A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Top Zero a 300

V6 1.6, V8 2.0 e V12 1.5: os menores motores “grandes” já feitos

"Quem gosta de motorzinho é dentista", é o que a gente costuma ouvir (e de vez em quando dizer) quando o assunto é deslocamento. Todo entusiasta tem dentro de si, mesmo que não saiba, mesmo que negue, o desejo de ter na garagem um V8 dos anos 70. Ou um V10. Ou um V12. Mas nossas rotinas no trânsito da cidade, as despesas no posto de gasolina, o mercado, as organizações ambientais e as próprias fabricantes não nos deixam esquecer que os motores do futuro têm qua

Matérias relacionadas

Pegue sua Ferrari Testarossa e embarque no mundo do Retrowave

Dalmo Hernandes

Hidrazina: o aditivo mais perigoso já usado nas pistas

Rodrigo Passos

Marea Turbo: a história do cinco cilindros turbinado que já foi o carro mais veloz do Brasil

Juliano Barata