Edição diária: 17/06/2019
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Volkswagen up! pode ganhar versão GTI, o onboard do Bugatti Chiron em Nürburgring, o hot hatch de 300 cv da Hyundai N e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

Volkswagen está preparando up! GTI

vw_7534-5745c486605da

Apesar do motor turbo e da boa relação peso/potência, o up! TSI não tem a pretensão de ser uma versão verdadeiramente esportiva do compacto. Prova disso é que, depois do lançamento  do facelift do up! na Europa, a Volkswagen agora pode estar desenvolvendo uma versão GTI para o compacto.

A apuração é dos britânicos da Autocar. Segundo eles, o modelo é uma resposta ao Abarth 595, e será equipado com o motor 1.0 TSI calibrado para produzir 115 cv e 20,2 mkgf. Com essa configuração o modelo pode chegar aos 100 km/h em apenas 8 segundos. Além do motor, o modelo também deverá ganhar novos para-choques, rodas de 16 polegadas, escape com saída dupla cromada, e suspensão recalibrada e rebaixada. A publicação não mencionou data de lançamento, mas diz que o carro será oferecido nas versões de duas e quatro portas, e deverá custar em torno de 18.000 euros.

 

 

Hyundai apresenta RM16 N de 300 cv

hyundai-rm16-n-concept-1

Pelo terceiro ano consecutivo a Hyundai apresenta um hot hatch conceitual preparado por sua divisão esportiva N. Depois do RM14 e do RM15, o modelo deste ano ganhou o sobrenome N, chamando-se RM16 N. Embora seja inspirado no Veloster em termos visuais, ele antecipa a direção que o futuro hot hatch da Hyundai N tomará em termos técnicos.

hyundai-rm16-n-concept

O motor é o mesmo 2.0 turbo com injeção direta dos conceitos anteriores, porém desta vez ele é equipado com um turbo elétrico para produzir 300 cv e 39 mkgf. Toda essa potência é enviada para as rodas traseiras através do câmbio manual de seis marchas. A distribuição de peso é 43% na dianteira e 57% na traseira. Além do powertrain e do câmbio do futuro esportivo, o conceito também antecipa o diferencial de deslizamento limitado e um sistema de escape variável controlado eletronicamente, além de um spoiler traseiro ativo.

hyundai-rm16-n-concept-3

A Hyundai ainda não fala sobre a versão de produção, mas como já dissemos neste post, eles estão trabalhando seriamente para colocar no mercado um rival à altura dos melhores hot hatches europeus. Por isso também se especula que esta série de conceitos seja, na verdade, uma lenta evolução do desenvolvimento da próxima geração do Veloster.

 

Primeira parada de The Grand Tour será na África do Sul

Agora que a estreia do novo Top Gear deixou parte dos fãs ainda mais ansiosos pela estreia de The Grand Tour, Clarkson, Hammond e May divulgaram o primeiro destino do programa itinerante: Joanesburgo, na África do Sul.

Como você já deve saber, o programa optou por não manter um estúdio fixo como o antigo Top Gear. Em vez disso, eles terão uma “tenda” que será montada em um lugar diferente a cada episódio — e até pediram sugestões pelo Twitter. Com a confirmação da localização do primeiro programa, eles também lançaram um concurso que levará um fã para a gravação do programa na África do Sul, que acontecerá no próximo dia 17 de julho, o que significa que The Grand Tour deve chegar mesmo em agosto.

 

O primeiro onboard do Bugatti Chiron em Nürburgring

Apesar de ser o carro mais rápido do planeta, o Bugatti Veyron nunca fez uma volta rápida oficial em Nürbugring Nordschleife. O mais perto disso foi uma volta dada pelo CEO da marca, Wolfgang Dürheimer, a bordo do Veyron Vitesse WRC. Com o Chiron aparentemente não será diferente. A marca não parece interessada em medir o desempenho de seu novo hipercarro no Inferno Verde, mas ao menos não esperou muito para dar uma volta com ele por lá.

Durante as 24 Horas de Nürburgring, realizadas no fim de semana passado, Dürheimer voltou a atuar como piloto a bordo do Bugatti Chiron, e levou um jornalista no banco do carona. É claro que o passeio resultou em um vídeo para as redes sociais. Dürheimer explica como o Chiron é capaz de chegar a velocidades superiores a 420 km/h e também que a Bugatti está planejando uma nova tentativa de recorde mundial de velocidade em 2018.

 

Ferrari V8 biturbo é eleito o motor do ano de 2016

Engine-Of-The-Year-2016-1-670x505

Todos os anos a imprensa europeia organiza a premiação “International Engine of The Year”, na qual um júri de 63 especialistas de 30 países escolhem os melhores motores disponíveis no mercado. Neste ano o grande vencedor foi o novo 3.9 V8 biturbo que equipa a Ferrari 488 GTB — e que é ligeiramente diferente do modelo usado na California T.

Além do V8 Ferrari, a premiação também elegeu os melhores motores por segmento. Entre os motores de até um litro o vencedor foi o Ford EcoBoost 1.0 de três cilindros — o mesmo que foi lançado no Brasil há algumas semanas — seguido pelo 1.0 TSI da Volkswagen. Na categoria de um a 1,4 litro, o vencedor foi o PureTech da Peugeot Citroën na configuração 1.2 turbo. Depois, na categoria entre 1,4 e 1,8 litro veio o 1.5 turbo do BMW i8. Entre 1,8 e dois litros está o 2.0 turbo da Mercedes-AMG. Na categoria acima, de dois a 2,5 litros ficou o 2.5 turbo de cinco cilindros da Audi. Entre 2,5 litros e três litros o vencedor foi o 3.0 turbo da Porsche.

Entre três e quatro litros o vencedor também foi o V8 3.9 biturbo da Ferrari, que também faturou a categoria acima de 4.0 com o V12 6.3. Na categoria Verde, o motor elétrico da Tesla foi o vencedor, superando o powertrain híbrido do BMW i8.

 

Matérias relacionadas

O carro elétrico será viável em escala universal?

Leonardo Contesini

Fotografo bate na traseira de Pagani Zonda F no Uruguai, Paris bane carros a diesel com mais de 17 anos, Mustang vai mal nos crash-tests europeus e mais!

Leonardo Contesini

Aviões, hot rods e rockabilly: a história das pin-ups e da Kustom Kulture – Parte 1

Dalmo Hernandes