A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Chevrolet Onix ganha nova nota no Latin NCAP, nova lei institui plano de segurança no trânsito, Alfa Romeo poderá lançar rival para Porsche 911 e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas (ou não) do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

Chevrolet Onix aumenta nota no Latin NCAP…

Depois de passar 2017 com o estigma de “carro-zero-estrela” (e ainda assim conquistar a liderança do mercado), o Chevrolet Onix voltou a ser submetido aos testes do Latin NCAP e recuperou suas três estrelas.

No último teste, realizado no ano passado, o hatchback da Chevrolet zerou o teste devido ao seu desempenho nos testes de impacto lateral, no qual as portas se abriram e a coluna B acabou projetada para dentro do habitáculo. Agora, a Chevrolet reforçou estas zonas críticas tanto no Onix quanto no Prisma, e submeteu o carro novamente ao teste do Latin NCAP.

Desta vez o desempenho do carro foi semelhante ao do teste anterior no impacto frontal, com estrutura considerada “estável”, embora proteção para o peito do motorista tenha sido considerada “fraca” e dos joelhos “marginal”. Nos testes de impacto lateral as portas se mantiveram fechadas e não houve projeção da coluna para dentro do carro.

Além do reforço estrutural, o Onix também recebeu o sistema ISOFIX para assentos infantis e ganhou um novo cinto de segurança para o motorista. As mudanças foram aplicadas aos carros produzidos de 15/01/2018 em diante.

… e Volkswagen Virtus ganha nota máxima

Outro carro testado nesta nova rodada do Latin NCAP foi o Volkswagen Virtus, também conhecido como “Polo sedã”. Como praticamente todos os Volkswagen submetidos aos testes do Latin NCAP nos últimos anos, o sedã obteve a nota máxima com uma unidade fornecida pela fábrica. Mais adiante, o Latin NCAP deverá refazer o teste com um exemplar comprado em uma concessionária pela própria instituição.

O teste frontal foi feito somente com o Polo, sob a justificativa de que a estrutura é idêntica nos dois modelos (por isso o vídeo mostra o hatchback nos primeiros minutos). O sedã foi submetido somente ao teste de impacto lateral. Em todos os testes o Latin NCAP destacou a proteção para a cabeça e pernas, classificando-as como “boa”, enquanto a proteção para o peito do motorista foi considerada “adequada”.

 

Lei cria plano nacional para reduzir mortes no trânsito

galeria_2012-9-29-02-47-31Acidentes_1

Foto: Oslaim Britto

Quem acompanha o FlatOut de longa data conhece bem nossa visão sobre a segurança no trânsito. Ela vai muito além da discussão de limites de velocidade e aborda também outros fatores que geralmente são ignorados por outros veículos de mídia e pela propaganda governamental. Entre os pontos que criticamos estão a falta de um sistema único de estatísticas de trânsito, de investigação de acidentes e da falta de fiscalização presencial/humana, investimentos em infra-estrutura e melhoria do atendimento — que são os pilares propostos pela ONU em seu programa para a década de redução de acidentes de trânsito no final da década passada.

Como sempre as medidas demoraram quase dez anos para serem discutidas no Brasil — embora tenha sido proposta em 2009, a lei só foi aprovada no início deste mês, a menos de dois anos do prazo final proposto pelas Nações Unidas, e ainda precisará de regulamentações do Contran e criação de sistemas informatizados de acesso público. O projeto chama-se Plano Nacional de Redução de Mortes e Lesões no Trânsito, ou Pnatrans, e pretende reduzir pela metade o número de mortos no trânsito brasileiro em um período de dez anos.

Ainda não ficou claro como o Pnatrans pretende fazer isso. O texto da lei fala em campanhas públicas de informação, esclarecimento, educação e conscientização, divulgação de ações e procedimentos de fiscalização, transparência nas metas estabelecidas.

Haverá metas anuais de redução de acidentes que deverão ser cumpridas por meio da “atuação dos integrantes do Sistema Nacional de Trânsito” (Detrans e órgãos municipais). Considerando que o Contran sequer começou a decidir quais itens de segurança serão obrigatórios nos próximos anos (e quando eles serão implementados), percebe-se uma falta de comunicação das próprias autoridades de trânsito a respeito de seus objetivos.

O lado positivo é que para o cumprimento das metas deverá haver finalmente um sistema unificado que permitirá conhecer precisamente o número de mortes no trânsito, algo que, surpreendentemente, não acontece atualmente, pois os dados do DataSUS divergem dos dados da Seguradora Líder, responsável pelas indenizações do DPVAT.

 

Alfa Romeo pode estar preparando rival para Jaguar F-Type

alfa-romeo-6c-fr-2-620x413

A Alfa Romeo pode estar preparando um novo esportivo que será posicionado acima do 4C e deverá encarar rivais como o Jaguar F-Type, AMG GT e Porsche 911. É o que diz a Pogea Racing, preparadora especializada em Alfa Romeo que diz ter recebido de uma fonte “muito próxima das decisões da diretoria” que o esportivo já recebeu a aprovação para produção.

alfa-romeo-6-c-post-620x413

 

Segundo a Pogea, o carro será baseado na plataforma do Giulia, terá um porte semelhante ao do Jaguar F-Type e usará o V6 biturbo de 2,9 litros e 510 cv usado atualmente no Giulia QV e no Stelvio QV. Aparentemente trata-se do mesmo esportivo que mencionamos em agosto de 2014 aqui mesmo no Zero a 300. Na ocasião a previsão de lançamento era 2017, mas agora estima-se que, caso ele realmente aconteça, sua estreia será em 2020.

 

BMW M2 ganha atualização e chega por R$ 405.000

2017-bmw-m2

A essa altura de 2018 você já deve saber que o BMW M2 ganhou uma atualização muito sutil (muito mesmo) no ano passado. Pois agora ele está sendo lançado no Brasil, custando a partir de R$ 405.000.

As novidades se resumem aos projetores de LED nos faróis e lanternas ligeiramente remodeladas no lado de fora, e novos apliques de fibra de carbono  no painel, saídas de ar e console central no lado de dentro. O motor continua o mesmo 3.0 biturbo de 370 cv e 47,5 kgfm entre 1.400 e 5.560 rpm. O câmbio de embreagem dupla também é o mesmo, com sete marchas e conectado apenas às rodas traseiras.

ec446552-24f7-4348-a09b-532b0105aaae_1365x1024

Os itens tecnológicos também foram atualizados. O sistema iDrive agora tem HD de 20 GB, tela de 8,8 polegadas, conectividade com Apple CarPlay, sistema automático de chamada de emergência e sistema de concierge.

Matérias relacionadas

Rat look espontâneo: este Fusca split window 1953 Zwitter carrega a pátina de décadas a fio

Juliano Barata

Toyota apresenta nova geração do RAV4, Jaguar F-Pace agora tem 550 cv e um V8 supercharged, BMW M5 terá pacote Competition e mais!

Leonardo Contesini

Pare o que estiver fazendo e veja Tom Kristensen domando um Ford Thunderbird de corrida em Goodwood

Dalmo Hernandes