A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Valentino Balboni lança linha de acessórios Lamborghini, Nelsinho Piquet acelera os clássicos do pai, novo curso de design automotivo em SP e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

Valentino Balboni lança linha de acessórios para Lamborghini

landscape-1470686777-balboni

Depois de quarenta anos como piloto de testes na Lamborghini, período no qual testou cerca de 80% dos Lamborghini fabricados, Valentino Balboni teve sua aposentadoria forçada pela legislação italiana em 2008. Mesmo assim, nos anos seguintes ele continuou atuando como embaixador da marca em uma série de eventos pelo mundo.

gallery-1470683301-pb-vb-7

Mas agora chegou a hora de Balboni seguir carreira solo, e adivinhem como ele fará isso? Com uma marca de acessórios aftermarket para os modelos Lamborghini. Batizada com suas iniciais, a VB está lançando seu primeiro produto: um sistema de escape de titânio para o Aventador Super Veloce.

gallery-1470683252-pb-vb-13

 

O kit é feito inteiramente de titânio, pesa apenas 6,25 kg e, logicamente, usa os mesmos suportes e furações do escape original. Segundo a VB, a fabricação do sistema leva 350 horas e serão feitos apenas 30 kits. Ainda não há detalhes sobre os ganhos de torque e potência, tampouco sobre o preço. Mas como todos nós sabemos: se precisa perguntar é porque não pode pagar. Os escapes VB serão apresentados oficialmente no próximo dia 20 de agosto, durante o Concours d’Elegance Pebble Beach.

Nelsinho Piquet acelera os carros de corrida de Nelsão

Como é bom ser piloto de corridas e filho de um ídolo das pistas: em seu aniversário de 31 anos, comemorado em 25 de julho, Nelsinho Piquet ganhou um presente surpresa de sua namorada: uma volta pelos Alpes austríacos a bordo dos carros de corrida de seu pai, Nelson Piquet. Sim: estamos falando não apenas do Brabham BT-52, mas também do BMW M1 Procar e do McLaren F1 GTR de Le Mans!

Nelsinho contou a experiência ao site Motorsport.com, do qual é colaborador. Segundo a história, depois de seus compromisos no WEC e na F-E, o piloto voltou ao Brasil para comemorar seu aniversário e programou alguns dias livres para passar com a namorada e a família. Foi quando a moça disse que tinha algo especial para ele: pilotar os clássicos do pai na Áustria.

Além do Brabham BT-52 usado por Nelson em seu bicampeonato de F1 em 1983, do M1 Procar da extinta categoria monomarca disputada em 1979 e 1980, e do McLaren F1 GTR das 24 Horas de Le Mans de 1995, Nelsinho ainda curtiu um M635 CSL, um M1 de rua e do único carro que ele não ultrapassou na F-E: o i8 que atua como safety car da categoria. A reação de Nelsinho? Os vídeos falam por si. Além disso: você não vê pilotos da F-E e da F1 atual sorrirem desse jeito.

13912863_680201075465486_4212222698841447398_n

Ah, e já que estamos falando dos Piquet e clássicos das pistas, Nelson Piquet pai andou acelerando o Porsche 908 da equipe Hollywood, consagrado nas pistas brasileiras nos anos 1970 por ninguém menos que Luiz Pereira Bueno. O tricampeão foi fotografado por Luca Bassani, da Car Magazine/Raceone Sports em Interlagos neste último final de semana.

 

IED São Paulo oferece curso de sketch automotivo

Se você é estudante de design ou já é designer e curte design automotivo, aqui vai uma boa notícia. O IED São Paulo está oferecendo o curso de extensão de Sketch Automotivo. O curso é ministrado pelo designer Fernando Morita e visa desenvolver a capacidade de representar automóveis em desenhos bidimensionais, ilustrativos, de acordo com as técnicas e padrão utilizados nas fabricantes.

As aulas estão previstas para outubro deste ano, e incluem técnicas de perspectiva, linhas e gráficos, sketches, representação da superfície automotiva e ilustração. Para mais informações, visite o site do IED São Paulo.

 

Chip Foose está fabricando Cadillac inédito de 1935

1935-cadillac-by-chip-foose

Alguns carros conceito levam anos para chegar à linha de produção. O Porsche Panamera Sport Turismo, por exemplo, foi apresentado em 2012 e deve chegar à produção somente em 2017, talvez até 2018. Achou muito? Pois este conceito da Cadillac foi proposto em 1935 e só começou a sair do papel agora, depois de 81 anos, pelas mãos de Chip Foose.

1935-cadillac-by-chip-foose-1

A história do carro começou em 1935, quando o concessionário da GM Wes Rydell e sua esposa Vivian encomendaram um cupê Cadillac que foi projetado pelo designer da GM Art Ross. Não se sabe ao certo os motivos, mas o carro nunca começou a ser fabricado. Agora, Chip Foose descobriu o projeto e decidiu mudar essa história — até porque o carro tem um design bastante elegante mesmo para a época.

1935-cadillac-by-chip-foose-2

Chip está usando um Cadillac Series 60 sedã de 1939, uma variação do modelo que seria usado originalmente. Ele pretende seguir exatamente o projeto original com apenas alguns toques pessoais.

1935-cadillac-by-chip-foose-3

O carro foi batizado “Madam X”, que era o nome que o lendário designer Harley Earl usava para os projetos encomendados. O carro já está em fase avançada de construção e deve ficar pronto no fim do verão americano. Não sabemos quanto a vocês, mas algo nos diz que ele será uma atração surpresa em Pebble Beach.

 

Descobertos novos três softwares de controles de emissões no motor V6 TDI da Volkswagen

vw-v6-tdi-2014-620x413

O governo americano descobriu novos três programas “não-oficiais” na ECU dos motores V6 a diesel da Volkswagen. Segundo o jornal alemão Bild, os softwares atuam no motor V6 3.0 TDI, usado no Audi Q7, no Porsche Cayenne e no Volkswagen Touareg, desativando o sistema de controle de emissões depois de 22 minutos — tempo superior à duração dos testes de emissões oficiais.

Diante do escândalo das fraudes nas emissões, a Volkswagen já concordou em comprar alguns veículos equipados com o motor 2.0 turbodiesel de clientes americanos, em uma operação que custará nada menos que US$ 15,3 bilhões, mas o acordo não inclui os 85.000 veículos equipados com o V6 3.0 TDI. Além disso, a Audi também será ouvida pela justiça americana nesta quarta-feira (10), e já espera uma multa pesada pela alteração no software.

 

Lamborghini Diablo VT roadster de George Foreman está a venda

1997-lamborghini-diablo-vt-roadster-george-foreman-1

Se você tem menos de 45 anos, é bem provável que George Foreman seja apenas aquele cara que aparece nos programas da Polishop tentando vender um grill elétrico com zilhões de recursos e benefícios, dentre os quais assar comida. Mas ele logicamente não ficou famoso cozinhando na TV, e sim derrotando adversários num ringue de boxe, sendo Joe Frazier o mais famoso deles.

1997-lamborghini-diablo-vt-roadster-george-foreman-2

É lógico que não estamos falando do lendário boxeador por causa de seu grill, muito menos por sua medalha olímpica conquistada no México em 1968. Ele deu as caras por aqui pois um de seus carros será leiloado neste mês: um Lamborghini Diablo VT roadster. O carro de 492 cv e 59 mkgf foi comprado zero em 1997, e desde então o V12 de 5,7 litros rodou apenas 3.200 km.

1997-lamborghini-diablo-vt-roadster-george-foreman-3

Agora ele será leiloado no próximo dia 18 de agosto, no tradicional leilão da Mecum Auctions em Monterey. Espera-se que o supercarro, que vem acompanhado com alguns itens de memorabilia do boxeador, seja vendido por algo entre US$ 285.000 e 325.000.

1997-lamborghini-diablo-vt-roadster-george-foreman-4

Matérias relacionadas

Koenigsegg em Le Mans, Velozes e Furiosos vira animação, Triumph lança Speed Twin 1200 e mais!

Hesketh Racing: a história da equipe de playboys que revelou James Hunt – parte 2

Dalmo Hernandes

Dodge Demon usará suspensão de pista, Jaguar F-Pace terá versão SVR com motor V8, Italdesign irá vender supercarros e mais!

Leonardo Contesini