode ser bem mais caro e complicado do que parece –, talvez queria dar uma olhada no nosso Achado meio Perdido de hoje, anunciado no GT40: um Gol Plus 1986 restaurado, customizado bem de leve e equipado com motor AP 1.8. Que tal lhe parece?

img_154952_4_020f3239-08f1-4d1d-ab12-5ae90d27d69cPara te situar a respeito do que é um VW Gol Plus, vamos revisitar um pouco da história do Gol, que foi lançado em 1980 com motor flat-four arrefecido a ar de 1,3 litro e apenas 50 cv – praticamente um motor de Fusca. Não demorou para que a imprensa especializada lamentasse o fato. Por mais que fosse confiável e robusto, o boxer do Besouro entregava desempenho aquém do que sugeria o desenho harmônico e arrojado do Gol. E abaixo do que merecia seu bom comportamento dinâmico com motor e tração na dianteira, suspensão independente do tipo McPherson na dianteira e eixo de torção na traseira.

img_154940_4_020f3239-08f1-4d1d-ab12-5ae90d27d69cAo lançar as variações de carroceria da família, a VW corrigiu o problema: o sedã Voyage, lançado em 1981 e a perua Parati, de 1982, jamais foram oferecidos com o motor a ar – apenas com o quatro-cilindros em linha arrefecido a água que ficaria conhecido posteriormente como motor AP.

Foi o esportivo Gol GT que estreou o arrefecimento líquido no hatchback, em 1984. Em versão de 1,8 litro com dupla carburação e 99 cv declarados (na prática, eram cerca de 105 cv), o motor emprestado do VW Santana finalmente dava ao Gol o desempenho que ele merecia. Logo em seguida veio a versão de 1,6 litro e 81 cv – mais mansa, claro, mas igualmente superior ao tradicional flat-4 em potência, nível de ruído e economia de combustível.

img_154936_4_020f3239-08f1-4d1d-ab12-5ae90d27d69cO Achado meio Perdido de hoje é um VW Gol Plus 1986, pertencente a Geraldo, de Belo Horizonte/MG. O Gol Plus foi uma série especial lançada que contava com acabamento diferenciado, calotas exclusivas, faróis de neblina e revestimento interno mais caprichado. Originalmente o carro saiu de fábrica com motor 1.6, mas hoje em dia ele é equipado com um AP 1.8 novinho em folha, além de ter passado por uma caprichada restauração.

Geraldo conta que comprou o carro há cerca de seis meses, e que o mesmo já estava sendo restaurado por seu dono anterior. Por sorte, este já havia feito boa parte do trabalho: o carro veio com pintura nova e interior refeito nos padrões originais (bancos, revestimentos de porta e forração do teto). Era um carro promissor.

De acordo com Geraldo, sua ideia era montar um setup turbo no carro, e por isso o Gol foi direto para a oficina. Enquanto pesquisava a respeito do Gol Plus, decidiu manter um pouco mais de originalidade, e mandou instalar no cofre um motor AP 1.8, refeito por completo – pistões, bielas, juntas, cabeçote, trem de válvulas, etc. O motor, alimentado por um carburador 3E, é acoplado a uma caixa manual de cinco marchas.

img_154956_4_020f3239-08f1-4d1d-ab12-5ae90d27d69cSegundo Geraldo, a elétrica do carro também foi toda refeita, assim como a suspensão e os freios, sempre com componentes novos e de qualidade. Os freios, aliás, usam os discos do Gol “G5”, que são maiores e impedem que se instale as rodas originais do Gol, de 13 polegadas. As réplicas de BBS com miolo dourado, são de 14 polegadas. Geraldo foi quem concluiu a restauração estética e comprou todos os itens de acabamento faltantes, incluindo faróis e lanternas Arteb, faróis auxiliares Cibié Serra II, frisos, borrachas, grade e outros itens.

img_154960_4_020f3239-08f1-4d1d-ab12-5ae90d27d69cimg_154984_4_020f3239-08f1-4d1d-ab12-5ae90d27d69cimg_155004_4_020f3239-08f1-4d1d-ab12-5ae90d27d69cimg_154968_4_020f3239-08f1-4d1d-ab12-5ae90d27d69cAlgumas observações do dono: o Gol está com o volante “quatro bolas” instalado, mas o original que se pode ver nas fotos acompanha; o conta-giros, vindo de um Gol GT, não está ligado; e há alguns detalhes de alinhamento da carroceria a acertar.

img_154948_4_020f3239-08f1-4d1d-ab12-5ae90d27d69cNo mais, o carro é estruturalmente íntegro e possui muitos componentes novos, além de funcionar perfeitamente e estar mais do que apresentável.

Se você ficou interessado, é só clicar aqui para acessar o anúncio e pegar os contatos do dono. Ele pode esclarecer quaisquer dúvidas.

inbanner-fim-post


“Achados Meio Perdidos” é o quadro do FlatOut! no qual selecionamos e comentamos anúncios do GT40.com.br de carros interessantes ao público gearhead, como veículos antigos, preparados, exclusivos e excêntricos. Não se trata de publieditorial. Não nos responsabilizamos pelas informações publicadas nos anúncios nem pelas negociações decorrentes – todos os detalhes devem ser apurados atenciosamente com o anunciante!