A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Project Cars Project Cars #119

Citroën C4 VTR Turbo: conheça a história do Project Cars #119

Olá, pessoal! Me chamo Mateus Lucas e vim apresentar meu C4 VTR, o Project Car #119 que no momento está desmontado na garagem, aguardando seu turbo!

Primeiro, gostaria de falar um pouco sobre mim, sobre como cheguei até o VTR e como surgiu a ideia de turbiná-lo. Tenho 24 anos, moro em Porto Alegre/RS, estou no fim do curso de Engenharia Elétrica e como a maioria aqui, desde que me conheço por gente gosto de carros. Na verdade nunca fui influenciado por alguém, mas desde pequeno gostava de olhar para os carros na rua e os jogos de corrida sempre me pareceram mais interessantes que os de futebol.

Embora tenha mexido um pouco nos carros do meu pai, minha relação mais próxima com carros começou com um Gol Rallye G4 há seis anos. Até que não era ruim para um motor 1.6 e no fim das contas demorei um pouco para começar a mexer em algumas coisas. Em relação ao motor foram poucas modificações, aspiradinha de leve só para melhorar um pouco, nesse carro foquei um pouco mais no visual. Não vou me alongar muito falando do Gol, vou deixar uma foto de como ele estava pouco antes de vender, com tudo feito em casa e com ajuda de amigos.

foto gol

Anunciei o Gol e em duas semanas ele estava vendido. Nesse meio tempo eu já havia olhado alguns modelos, mas ainda estava em dúvida. A decisão por um modelo PSA veio após um amigo comprar um Xsara VTS 1.8 — que acabou precisando de algumas retíficas de motor. O que me chamou atenção foi a quantidade de equipamentos por um preço bem razoável, e eu sabia de uma coisa, o carro precisava estar impecável para não passar por algo parecido. No começo procurei um 307, mas acabei passando na frente de uma revenda e vi um VTR estacionado. Me apaixonei na hora. Ele já não tinha as ridículas rodas 15” originais do modelo e estava impecável. Acabei fechando negócio no dia seguinte.

Foto título

Logo de cara tinha ficado muito feliz pois o carro era bem mais forte que o antigo Gol e então depois de mexer um pouco na suspensão, o comportamento do carro em curvas e frenagens estava perfeito! Por algum tempo curti o carro assim, fazendo pequenas coisas aos poucos até que comecei a me interessar por trackdays. A partir do momento que decidi participar do primeiro, as modificações passaram a ser apenas para performance. Inicialmente a ideia era melhorar a estabilidade, que já era muito boa, mas as buchas de PU a deixaram ainda melhor. Os freios também são ótimos, apenas coloquei pastilhas mais duras e nunca tive problema com fading, nem mesmo na pista. Lembrando que também desabilitei o controle de estabilidade pra não matar o motor nas curvas.

A partir do primeiro trackday a brincadeira virou vício e já aprendi muito com as idas à pista, mas ainda tenho muito que aprender, o que interessa é que a brincadeira fica cada vez melhor e o carro ficou muito bom na pista, só faltava um pouco mais de potência.

VTR 3

VTR 2

O projeto

Por mais que eu sempre pensasse em mexer no motor, nunca tinha pensado em fazer algo forte com esse carro, tanto que ele estava à venda no início do ano. Na verdade, decidi vender quando descobri que numa cidade próxima havia um C4 VTS por um preço interessante — há cinco unidades do VTS aqui no Brasil, com o mesmo motor de 180 cv do 206 GTI, de 180 cv.

Embora o preço fosse bom, o carro tinha muitos detalhes para resolver, ele foi batido e não estava nem mesmo com os faróis direcionais, além disso, eu não tinha certeza sobre a condição geral do carro. No fim das contas o valor para deixar o VTS na mesma condição do meu VTR seria bem alto, o que me fez pensar em gastar esse dinheiro e ficar com um carro bem mais forte. Chamei dois amigos, paramos o carro e começamos a desmontá-lo!

VTR 4

O objetivo era instalar um turbo básico com investimento pequeno, pelo menos na “Fase 1”. Para o começo não será forjado, isso e a troca das peças atuais vão ficar para a “Fase 2”, no ano que vem provavelmente.

A intenção é conseguir mais de 220 cv no motor. Na primeira fase vou andar apenas com 0,6 bar de pressão usando uma turbina da Master Power, que eventualmente vai ceder seu lugar para uma roletada mais adiante. Para decidir o que fazer com suspensão e freios, vou esperar o carro estar pronto e ver o comportamento com a nova potência. No momento, estou bem satisfeito com o desempenho nesses quesitos, mas já andei pensando em barras estabilizadoras melhores, vamos ver o que acontece.

A principal dificuldade até o momento foi em relação ao coletor de escape, não existe um modelo pronto e o espaço disponível é muito apertado, perdemos um bom tempo tentando acertar a posição da turbina e da válvula wastegate. Enfim conseguimos fazer com que a turbina coubesse no espaço disponível e então mandei fabricar o coletor. Além disso, sabemos que a instalação da injeção programável pode render alguns problemas, pois o módulo original vai continuar gerenciando o resto do carro para poder manter características como controle de tração e estabilidade — afinal o carro vai andar mais na rua do que na pista.

VTR 5

O gerenciamento do motor vai ser feito inicialmente com uma Pandoo Power Inject que está parcialmente instalada, esperando a montagem para finalizarmos. A alimentação será feita com uma bomba externa e bicos com 80 lbs de vazão. Intercooler e coletor de admissão ficam para a Fase 2. Como vou usar pouca pressão o original não deve incomodar. Vou usar o mesmo escape que usava antes com 2,5 polegadas e abafador de inox.

VTR 6

Por enquanto é isso aí! Falei um pouco sobre o projeto e agora vamos esperar e ver como o carro vai ficar. Certamente no próximo post terei boas novidades. Até lá!

Por Mateus Bordin Lucas, Project Cars #119

0pcdisclaimer2

Matérias relacionadas

Project Cars #112: a estreia do Monza S/R de Sherman Vito nas pistas e uma mudança de planos na preparação

Leonardo Contesini

Project Cars #319: começa a restauração do meu Jeep CJ-5 1958!

Leonardo Contesini

Ford Escort RS Turbo: começa a preparação do Project Cars #304

Leonardo Contesini