FlatOut!
Image default
Car Culture

Você sabia que Enzo Ferrari usava carros da Peugeot na década de sessenta?

O ano é 1966 e você é o proprietário da fábrica dos esportivos mais belos e desejados da Itália, dono de uma das mais vitoriosas equipes de Fórmula 1 e associado da Fiat. Qual carro você escolheria para usar no dia a dia? O belíssimo e recém-lançado Fiat Dino? Uma Ferrari 330? Claro que não. O carro escolhido por Enzo Ferrari foi um… Peugeot!

Na verdade, Enzo Ferrari teve três modelos da Peugeot consecutivamente a partir de 1966. O primeiro deles foi um 404 sedã, cinza metálico com bancos de couro. Enzo instalou no 404 um volante Nardi e faróis de neblina do Lancia Flaminia, e o usou até 1969, quando o substituiu por um modelo maior, 504 sedã. Este carro era azul metálico com interior bege, e não tinha teto solar, nem passou por modificações.

Peugeot_404_Injection

O 504 foi usado por apenas um ano, até 1970, quando ele comprou aquele que ainda hoje é considerado um dos mais belos Peugeot já feitos, um 504 Coupé azul, com interior monocromático de veludo. O carro foi usado até 1973, quando Enzo passou a usar os carros da Fiat — e a famosa propaganda “Mr. Ferrari Drives a Fiat” foi lançada.

peugeot_504_coupe_5

Além dos Peugeot de uso pessoal, Enzo Ferrari também adotou por algum tempo o Peugeot 404 Wagon para transportar equipamentos de sua escuderia. Os modelos eram bege claro e a marca da Ferrari pintada na lateral traseira.

ob_4af340_peugeot-404-enzo-ferrari-favorite-car-french-cars

Mas por que raios Enzo Ferrari escolheu um Peugeot em vez de algo mais italiano e mais esportivo?

Segundo uma entrevista dada por seu motorista particular, Dino Tagliazucchi, à revista do clube italiano da Peugeot, Enzo tinha uma relação muito próxima com a Pininfarina, que além das Ferrari, também idealizou vários modelos para a Peugeot. Foi ali que Enzo conheceu Martino Severi, o representante da marca francesa na Itália, que lhe forneceu os três modelos — todos traçados nas pranchetas da Pininfarina.

1968_Ferrari_365_GT_2+2_fL

Decepcionado? Calma, a história ainda não acabou. É claro que a garagem de Enzo Ferrari tinha uma Ferrari. Mais exatamente uma 365  GT, que Enzo usava para promover a marca, além de um Mini Cooper que lhe foi dado pelo próprio criador do carro, Sir Alec Issigonis. Na entrevista, Tagliazucchi conta que no inverno Enzo preferia usar um carro de tração dianteira, e por isso usava o Mini para cruzar as estradas cobertas de neve. Para as viagens rotineiras que Enzo fazia, geralmente percorrendo entre 200 e 300 km, eram os Peugeot os escolhidos.

Ferrari-and-Mini-Cooper

Apesar de ter um motorista particular, Enzo Ferrari costumava dirigir com frequência os seus carros, sempre acompanhado por seu fiel escudeiro/motorista Dino Tagliazucchi, que trabalhou com ele de 1969 até 1988, quando o commendatore morreu, aos 90 anos.

Matérias relacionadas

Experiência ao volante: estes velhinhos mostram que não existe idade para acelerar

Dalmo Hernandes

Será que Paul Walker disse mesmo sua famosa frase sobre morrer acelerando?

Dalmo Hernandes

Quando o baterista do Pink Floyd correu nas 24 Horas de Le Mans… cinco vezes

Dalmo Hernandes