A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Clarkson, Hammond e May anunciam novo programa, Corvette Callaway Z06 tem 780 cv, os novos detalhes do BMW M2 e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

Clarkson, Hammond e May terão programa no Amazon Prime

amazonclarkson

Foi pelo Twitter que Jeremy Clarkson deu fim às especulações sobre seu novo programa com os apresentadores James May, vulgo Captain Slow, e Richard Hammond, o Hamster. O novo Top Gear, não com o mesmo nome, mas com a mesma essência do anterior, será veiculado pelo serviço Amazon Prime, um concorrente do Netflix. Pô, Netflix, como você deixou o trio escapar? E o House of Cars, como fica?

As filmagens devem começar mais para o final deste ano e os episódios devem estrear em 2016. Ele será uma exclusividade do Amazon Video, parte do serviço Amazon Prime, que custa 79 libras esterlinas por ano no Reino Unido. Ao câmbio de hoje, isso dá pouco mais de R$ 400. Como a Amazon deve estrear em breve seu serviço 4K, de ultra alta definição, podemos esperar por produções cinematográficas.

Para dar uma ideia do que isso representa, Clarkson disse que saiu de um biplano e entrou em uma nave espacial. Se você ainda tem na memória a qualidade dos programas do Top Gear na BBC, não pode ter uma expectativa inferior a algo pelo menos épico. Inclusive porque Andy Wilman, produtor do antigo Top Gear e cérebro da parada, também está na empreitada.

CKpsApcWUAQvyjM.jpg-large

Além da qualidade de produção, da liberdade criativa e da grana que o acordo devem ter rendido, o serviço de vídeos da Amazon tinha uma vantagem competitiva gigantesca: o fato de não estar previsto no contrato que impedia Clarkson de fazer outro programa, em redes de TV concorrentes, por pelo menos dois anos depois de sua saída da BBC.

Para decepção dos fãs brasileiros, o serviço Amazon Prime ainda não está disponível por aqui. Resta a torcida para que ele seja oferecido até o final deste ano.

 

Callaway cria sua versão do Corvette Z06

2015-callaway-corvette-z06-package-priced-at-16995_3

O HellCat não está apenas dobrando sua produção na FCA. Está também fazendo um estrago daqueles na concorrência. Tanto que o Chevrolet Corvette Z06 comum tem “apenas” 659 cv, contra os 717 cv do concorrente. Quem vai se aproveitar disso são as preparadoras, como a Callaway, que anunciou sua própria versão do Z06. Com um compressor mecânico de maior capacidade.

2015-callaway-corvette-z06-package-priced-at-16995_2

Em vez de 1.740 cm³ de deslocamento do original, o da Callaway tem 2.300 cm³. Isso representa 778 cv a 6.200 rpm e um torque de 107,4 mkgf a 4.500 rpm. Tudo por US$ 17.000 a mais do que os US$ 79.995 que a Chevrolet cobra nos EUA por um Z06 novinho. E com garantia de fábrica da Callaway.

 

BMW M2 chega em março do ano que vem, mas já temos a lista de equipamentos!

bmw-m2

O M2 ainda deve demorar alguns meses para chegar. Previsto para aparecer oficialmente apenas no Salão de Genebra, em março do ano que vem, ele promete ser o que o M3 já foi um dia: um esportivo de respeito, mas leve e usável no dia a dia. O flagrante dele rodando por Nürburgring, de maio deste ano, prova a parte do esportivo. A do dia a dia veio com a ajuda do pessoal do fórum 2addicts.com, que já conseguiu a lista de itens de série do modelo.

Equipado com o 3.0 de seis cilindros N55, que produz cerca de 370 cv com a ajuda de um turbocompressor de fluxo duplo, ele terá transmissão manual de seis marchas de série, com a opção de uma caixa M-DCT, automatizada de dupla embreagem, de sete marchas como opcional. Só quatro cores serão oferecidas: Black Sapphire (preto), Alpine White (branco), Long Beach Blue (azul) e Mineral Grey (cinza).

O interior será em couro preto com costura azul, e essa é a única opção. As rodas serão de aro 19, com acabamento preto, e o sistema Navigation Pro será de série, assim como peças de fibra de carbono, sensor de ré traseiro.

Os opcionais serão câmera de ré, bancos aquecidos, internet, sistema de som Haman Kardon, faróis adaptativos, janelas traseiras escurecidas e extensão de garantia para cinco anos. Isso nos EUA. No Brasil, a lista de opções deve ser bem menor, inversamente proporcional ao preço. Mas já estaremos satisfeitos de vê-lo por aqui.

 

Audi R8 turbo não chegará tão cedo

FlatOut 2015-07-30 às 11.06.25

Lembra quando a Audi anunciou que haveria um R8 cinco-cilindros turbo ainda nesta geração? A Audi voltou a falar do modelo, mas desta vez para dizer que ele não será lançado “em um futuro próximo”.

Segundo o chefe de desenvolvimento de motores V6, V8 e V10 da Audi, Jurgen Koningstedt, em entrevista ao site CarAdvice, o potencial de desempenho do V10 é suficiente para o momento, e por isso eles não pretendem lançar um R8 turbo por enquanto. Ele ainda afirmou que o V10 não precisa da potência extra garantida pelo turbo, e também acha que carros aspirados são mais emocionantes por causa do ronco, respostas do acelerador e da sensação de ser girado ao limite de rotações.

Contudo, a afirmação de Jurgen só reforça as suspeitas de que o motor turbo será lançado nos últimos anos do ciclo atual do R8, que iniciou neste ano. Apesar da desconversa, sabemos que a Audi vem testando o R8 turbo desde o ano passado (veja o vídeo neste post), possivelmente com uma versão mais radical do motor 2.5 de cinco cilindros adotado nos conceitos Clubsport, com potência próxima aos 500 cv, embora exista a possibilidade de que o R8 adote o novo V6 que será desenvolvido para a nova geração do RS4.

 

Lamborghini mostrará novo modelo especial em Pebble Beach

MO15_r163_016_white

O Reventón (acima) e o Veneno estão prestes a ganhar mais um irmão, segundo a revista Motortrend. A Lamborghini já convidou seus clientes mais especiais para conhecer sua nova criação em série limitada. A estreia será no evento de carros antigos mais importante do mundo, o Concours D’Elegance de Pebble Beach, que começa em 16 de agosto.

Não se sabe ainda o nome nem as especificações do novo carro. Só que ele será baseado no Aventador SV 750-4, o que lhe dará um motor de pelo menos 750 cv, mas já se fala em uma potência de 800 cv para o novo modelo. Ele também estará mais para Veneno do que para Reventón, o que equivale a dizer que ele será mais modificado, leve e exclusivo do que o carro em que se baseia.

Como o Veneno custava US$ 4,5 milhões, já dá para ter uma base de quanto o novo super Lambo deve valer. Aliás, a quanto será inicialmente vendido, já que um carro destes acaba virando investimento: você nunca o vende mais barato do que o quanto pagou na boca do caixa.

 

Ford Focus tem preço revelado acidentalmente

focus-rs

A Ford já revelou praticamente tudo o que precisávamos saber sobre o Focus RS. Foi uma divulgação por conta-gotas, mas está tudo revelado. Melhor dizendo, quase tudo. Já sabemos potência, motor, câmbio, já conhecemos o visual, e já vimos até o modo drift em ação. Falta só saber quanto ele vai custar.

focus_rs_msrp-1024x768

Faltava, pois o pessoal do site Horsepowerkings descobriu que o hot hatch de 350 cv custará entre US$ 35.730 e US$ 41.608. O preço foi colocado acidentalmente no configurador da Ford americana, mas já foi retirado. Com a alta do dólar e as atuais alíquotas dos impostos, um Focus RS básico, com transporte incluído, não chegaria ao Brasil de forma independente por menos de R$ 320.000 — são R$ 100.000 apenas de IPI, que pode ter sua cobrança derrubada judicialmente, como muitos importadores independentes têm conseguido. Ainda assim, seriam mais de R$ 200.000 reais pelo hot hatch.

Matérias relacionadas

McLaren nega sucessor para o F1, novas informações do Corvette de motor central-traseiro, novo Supra pode ter V6 biturbo e mais!

Leonardo Contesini

Um Honda Civic Si com peças Mugen, um Chevette 1982 com 34.000 km rodados, um belo cupê italiano e mais no GT40

Dalmo Hernandes

Porsche 911 terá versão Speedster, BMW voltará a usar o nome CSL em seus esportivos, McLaren estuda voltar a Le Mans e mais!

Leonardo Contesini