A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Lançamentos

V12 aspirado, aerodinâmica de Fórmula 1 e 1 kg/cv: este é o novo hipercarro Aston Martin Red Bull

Há alguns anos o mundo só falava em hipercarros: Ferrari LaFerrari, Porsche 918 Spyder e McLaren P1, todos com quase 1.000 cv e tecnologia híbrida, se tornaram os carros de rua mais velozes do planeta e deram início a uma nova era em desempenho. Agora, a Aston Martin quer trazer o assunto de volta à tona e, para isso, procurou a equipe Red Bull Racing de Fórmula 1 para desenvolver uma nova máquina de alta performance. Depois de alguns meses de especulação, ei-lo aqui: o Aston Martin AM-RB 001. Que tal?

Antes de mais nada, avisamos: a Aston Martin ainda não falou quase nada a respeito da potência ou do desempenho do carro, limitando-se a dizer que ele tem um motor V12 naturalmente aspirado totalmente novo e nada de tecnologia híbrida (all motor, baby!) — e que ele tem relação peso/potência de 1 kg/cv. Ah, e eles também fizeram uma promessa: o Aston Martin AM-RB 001 será capaz de dar uma volta no circuito britânico de Silverstone tão rápido quanto um carro de Fórmula 1 em especificação de corrida.

am-rb-001 (5)

É uma declaração bem ousada — para se ter uma ideia, para conseguir fazê-lo, o AM-RB 001 terá que ser cerca de 20 segundos mais rápido que o Porsche 918 Spyder ou o McLaren P1. Mas a Aston Martin parece confiante. E há uma boa razão para isto: graças à colaboração com a Red Bull Racing, um dos nomes envolvidos no projeto é de Adrian Newey, o mago da aerodinâmica da Fórmula 1 e atual diretor técnico da equipe. O desenho do carro deixa isto bem claro: a versão de produção (que, de acordo com a Aston Martin, terá diferenças mínimas em relação ao carro das fotos) terá cerca de 1,9 metro de largura e menos de um metro de altura.

am-rb-001 (4)

A estrutura também é bastante parecida com a de um monoposto — a estrutura por baixo do carro afunila-se sob o compartimento dos ocupantes e sob o motor, formando dutos que atuam produzindo efeito solo. Até mesmo a posição de pilotagem é inspirada na Fórmula 1, com as pernas esticadas e elevadas.

Adrian Newey também projetou a suspensão e a transmissão de dupla embreagem do carro, bem como a estrutura de fibra de carbono. De acordo com informações dos britânicos da Autocar, o peso do carro deverá ficar abaixo dos 1.000 kg graças a ela. A aposta dos caras é algo na casa dos 900 cv.

am-rb-001 (3)

Tudo bem, ainda não temos a potência — até porque o conjunto mecânico ainda está em desenvolvimento —, mas há outros detalhes interessantes. Em vez de espelhos retrovisores nas portas (que são ao estilo “asa de gaivota”), o AM-RB 001 terá câmeras que projetarão imagens no painel. E ele também será equipado com KERS (sistema de recuperação de energia cinética), que alimentará um motor elétrico responsável pela marcha a ré.

O Aston Martin AM-RB 001 está previsto para chegar em 2018. Segundo a Aston Martin, serão fabricadas algo entre 99 e 150 unidades do modelo de rua. Também serão feitos 25 exemplares de corrida — a exemplo do McLaren P1 GTR e da Ferrari FXX K. A versão de pista terá “mudanças importantes” no conjunto mecânico e componentes de fibra de carbono na suspensão, além de modos de condução que incluem um “extreme track mode” — soa bem, não?

am-rb-001 (2)

Aparentemente muita gente concorda: mais de 300 pessoas demonstraram real interesse na compra, e a Aston Martin vai precisar selecionar os donos do novo hipercarro. Caras que já compraram um modelo especial da marca, como o One-77 ou o Vulcan, terão prioridade. O preço a ser pago por elas? Um depósito adiantado de £ 500 mil, de um total que ficará entre £ 2 milhões e £ 3 milhões — ou seja, algo entre R$ 8,7 e 12,9 milhões. Sim, ele vai custar bastante dinheiro.

A Aston Martin prometeu revelar o interior do carro e as especificações técnicas em breve. Com que a gente já viu até agora, porém, não nos surpreenderemos se o AM-RB 001 se tornar o novo carro mais rápido do planeta, como a fabricante planeja. Seu maior rival já foi declarado: o Bugatti Chiron, que tem quatro cilindros a mais, quatro turbos e 1.500 cv. A briga vai ser feia!

 

am-rb-001 (6)am-rb-001 (7)

Matérias relacionadas

Ferrari F12tdf: o que estão falando sobre o novo monstro de pista de Maranello

Dalmo Hernandes

Novo Shelby GT500 revelado: mais de 700 cv e câmbio de dupla embreagem no Ford Mustang mais potente da história

Dalmo Hernandes

Subaru WRX STI S209: carroceria widebody, câmbio manual de seis marchas e um boxer de 345 cv

Dalmo Hernandes