FlatOut!
Image default
Project Cars Project Cars #74

A restauração de um Puma GTB 1978 – conheça a história do Project Cars #74

Minha história com a marca Puma iniciou-se em 1999. Com a ajuda do meu pai comprei o meu primeiro felino: um Puma GTC 1986/1987. O ano do carro me intrigava pois sabia que a Puma tinha encerrado as atividades em 1984. Porém, com a curiosidade aguçada e depois de várias visitas a sebos de revistas usadas, descobri toda a história do modelo as duas tentativas de dois empresários determinados em reerguer a fábrica de esportivos em 1986 e depois em 1989.

Enquanto pesquisava naquela época ainda de internet discada e escassa de material, passei a pesquisar os outros modelos Puma. Foi quando deparei com o Puma GTB. Como sempre admirei os muscle cars americanos, o GTB então passou a ser um sonho.

Passado algum tempo, já no ano 2000, juntamos alguns amigos proprietários de Puma, formando o Puma Clube Norte do Paraná, com sede em Londrina – PR. Com isso nossa turma começou a chamar a atenção da mídia televisiva local. Após algumas entrevistas falei o número do meu telefone, e foi assim que o ex-proprietário do meu GTB me procurou para começar a frequentar os nossos eventos. Foi a primeira vez um GTB pessoalmente e ele veio a se tornar meu no ano de 2001.

Em 2001 Quando vi 1 vez

O antigo proprietário decidiu vendê-lo e disse que o venderia a mim devido a toda a minha dedicação na preservação do Puma. Na época eu tinha um Fusca 1975 1300L desde os 13 anos de idade. Este Fusca me esperou tirar carteira de motorista. e passei bons momentos com ele — foram muitos finais de semana cuidando e muitos dias em oficinas tudo graças ao apoio da minha mãe. Mas o meu encantamento ao ver pela primeira vez um GTB foi maior. Realizar o sonho de ter um muscle car me motivou a trazer o GTB para casa, junto com o Puma GTC que eu tinha na época.

Assim começa a minha saga. Na época já havia aprendido muito sobre a originalidade dos Puma. O GTB se tornou um novo desafio devido à sua escassa literatura, sua pouca produção de aproximadamente 715 unidades e o meu pouco contato com proprietários das gerações do Puma GTB e passei assim a observar os detalhes do meu Felino e aprender sobre a sua originalidade.

Em abril de 2001

A caçada neste momento na internet se torna mais focada nos proprietários de Puma pois com uma maior quantidade de carros poderíamos obter fotos e com elas aprender mais sobre a originalidade de cada modelo. Com isso juntamos amigos de todo o Brasil, inclusive nos Estados Unidos e Europa . Em paralelo ao Puma Clube Norte do Paraná iniciamos as atividades do Clube do GTB através do grupo de e-mails do Yahoo grupos e com isso colaborei também na fundação do Puma Clube São Paulo, onde eu e alguns amigos prestamos consultoria através de e-mail e a nossa página do Clube do GTB no Facebook, a todos que desejam restaurar os seus felinos.

Fevereiro 2013

Assim, com a bagagem adquirida nestes 15 anos com os felinos, iniciei o projeto de busca de peças para restaurar a originalidade perdida do meu GTB, e agora irei compartilhar com os amigos do Flat Out Project Cars! Abraço e até a próxima!

Por Leandro Guilherme Pascholatti, Project Cars #74

0pcdisclaimer2

Matérias relacionadas

A primeira reforma do meu Escort XR3 Conversível, o Project Cars #177

Leonardo Contesini

Project Cars #279: a evolução do projeto e um pequeno problema no motor do meu Honda Fit

Leonardo Contesini

Project Cars #480: a história do meu Fiat Marea Turbo 1999

Leonardo Contesini