A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Car Culture

Você sabe pronunciar corretamente o nome das marcas de carros?

Todo mundo em todo o mundo tende a ler e pronunciar palavras estrangeiras de acordo com a fonética local. Por exemplo os americanos chamam a Ferrari de “fewrawri”, enquanto nós brasileiros nos referimos à Ford como “Fórdi” em vez de pronunciar o “d” mudo.

Logicamente isso acontece por que não conhecemos todos os idiomas e suas regras de pronunciação e fonética, e é por isso que algumas pessoas chamam a fabricante do WRX de Subáru, enquanto outras preferem falar Subarú, e é por isso que os americanos chamam as Yamaha de “iâmarrá” enquanto nós falamos “iamárra”.

Até pouco tempo atrás, a única forma que você tinha de descobrir a pronúncia correta desses nomes de marcas e modelos era decifrando o alfabeto fonético internacional — e para isso você precisava ter uma tabela com o alfabeto fonético. Mas graças ao Google Tradutor e ao YouTube, agora podemos solucionar nossas dúvidas com uma busca rápida e um clique. Por exemplo, os caras do canal Mighty Car Mods foram ao Japão e decidiram pedir a uma simpática nativa para pronunciar os nomes das marcas locais e responder de uma vez por todas se o nome é Subáru ou Subarú, entre vários outros:

Então aí está a resposta. Se você falava Subarú como os ingleses, ou Súbaru como os americanos, você estava redondamente enganado. A pronúncia correta é Subáru mesmo, como a maioria dos brasileiros pronuncia.

Agora, este não é o único nome que deixa dúvidas quanto à pronúncia. Murciélago, Gallardo, Countach, Citroën, Peugeot e Cayman são alguns exemplos de nomes que confundem a língua das pessoas. Desta vez, quem foi atrás da resposta foram os alemães do canal Motorvision. Eles perguntaram aos próprios executivos das empresas qual a pronúncia correta de cada nome difícil e responderam tudo neste vídeo:

Apesar do vídeo ser narrado em inglês, é fácil entender a pronúncia correta dos nomes. O Murciélago, embora seja chamado de Murcielágo por muita gente (como Jeremy Clarkson), é pronunciado “murs-iélago”. O Gallardo é exatamente como você pensava: “gaiardo”, enquanto Countach fala-se “cun-tách”.

Os nomes franceses são pronunciados de forma quase igual à que se popularizou por aqui. Peugeot, chamada de “pejô” por 99,9% dos brasileiros, na verdade se fala “poeujô”, com o “oe” pronunciados como um se fossem um único fonema.

Já a Citroën tem uma origem interessante: o avô de André Citroën era um comerciante holandês de frutas mediterrâneas que e adotou o sobrenome de Limoenman, que significa literalmente “o homem do limão”. Antes de chegar à França a família se mudou para a Polônia, onde teve que mudar o nome pois Limoenman era difícil de ser pronunciado pelos poloneses.

O nome escolhido foi Citroen, que significa “limão” em holandês. Quando eles finalmente chegaram à França, a professora primária do pequeno André Citroen grafou um trema sobre o “e” para marcar o fonema distinto, em vez do “oe”, que soaria como “citren”. O resultado foi o nome que todos conhecemos: Citroën. A única diferença da pronúncia francesa para a nossa é o típico “r” com som de “rr” (citrroên).

Por último, o Porsche Cayman tem seu nome grafado como o das Ilhas Cayman, o arquipélago caribenho de posse britânica, mas a inspiração é no réptil caimão, um tipo e jacaré nativo da América Central. A pronuncia correta, segundo a Porsche, é “queiman” e não “cáiman” ou “caimãn”.

Matérias relacionadas

Comemore os 50 anos do motor boxer Subaru com esta coletânea matadora!

Dalmo Hernandes

Formula-E começa com acidente espetacular de Nick Heidfeld, disputas de posições e vitória de Lucas Di Grassi

Leonardo Contesini

O Mazda Miata atual é quase o mesmo carro de 30 anos atrás, só que melhor – mas como?

Dalmo Hernandes