BMW mostra o novo Série 8, Bruce Dickinson (sim, do Iron Maiden) de Porsche em Interlagos, Mercedes-AMG GT ganha mais uma versão roadster e mais!

Leonardo Contesini 14 maio, 2018 0
BMW mostra o novo Série 8, Bruce Dickinson (sim, do Iron Maiden) de Porsche em Interlagos, Mercedes-AMG GT ganha mais uma versão roadster e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

BMW começa a mostrar o novo Série 8

BMW-8Series-Teaser-01

Quem conhece o atual padrão dos lançamentos de novos carros já sacou que depois de conceitos e uma tonelada de “flagras”, é a hora da fabricante começar a divulgação de teasers com imagens escurecidas, pedaços do carro não-reveladores, ou fotos desfocadas. Pois bem, o novo BMW Série 8 acaba de entrar nesta etapa: aí está o primeiro teaser da versão de produção do modelo de rua.

O teaser foi publicado pela BMW nesta segunda-feira (14) junto da confirmação do lançamento do carro em 15 de junho, antes das 24 Horas de Le Mans, que também terá a volta da fabricante bávara depois de seis anos ausente — a última vez que a BMW disputou as 24 Horas de Le Mans foi em 2011, com o M3 GT2, terminando em terceiro na GTE Pro e 15º na classificação geral. Desta vez o modelo será o M8 GTE, que já disputou a 6 Horas de Spa, na semana retrasada, e chegou em quinto na GTE Pro e 17º lugar geral com Tom Blomqvist e António Félix da Costa dividindo a direção.

BMW-8Series-Teaser-01

Apesar de correr como M8, o novo Série 8 será apresentado na versão M850i xDrive, e deverá usar o atual V8 4.4 biturbo com 530 cv e 76,3 kgfm distribuídos para as quatro rodas pelo câmbio automático de oito marchas e pelo sistema xDrive M, com diferencial traseiro ativo e possibilidade de transferência de 100% do torque para a traseira. O Série 8 também terá suspensão adaptativa com estabilização de rolagem ativa e eixo traseiro esterçante, bem como rodas de 20 polegadas.

Considerando o esquema padrão dos lançamentos, a BMW deverá mostrar mais alguns teasers até o fim do mês e, no início de junho deveremos ver fotos “vazadas” do modelo. Ou alguém espera algo diferente?

 

Mercedes-AMG GT S ganha versão roadster

2019-mercedes-amg-gt-s-roadster2

Enquanto o GT Black Series não chega, a Mercedes-AMG lançou uma nova versão conversível do seu GT: o AMG GT S Roadster, que passa a ser a sexta versão do esportivo alemão oferecida ao público para as ruas e estradas.

Como seu nome sugere, esta é a versão roadster do AMG GT S, que será posicionada entre o AMG GT Roadster e o AMG GT C Roadster, o que significa que ele usa o onipresente V8 4.0 biturbo da AMG em uma configuração de 522 cv e 68,2 kgfm, combinado ao câmbio AMG Speedshift de embreagem dupla e sete marchas.

2019-mercedes-amg-gt-s-roadster1

Como comparação, o AMG GT Roadster básico usa uma versão de 476 cv e 64,1 kgfm, enquanto o AMG GT C tem 557 cv e 69,2 kgfm. Apesar da diferença de 35 cv para o GT C, o S Roadster precisa apenas de 0,1 segundo a mais para chegar aos 100 km/h — são 3,7 segundos para o S Roadster e 3,6 segundos para o GTC. A velocidade máxima também é bem próxima: 309 km/h vs. 315 km/h.

2019-mercedes-amg-gt-s-roadster4

O pacote de equipamentos do GT S Roadster inclui diferencial eletrônico com bloqueio automático, suspensão com amortecedores adaptativos de três estágios e cinco modos de condução com ajuste da direção, transmissão e respostas do acelerador. Os opcionais são os freios de carbono-cerâmica, e o pacote AMG Dynamic Plus, que inclui coxins ativos do motor e do câmbio e um remapeamento do motor para ampliar a faixa de potência máxima nos modos mais esportivos, além do volante revestido de microfibra e detalhes em amarelo no quadro de instrumentos.

Visualmente ele é praticamente idêntico aos irmãos conversíveis, diferenciando-se apelas pelo pacote AMG Chrome, que inclui grade, respiros dos para-lamas, e acabamento do difusor traseiro todos cromados. É possível também comprar o pacote opcional AMG Exterior Carbon-Fiber, que (obviamente) troca os cromados por fibra de carbono, ou o AMG Exterior Night, que troca os cromados por pintura preta brilhante.

2019-mercedes-amg-gt-s-roadster8

Por dentro ele também repete o design dos demais roadsters da linha GT, e inclui os bancos AMG Performance e o sistema de aquecimento Airscarf, que sopra ar quente pelo encosto de cabeça. O acabamento interno também traz o pacote Silver Chrome de série, com opcionais de fibra de carbono ou preto brilhante.

 

Bruce Dickinson acelera na Porsche GT3 Cup em Interlagos

BRUCE (8)

Bruce Dickinson, o vocalista do Iron Maiden, esteve em Interlagos neste último final de semana para demonstrar mais uma de suas habilidades de polímata. Além de piloto de aviões, historiador, roteirista, vocalista, mestre cervejeiro, radialista e esgrimista, o britânico também pilota carros de corrida.

O britânico, que já havia pilotado um Porsche e um kart em outras passagens pelo Brasil, pilotou um dos Porsche 911 GT3 da GT3 Cup por 30 minutos em Interlagos, no intervalo entre as corridas deste final de semana da categoria. O carro foi estilizado com faróis vermelhos, o mascote Eddie e o número 666.

Dickinson veio ao Brasil divulgar sua autobiografia, chegando ao Brasil na manhã do sábado e partindo quase que diretamente para Interlagos. No autódromo recebeu instruções do piloto Dennis Dirani sobre o traçado e logo partiu para seu stint solo de meia hora. O carro usado por Dickinson era o carro reserva da etapa, que acabou usado por Chico Horta, piloto da GT3 Cup 3.8.

 

Mais um adiamento (e novas regras) na novela das placas do Mercosul

Tiposplacasmercosul2016

algumas semanas o Contran suspendeu a implementação das novas placas do Mercosul para editar as novas regras do projeto. Pois agora o mesmo Contran anunciou que a implementação foi adiada novamente, de 1º de setembro para 1º de dezembro deste ano.

Com a mudança do prazo, este é o terceiro adiamento do início da substituição das placas, que serão obrigatórias somente para veículos novos. A resolução anterior previa que os veículos em circulação deveriam fazer a substituição gradual até 2023, mas as novas regras agora os isentam da mudança, a menos que sejam transferidos de propriedade e/ou para outro município. Os proprietários que quiserem fazer a substituição das placas também poderão fazê-la.

O projeto inicial previa a adoção das placas em janeiro de 2016. Antes disso, o projeto foi adiado para janeiro de 2017 e, desde então, estava sem prazo definido para o início da implementação.

Apesar de mencionar a padronização das placas, somente o design visual das placas será padronizado. O esquema de letras e números será definido por cada país, e no Brasil terá obrigatoriamente um número como último caractere graças ao rodízio municipal de São Paulo.

 

Aston Martin apresenta o novo DB11 AMR

amr-signature-edition-db11-amr-3-1525984317

Há exatamente uma semana a Aston Martin acabou revelando em seu site oficial que o DB11 seria o próximo modelo a ganhar uma versão AMR (Aston Martin Racing) — ela acabou publicando acidentalmente um link com o nome do carro e entregou o jogo antes da hora. Pois ao menos não foi um teaser escuro. O carro conseguiu ficar mantido em segredo até hoje, quando a Aston finalmente o apresentou oficialmente.

amr-signature-edition-db11-amr-4-1525984319

Diferentemente do que pensávamos, o DB11 AMR será oferecido em duas versões, uma regular e outra Signature Edition, somente com o motor V12 biturbo de 5,2 litros, em uma configuração de 638 cv. Além disso, a Aston Martin fez uma boa jogada com o modelo V12, que constantemente era comparado ao V8 e acabava recebendo um parecer desfavorável devido à semelhança de desempenho. A marca optou por substituir o DB11 V12 regular por este AMR, tornando o modelo de doze cilindros (a única opção para um gentleman driver, segundo a tradição britânica) mais exclusivo.

Além dos 30 cv extras, o câmbio automático de oito marchas também recebeu um novo mapa e o escape é “sutilmente mais alto”, segundo a Aston Martin — que, infelizmente, não publicou um vídeo com a nova voz do seu V12. Freios e suspensão também foram revisados, mas sem muitos detalhes divulgados. A Aston se limitou a dizer que as mudanças não comprometem a qualidade de rodagem. O resultado é uma melhora de 0,4 segundo na aceleração de zero a 100 km/h em relação ao DB11 regular — 3,9 segundos vs. 3,5 segundos — e 335 km/h de velocidade máxima.

amr-signature-edition-db11-amr-11-1525984319

Serão feitos somente 100 unidades do DB11 AMR Signature Edition, todos pintados de verde “Stirling Green” com a faixa amarelo limão — o mesmo esquema de cores do antigo Vantage GTE de corrida. Os demais DB11 AMR serão mais discretos, com teto preto, acabamento externo escurecido e rodas forjadas de 20 polegadas. O amarelo limão continua no interior, em referência aos carros de corrida da Aston.