A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Viagens e Aventuras

As impressões de um gearhead brasileiro no Salão de Nova York

Olá, pessoal. Meu nome é Marcos Ráinier de Sá, sou estudante de último ano de engenharia mecânica da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) e atualmente estou em intercâmbio federal (Ciência sem Fronteiras) na State University of New York – Stony Brook. Como todo entusiasta automotivo, sempre tive o sonho de ver de perto um Salão do Automóvel, e agora tenho a honra de contar um pouco sobre minha experiência no New York International Auto Show 2015.

O evento, que ocorre no Javits Convention Center em Manhattan, New York, me chamou a atenção primeiramente pelo preço de US$ 16 para adultos (eu sempre pensei que custaria bem mais). Para chegar até o local no sábado (dia 04 de abril) levei cerca de duas horas e gastei US$ 14 (moro em Long Island, cerca de 55 milhas/88 km de New York). O Salão abriu às 10:00, cheguei perto das 10:25 com meus amigos Kaio e João e enfrentamos uma fila de 10 minutos.

Logo na entrada, tive um choque ao ver de perto um dos carros mais incríveis feitos nos Estados Unidos. Como sou de um clã de Chevroleteiros (meu pai teve um Opala SS-6 1976 e Diplomata 250-S, além de nosso atual Omega 4.1) a minha emoção em ver o fabuloso e imponente muscle car Chevelle SS 454, que junto de outros antigos fazia propaganda do America’s Car Museum. Era quase uma volta ao passado.

IMG_20150404_103105

 

The Fast Fords

Voltando ao presente (e futuro), eu e meus dois amigos entramos na parte principal do salão, e o primeiro estande que visitamos foi o da Ford, e de cara vi o agressivo novo Shelby Mustang GT 350 (sou fã da Chevrolet, mas balancei por ele). Os outros destaques do estande da Ford eram o estupendo Ford GT (que carro lindo de perto, pena não eu conseguir enquadrar melhor uma foto dele) e o Novo Focus RS com sua tração integral (em uma tonalidade de azul que implorava por uma faixa laranja e um adesivo da Gulf).

IMG_20150404_105107

 

 

Hyundai

A seguir visitamos a Hyundai, que apresentou toda a sua gama de sedãs (Genesis, Elantra, Azera, Sonata…), mas as atrações mais interessantes eram o conceito Santa Cruz e o hatch de rally i20 da divisão Motorsport (ou só N, bem diferente da apelido da xará), cujo motor 1.6 turbo ultrapassa os 500 cv sem restrições.

IMG_20150404_105532   IMG_20150404_105557

 

 

Mo-power

Na Dodge, a atração para a criançada ficava por conta do Challenger T/A na cor Sublime Green com o motor HEMI 6.4; de seu irmão vindo do inferno, o Challenger Hellcat com seu HEMI de 6.2 litros e 717 cv; e da víbora Viper, que me surpreendeu com a falta de espaço para meu 1,76m.

IMG_20150404_110609

IMG_20150404_111223 - Copia

 

As novidades da Volkswagen

Na Volkswagen uma grande variedade de modelos foi apresentada, e como destaque cito o Beetle (ou Fusca) Concept R — que só no nome e no fato de ter quatro rodas lembra o meu Fusca 79 — e a nova perua Golf SportWagon Alltrack, a versão aventureira de verdade da nova perua do Golf, com direito a motor 1.8 turbo e tração integral.

IMG_20150404_112907

 

Orient express

Na Nissan tive uma surpresa ao ver apenas modelos como Altima, Maxima, Sentra, Juke e nada de GT-R! Até que percebi uma parede onde estava escondido e esnobando seu tempo em Nürburging um GR-R Nismo branco! Incrível. IMG_20150404_113523

Na Mazda, pude ver grande parte da sua atual (e bela) linha de modelos, mas os destaques (sempre) eram os Miata, que foram apresentados em muitas versões, e um belo protótipo Lola LMP2.

IMG_20150404_114059 IMG_20150404_114111 IMG_20150404_122016

Na Kia, quem fez a cabeça dos visitantes foi um K900 turbo modificado com direito a belas rodas HRE, grades pretas e um intercooler, e diferentes propostas do Soul — entre elas uma linda versão esportiva de duas portas também com rodas HRE (nunca pensei que iria querer ter um Soul).

IMG_20150404_122501 IMG_20150404_122358 IMG_20150404_122450

Logo após a fome falou mais alto e fomos até a praça de alimentação, onde comi uma pizza pequena de queijo por US$ 9,00 (prefiro não converter para reais para não chorar) e a seguir voltamos ao passeio.

 

Chevrolet

No estande da Chevrolet quem mais atraiu o público foi o novo Malibu, que aliás ganhou uma dianteira mais agressiva. Também estavam por lá Corvette Z06 Convertible e o Camaro Z-28. Ali tivemos uma grata surpresa ao participar de um jogo de perguntas idiotas como ‘’se o seu controle não tem fio, ele é?’’. O problema é que nós não entendemos no início o estilo da brincadeira, mas o apresentador dava as respostas para nós e no final mesmo perdendo o jogo ganhamos um carregador portátil para celular da Chevrolet.

IMG_20150404_123038 IMG_20150404_122833

 

Like a Sir

Para que mudar o que já é perfeito? É assim que vejo as marcas Porsche e Aston Martin. Na primeira os destaques eram o Cayman GTS e o debut do belíssimo Boxster Spyder. Pude entrar no Cayman e fiquei impressionado com o conforto do modelo.

IMG_20150404_125340 IMG_20150404_130133

Na Aston Martin, quem de longe arrancou mais surpiros foi o visceral e bruto Vulcan com seu V12 aspirado de 800 cv.

IMG_20150404_124714 IMG_20150404_124843

Continuando no Reino Unido, tive a oportunidade de ver de perto o Land Rover mais luxuoso da história, o Range Rover SV Autobiography. Também estavam por lá a Jaguar e a Rolls-Royce. Na Jag o assédio era tanto que foi quase impossível enquadrar algum modelo para uma foto. Na Rolls-Royce, os meros mortais só podiam ver de longe o luxo da marca. E pensar que em Miami era possível ver cinco carros da marca no mesmo hotel sendo tratados como carros normais.

IMG_20150404_130357 IMG_20150404_130423 IMG_20150404_130720

 

Supercars united

Se o estande de Jaguar estava lotado, o que dizer do estande com quatro dos maiores supercarros do momento? O imponente Bugatti Veyron, o malvado Lamborghini Aventador, o belo e equilibrado Lamborghini Huracán e o primor de engenharia Koenigsegg Agera R. Ver os quatro lado a lado foi interessante para comparar proporções e estilos.

IMG_20150404_131256

Os touros surpreendem pelo estilo único, violento e atemporal. O Bugatti Veyron consegue ser sóbrio e visceral ao mesmo tempo, com uma qualidade de construção e materiais usados saltam aos olhos; principalmente a fibra de carbono em tom azul.

Já o Koenigsegg é um carro que transborda genialidade. Os freios, as rodas e fárois de fibra de carbono, a pintura… tudo nele remete desempenho. Foi um momento único em ver um carro que jamais sonhei que veria na minha frente, mas o melhor ainda estava por vir!

IMG_20150404_131251 IMG_20150404_131421

 

Cadillac

A próxima parada foi o estande da Cadillac. Para mim, a marca de luxo da GM tem os designs mais atraentes da atualidade, esbanjando uma identidade visual que me fascina cada vez mais. ATS, CTS, CT6 e principalmente, o lindo CTS-V, no qual tive a alegria de entrar e ficar imaginando o ronco de seu maravilhoso V8. Sensação única.

IMG_20150404_132610 - Copia IMG_20150404_132909 - Copia IMG_20150404_132644 - Copia IMG_20150404_133226

 

New new Civic e meu primeiro Fórmula 1

Saindo do sonho americano, fui direto para o estande da Honda. Confesso que brinquei com meus amigos dizendo ‘’não quero ir lá ver Civic’’, pois o número de carros desse modelo na minha faculdade é enorme, mesmo sabendo do novo SI. Mordi a língua: foi um dos estandes mais interessantes. Pude ver de perto pela primeira vez um Fórmula 1 e descobri que eles são bem maiores do que eu pensava.

IMG_20150404_133446 IMG_20150404_133706

 

Outro destaque do estande era o novo Civic SI conceitual, que é um modelo muito vendido da região de New York.

IMG_20150404_133821 IMG_20150404_133829

 

Uma Toyota esportiva

A Toyota levou uma série de esportivos, quem diria! Havia um modelo Nascar (sem motor, infelizmente) e um dos maiores sleepers da história, o Camry que na verdade mais parece dragster top fuel com seu enorme V8 (lembram dele aqui no FlatOut?). O mais legal é que ele ficava erguendo sua carroceria e mostrando sem pudor toda a sua usina de força. Ele parecia um senhor de meia idade com cara de sedentário que na verdade é um lutador de caratê.

IMG_20150404_141435

IMG_20150404_141959 IMG_20150404_141815 IMG_20150404_141736

O carro que mais chamava atenção no estande havia saído direto do Gran Turismo 6 o Toyota FT-1 sensualizando a platéia que se perguntava ‘’Is it the New Supra?’’. Fiquei um bom tempo analisando sua beleza, e a cada vez que ele girava na minha frente, novos detalhes incríveis apareciam. Magnifíco.

IMG_20150404_135103 IMG_20150404_135138

 

McLaren

O salão já estava memorável, mas o melhor estava por vir: o estande da McLaren, o mais interessante do evento, onde os fãs faziam fila para ver de perto os modelos novos e clássicos da marca.

IMG_20150404_143011

Pude ver o novo 570S (inclusive o primeiro protótipo com estilo final) e o belo 650S, que também estava lá na versão 675LT. Se só esses modelos já dariam à McLaren um lugar especial na minha memória, o que falar do dois modelos no fim do estande? Não consigo descrever minha alegria em ver o P1 GTR (sim! O GTR amarelo e verde que nos encantou nos vídeos da marca!).

IMG_20150404_144303 IMG_20150404_144148  IMG_20150404_144519

O hipercarro é perfeito em cada detalhe, mas quem me encantou mais foi a lenda, o mito, o supercarro absoluto: o McLaren F1 GT com interior bege. O carro é indescritível. No tempo em que fiquei perto dele, percebi a falta de uma placa avisando que era proibido encostar nos veículos. Mesmo tendo certeza de que era proibido pensei: “quando vou ter essa chance outra vez?”. Sem pensar mais toquei o carro, e no mesmo instante quase fui expulso do estande por um segurança de dois metros que parecia ter vindo de um time de basquete. Mas era tarde pra ele, eu já tinha completado minha missão e encostei na lenda!

IMG_20150404_143839 IMG_20150404_144230 IMG_20150404_144015

 

Cuore Sportivo

Continuando o passeio, destaco o estande da Alfa Romeo, onde pude ver por exemplo o belíssimo 33 Stradale e o incrível 4C, que mais parece a cria de um romance proíbido entre um Miata e uma 458.

IMG_20150404_145051 IMG_20150404_145130 IMG_20150404_145328

 

Made in Japan

Na Lexus quem mais me encantou foi o perfeito RC F GT3 e seu stance sensacional.

IMG_20150404_150122 IMG_20150404_150208

Já na Acura misturei o passado e o futuro ao ver a obra-de-arte chamada NSX. Lembrei do lendário Ayrton Senna guiando aquele NSX clássico em Suzuka. Um dos melhores vídeos que já vi.

IMG_20150404_150934 IMG_20150404_151028

Na Infiniti tive a alegria de ver meu segundo F1 do dia! Desta vez o modelo era da equipe Red Bull.

IMG_20150404_151328 IMG_20150404_151503

 

BMW, Audi e Mercedes

Indo direto pra grande área das marcas da terra da cerveja e salsicha, tive a felicidade de sentar ao volante de um BMW M4 e desncansar um pouco com nas ‘’banheiras’’ Audi A8 L e Mercedes S600 (uma pena que a versão Maybach estava trancada). Na BMW pude ver o clássico 3.5 CSL número de 25 de Peterson e Redman e o lendário Alpina 2002.

IMG_20150404_153327 IMG_20150404_153752 IMG_20150404_153949 IMG_20150404_154027 IMG_20150404_155132 IMG_20150404_155241 IMG_20150404_160116

Nesta hora minhas pernas já estavam doloridas de tanto caminhar, então fomos para a outra seção do salão onde ficavam as várias pick-ups que vejo todos os dias aqui (aproveitamos para descançar dentro dos modelos e posso dizer que o mais confortável era a RAM, fica a dica!) e no final da seção estavam os modelos modificados e carros clássicos da polícia dos EUA.

Vi muitos carros de gosto duvidoso (para não dizer ruim), e também outros capazes de ganhar meus sonhos, como o Mustang GT verde, o Charger 66 com motor HEMI 392 moderno, o Toyota Supra Turbo (saudades Gran Turismo 4), a maravilhosa BMW 850 V12 e atemporal Camaro 73 cinza.

Após analisar o esportivo, nos sentamos no chão e recuperamos as energias até irmos embora, enquanto eu pensava na quantidade de carros históricos que tinha visto. O dia foi longo, cansativo e cheio de emoção, mas agora era hora de passar em um fast food barato para recuperar as energias (saudade pastel de carne e coxinha de frango do Brasil!) e voltar para casa, com a certeza que aquele sábado iria ficar para sempre na minha memória.

 

Bonus track

Se muitas das motos do salão não eram de encher os olhos, a coleção que vi indo para o envento era e muito! Um grupo de motos esportivas italianas antigas estava exposto em um esquina em Manhattan para a alegria de fãs de marcas como Ducati (eu estava com uma camiseta da marca, inclusive) e MV Agusta.

Matérias relacionadas

A história do Fusca que atravessou o mundo três vezes — e continua rodando

Dalmo Hernandes

De carro pela Alemanha: Nuremberg e o tribunal que julgou os nazistas

Leonardo Contesini

Trailers e motorhomes: como surgiram as casas sobre rodas?

Dalmo Hernandes