A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Vídeo

Usando o túnel de vento… em pessoas!

O corpo do ser humano não tem o formato mais aerodinâmico do mundo: cabeça redonda, ombros largos, ossos nos quadris e, para atrapalhar o fluxo de ar, ainda ficamos a maioria do tempo em posição vertical, e não deitados com os braços colados ao corpo como alguns super-heróis voadores. Não somos nenhum protótipo de Le Mans. Deve ser por isso que um dia alguém decidiu colocar seres humanos em um túnel de vento para testar a resistência do nosso corpo contra uma corrente de ar de mais de 700 km/h.

O teste mostrado no vídeo foi realizado em 1946, no Centro de Pesquisas Langley da NASA em Hampton, estado da Virginia, nos EUA. O objetivo era testar a resistência dos pilotos a ventos soprando a uma velocidade que só seria possível com avião no ar, como canopi aberto. Ventiladores gigantes geravam rajadas de até 735 km/h, e é impressionante ver o efeito do vento sobre o rosto descoberto do piloto, que não usava nem mesmo óculos de proteção.

Apesar da força do vento, o piloto não sofreu dano algum.

Não é preciso um vento de 700 km/h, porém, para que uma pessoa seja arrastada ou até mesmo seja atirada longe. Há algumas semanas, na Noruega, o furacão Ivar soprou a até 153 km/h em algumas regiões, o que não impediu a população de tentar caminhar pelas ruas.

O povo nórdico não parece se importar muito com frio e golpes de vento. Alguns até riem enquanto inclinam o corpo para tentar vencer a força da natureza…

Algo nos diz que eles seriam ótimos pilotos.

 

Matérias relacionadas

Cadillac Coupe Deville 1959: o American Way of Life sobre rodas

Renato Bellote

Isso é o que acontece quando 18 McLaren F1 se juntam no mesmo lugar

Dalmo Hernandes

Jeff Gordon dá trote de revanche em editor do Jalopnik US

Leonardo Contesini