A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Project Cars

Conte a evolução do seu projeto no FlatOut – última chamada!

Foi uma verdadeira insanidade: recebemos nada menos que 743 comentários no primeiro post convocando vocês a contar a evolução de seus projetos no FlatOut – em pleno 24 de dezembro! Unfuckinbelievable. Por outro lado, sabemos de muita gente que estava viajando ou que ficou sabendo desta nossa iniciativa um pouco tarde demais, quando os comentários daquele post já tinham sido desativados. Bem, esta é a chance para quem ainda não se inscreveu!

Atenção: quem já inscreveu o seu carro no post anterior não poderá repetir a inscrição neste post. Nos ajude a manter a coisa organizada, por favor.

Uma breve explicação para quem não sabe do que se trata: nós vamos abrir um espaço para que você possa escrever diretamente para o FlatOut, contando em vários textos a evolução de cada passo do seu projeto automotivo – seja a restauração de um carro antigo, a preparação de um moderno, histórias e viagens com o carro, chegada de peças, dores de cabeça, qualquer coisa que transborde DNA gearhead.

A coisa vai funcionar de forma simples: os participantes selecionados escreverão um texto por mês (sempre acompanhado de fotos detalhadas, que podem ser feitas com celular) e nos enviarão por e-mail. A ideia inicial era de criarmos usuários WordPress para vocês mesmos produzirem diretamente os textos em nossa ferramenta, mas decidimos expandir as vagas para 30 (ou mais) participantes – e isso nos obriga a usar um formato mais tradicional de colaboração.

911disa

Com essa iniciativa, o FlatOut terá um envolvimento com a comunidade de car lovers num grau nunca antes visto em um veículo de grande porte. Se tudo der certo, será algo muito especial. Acreditamos que pessoas envolvidas profundamente com o seu carro normalmente acabam se tornando especialistas dentro daquele universo – ou seja, todos nós colheremos frutos de suas histórias e experiências, e muitos curiosos e sonhadores saberão como é viver estes automóveis e terão muitas dúvidas respondidas.

Para ajudar os colaboradores, teremos um guia de assuntos, que também orientará sobre como montar um texto de forma bacana e que não seja cansativa.

 

Que tipos de projetos nos interessam

Carros modernos / originais: precisam ser icônicos, preferencialmente esportivos. Se for um Gol, por exemplo, precisa ser algo como um GTS ou GTi. Se for um Civic, precisa ser algo como um VTi ou um coupé EJ1, Del Sol, etc. Raridades e exclusivos no País são muito bem-vindos. Marcas passionais, como Alfa Romeo, também.

Carros modernos / preparados: aqui o leque abre virtualmente para quase todo tipo de carro preparado. Vale de um Passat Pointer turbinado a um Mustang moderno com compressor. A regra aqui é o projeto não estar finalizado, senão não tem graça alguma para os leitores – vira só um “show my ride”, uma auto massagem de ego, e não queremos isso nesta iniciativa. Quanto mais ousado o projeto, maior será a receptividade dos leitores – projetos com swap são muito bem-vindos.

Carros antigos / originais: da mesma forma, carros originais precisam ser icônicos – Maverick, Fusca, Corvette, Jaguar, Vemaguet, Renault 4L, Mini Cooper, etc. Mas há exceções: se você tem histórias muito, muito interessantes pra contar, ou se você está entrando em um projeto de restauração completa, o que muito interessaria aos nossos leitores.

Carros antigos / preparados: novamente, o leque abre bastante. Um Fusca da década de 1980 não seria interessante para nós, mas isso muda se o seu projeto é fazer dele um canhão. Mas a receita não precisa ser extrema: pense que legal seria para os leitores ver a evolução de um Chevette tubarão ou de um Opala com preparação leve.

Carros de corrida (circuito ou arrancada): está fazendo um carro de corrida? Pode ser muito interessante para nós também!

 

As regras do jogo

  • O projeto (no caso de restaurações ou modificações) não pode estar finalizado, senão não tem graça alguma para os leitores – vira só um “show my ride”. O projeto precisa estar no início, ou no máximo, no meio do caminho
  • Se você for eleito, deve escrever regularmente: não dá pra postar a cada dois ou três meses, ou os leitores vão esquecer que você existe.
  • Você deve tirar fotos para ilustrar as postagens. Sim, pode ser de celular, não precisa convidar o Duran
  • Você precisa ter alguma base de conhecimento técnico. Em resumo: saber do que está falando. Não precisa ser um engenheiro da Nasa, mas se você começar a falar muita besteira, infelizmente seu convite será garfado no meio do caminho
  • Nós vamos ajudar você a formatar o texto, vamos dar uma pilha de sugestões de assuntos que você poderá escrever a respeito – fique tranquilo: estaremos lá contigo
  • Sobre o que você vai falar? Bem, você vai poder se apresentar, falar sobre sua relação com a marca e o carro, contar a história da compra, dar dicas de como comprar um carro igual ao seu, de como fazer a manutenção, onde comprar peças, compartilhar histórias de chegada de componentes, viagens, eventos e passeios, contar sobre coisas pontuais (exemplo: troca de painel, de lanternas, etc), tudo isso e muito mais
  • Você é dono de uma preparadora ou de uma oficina de restauração? Sinta-se convidado também – no fim de cada post, você inclusive poderá colocar seus contatos. Mas não faça das matérias um panfleto da sua empresa – o foco é 100%  nos automóveis. Cem por cento. Se você começar a fazer das matérias um pano de fundo para propaganda para mostrar como seu serviço e estrutura são fodásticos, seu convite também será garfado. É um espaço para car lovers, não para marketeiros

 

Como se candidatar?

Na área dos comentários. Poste uma foto do seu carro e conte um resumo do que é o projeto, ou fale sobre o automóvel (no caso de um original). Os leitores podem votar e comentar para nos ajudar, mas nossa escolha será totalmente arbitrária: escolheremos aquilo que julgamos ser mais bacana para o FlatOut, levando em consideração o que vocês mesmos levarão como experiências para absorver. Nós também estamos elencando carros de conhecidos nossos. Não mande seu projeto “por fora”, seja por e-mail ou pelo sistemas de mensagens da fanpage. Só vale o que for postado na área de comentários, tudo bem?

 

Atenção: quem já inscreveu o seu carro no post anterior não poderá repetir a inscrição neste post. Nos ajude a manter a coisa organizada, por favor.

Matérias relacionadas

Project Cars #257: a história do meu Fiat Palio 1.4 turbo

Leonardo Contesini

Project Cars #130: um desfile e um problemão com o combustível do meu Alfa Romeo 2300 V8

Leonardo Contesini

Project Cars: última chamada para os atrasados!

Juliano Barata