Edição diária: 19/06/2019
FlatOut!
Image default
Notícias

WRC de volta ao Brasil: Rally Erechim pode integrar o calendário do mundial em 2015

Em menos de um mês, a cidade gaúcha Erechim irá receber um dos maiores e mais tradicionais eventos de rali de velocidade da América, o Rally Erechim. A prova já vem sendo realizada há 16 anos, e integra etapas dos campeonatos Sul-Americano, Gaúcho e Brasileiro e reuniu mais de 50 participantes e cerca de 90.000 espectadores na última edição em 2013.

Com todo esse sucesso de público e de participantes, os organizadores decidiram dar um passo à frente e elaboraram um projeto para tentar inserir o Rally Erechim no calendário do WRC. Caso o projeto seja bem-sucedido, será a primeira etapa do WRC no Brasil desde 1982, quando foi disputada a segunda (e última) edição do Rally Brasil.

O projeto foi iniciado no ano passado, quando os representantes do rali gaúcho foram ao Rali da Espanha iniciar os contatos com a FIA. No começo de março deste ano, eles reuniram-se novamente na etapa do WRC no México para conhecer detalhes da organização e convidar os membros da FIA para conhecer Rally Erechim de 2014.

No fim do mês, veio a confirmação: os promotores do WRC e delegados da FIA estarão no Rio Grande do Sul entre 28 de maio e 1º de junho para monitorar o evento deste ano e avaliar as condições da organização e da cidade para sediar uma etapa do mundial de rali. Para ajudar ainda mais as coisas, a FIA já vinha cotando a inclusão de Brasil e China no calendário desde o ano passado.

Diante dessa possibilidade real de ter o WRC no Brasil, os organizadores do Rally Erechim foram a Brasília nesta semana entregar o projeto para a realização da etapa ao Ministro dos Esportes, Aldo Rebelo. Segundo Cláudio Pagliosa, em todos os países visitados pela comitiva brasileira, o público ultrapassava os 400.000 espectadores, o que poderia gerar uma “Copa do Mundo” todos os anos com uma fração dos investimentos, além de estimular a economia e a infra-estrutura da região.

Além das etapas dos campeonatos Sul-Americano, Brasileiro e Gaucho, o Rally Erechim tem ainda outros 16 eventos de apoio, que acontecem simultaneamente ao rali principal. Se você ainda não conhece, dê só uma olhada no famoso Salto dos Verdureiros, um dos pontos altos da competição, e depois pegue uma carona com Maurício Neves em seu Peugeot XRC:

Por enquanto ainda não há resposta do Ministério, e é preciso esperar também as impressões dos comissários da FIA sobre o Rally Erechim. Mas julgando o que temos acompanhado pela página oficial do rali no Facebook e pelas notícias vindas do Sul, os organizadores estão fazendo um belo trabalho, que envolve desde a capacitação de voluntários para lidar com o público internacional às óbvias questões de segurança. As chances parecem boas. Vamos ficar de olho.

 

Matérias relacionadas

O novo Toyota Supra A90 com motor 2JZ já virou realidade – e em dose dupla!

Dalmo Hernandes

Mulher traída se vinga do marido destruindo o Audi R8 dele

Dalmo Hernandes

[ Zero a 300 ] O Golf de Mark Zuckerberg, os carros mais esperados do ano, campeões de desvalorização, novo Mercedes Classe C…

Leonardo Contesini