FlatOut!
Image default
Car Culture Zero a 300

V-Spec II Nür Nismo R-Tune: os detalhes de um dos GT-R mais raros (e com o nome mais complicado) de todos os tempos

Versões obscuras de carros icônicos são sempre deliciosas de observar. Ainda mais quando se trata de uma versão obscura do Skyline GT-R R34, um dos esportivos mais emblemáticos do planeta que, não bastasse seu desempenho matador, também fez fama como um dos favoritos da série Gran Turismo e conseguiu ainda mais exposição no início dos anos 2000, quando ainda era fabricado, por suas aparições em “Velozes e Furiosos”.

Mesmo que não seja um fã ardoroso do JDM, você certamente sabe mais que uma ou duas coisas sobre o Skyline GT-R R34 – por exemplo, que ele foi a última geração do GT-R antes do atual, e a última com o emblemático seis-em-linha RB26DETT. Também deve saber que ele teve uma boa cota de edições limitadas para o mercado interno japonês. E talvez até já saiba que o Skyline GT-R R34 Z-Tune é tido como o mais desejado de todos eles. Falamos sobre o Z-Tune aqui, aliás.

nismo-z-tune-a-venda (4)

Só para refrescar sua memória, o GT-R R34 Z-Tune tinha uma versão de 2,8 litros do RB26DETT, naturalmente denominada RB28DETT , e recebia componentes dos Skyline usados em competições — pistões e bielas forjados, comandos de válvulas mais agressivos, um novo coletor de admissão, virabrequim de curso ampliado, radiador de óleo e módulo de controle recalibrado, além de turbos maiores. O resultado eram 500 cv a 6.800 rpm e 55 mkgf de torque, suficientes para chegar aos 100 km/h em 3,8 segundos com máxima limitada a 250 km/h.

O Nismo Z-Tune estava no topo da cadeia alimentar do Skyline GT-R R34, e só teve 20 unidades construídas – usando como base exemplares usados do carro, inspecionados pela Nissan e totalmente reconstruídos pela Nismo, sendo efetivamente novos. Existe, contudo, uma versão quase tão rara quanto o Z-Tune, e com uma ficha técnica igualmente interessante: Nissan Skyline GT-R R34 V-Spec II Nür Nismo R-Tune.

Esse nome comprido tem sua razão de ser, como também já explicamos aqui: foram fabricadas 12.175 unidades do Skyline GT-R R34 até 2002, das quais 5.512 são do Skyline GT-R R34 V-Spec II, que foi lançado em outubro de 2000 e tem como diferenciais suspensão mais firme, discos de freio maiores na traseira e capô de fibra de carbono com um duto NACA. Destas, 718 fazem parte da série especial Skyline GT-R R34 V-Spec II Nür, que um motor mais potente, chamado RB26DETTN1. O motor tinha bloco reforçado, dutos de resfriamento maiores, bombas de óleo e água mais potentes, pistões retrabalhados e bielas feitas de material mais resistente, além de turbos maiores e um sistema de escape retrabalhado para render cerca de 330 cv. As versões mais comuns do GT-R R34 tinham 280 cv.

15

A Nissan oferecia outras duas opções a quem comprasse um V-Spec II Nür: os pacotes S-Tune e R-Tune. O primeiro trazia molas e amortecedores mais macios e o motor S1, que era preparado com foco para uso nas ruas, com mais torque em baixas rotações. O segundo era voltado para uso em pista, e recebia o motor R1 – que era tão potente quanto o motor do Z-Tune.

O RB26 R1 tinha os dutos polidos, novos turbos, intercooler com maior capacidade, radiador de óleo e novos comandos de válvulas e componentes internos forjados para entregar até 450 cv. Só não utilizava o bloco do Z-Tune, que derivava dos modelos de competição, e por isso tinha o deslocamento de 2,6 litros em vez de 2,8 litros.

31 33

O carro ainda recebia componentes de fibra de carbono na carroceria, como capô e para-lamas, embreagem Nismo, rodas de 18 polegadas Nismo LMGT4, barras estabilizadoras na suspensão, para-choques e saias laterais com desenho exclusivo. Por dentro, havia uma tela colorida no topo do painel que fornecia informações do data logger, incluindo aceleração lateral e longitudinal. Havia até um sistema de som com DVD Kenwood, original de fábrica. Tudo isto há quase vinte anos!

Acredita-se que algo entre 25 e 30 exemplares do Nissan Skyline GT-R V-Spec II Nür tenham sido convertidos para as especificações S-Tune e R-Tune. O carro branco das fotos é um deles e, como era comum acontecer nos anos 2000, foi um grey import para o Reino Unido, vindo do Japão de forma não-oficial.

11 7 12

O carro só rodou cerca de 20.000 milhas (32.000 km) desde que uma restauração foi feita na Omori Factory, a sede da Nismo, onde foram feitas estas conversões e também onde até hoje é feita a manutenção dos exemplares convertidos. Uma nova camada de pintura foi aplicada, deixando um pequeno detalhe da fibra de carbono exposta nos para-lamas, o interior totalmente original foi higienizado e uma revisão mecânica completa foi feita e, desde então, o carro não rodou mais.

37

Ele tem a suspensão mais macia do S-Tune, e ganhou rodas novas na especificação original e tem pneus Federal 595 RS-R zero-quilômetro. Os freios usam discos ventilados e frisados e pinças da Stoptech, totalmente recondicionados.

18 19

De fato, nós recomendamos que você pare e aprecie os detalhes de acabamento do carro, seu estado de conservação. É uma boa forma de lembrar que o Skyline do Brian ou seu carro favorito na garagem do GT2 existia mesmo, e que existem exemplares novos assim. Só não sonhe muito alto: a concessionária britânica 4 Star Classics, onde o R34 está anunciado, pede nada menos que £184.995 libras por ele (mais de R$ 750 mil em conversão direta). É a mesma quantia que a Ferrari cobra dos britânicos por uma 488 GTB zero-quilômetro.

É preciso entender, porém, que estas lendas sobre rodas vindas do Japão são ícones muito prestigiados por seus admiradores, e que uma legião de fãs trocaria sem pensar muito qualquer Ferrari por um destes. Você sabe que não é exagero.

19 20 21 23 26 28 30 32  34 35 36 40 1 3 4 5 6 8 16 17

Matérias relacionadas

Um Santana Executivo impecável, um Jeep Renegade 4×4, um clássico nacional com motor V8 e as novidades do GT40

Dalmo Hernandes

BMW 635CSi: a história do primeiro campeão do DTM – que não venceu nenhuma corrida

Dalmo Hernandes

Robert Kubica na Fórmula 1: a trajetória, o drama e a incrível volta por cima

Dalmo Hernandes