FlatOut!
Image default
Project Cars Project Cars #182

Hora de forjar o motor do meu Honda Civic VTi, o Project Cars #182

Tudo certo, pessoal? Depois de algum tempo aqui vai a segunda parte do meu Project Cars. Como eu já havia dito no post anterior nesta segunda parte vou demonstrar o que foi feito no motor.

Pois bem, há longos dois anos comecei a desmontagem total do motor com o propósito de arrumar e dar um talento. Nada muito exagerado na época; apenas a troca do kit de juntas e algumas coisinhas que, com certeza, eu iria achar no meio do caminho.

FlatOut 2015-05-11 às 14.35.09

E então veio a bomba: uma biela muito torta e alguns pistões com canaleta quebrada, fora o bloco empenado. A coisa realmente ficou séria. Como eu tenho um grande defeito, que acaba sendo uma qualidade, quando pego uma coisa pra fazer, tenho que fazer tudo e bem feito.

Pois bem, senhores: aqui começa a minha jornada! Vamos forjar essa p***!

Desmontei o motor inteiro na garagem de casa com ajuda de uns amigos e guardei todas as peças no meu quarto mesmo! E se vocês estão se perguntando, fiz em casa, mesmo! Foi meu primeiro erro. Não que eu não soubesse montar — sou mecânico desde os 16 anos, mas não se pode chegar de peito aberto num PC desses sem nunca ter preparado um motor. Falar e dar palpite todo mundo dá, o problema é montar certo e fazer andar.

FlatOut 2015-05-11 às 14.35.30 FlatOut 2015-05-11 às 14.35.22

Pois bem… fiz essa besteira e nem vale a pena eu ficar escrevendo todo o procedimento, senhores. Vou direto ao ponto: conheci um preparador aqui na cidade que era a pessoa certa pra mexer no meu Civic — era difícil achar um preparador que realmente conhecesse o funcionamento certo desse motor. Levei meu carro para começar a remontagem do motor do jeito que deve ser feito. A seguir a lista do que foi feito:

 

Bloco

FlatOut 2015-05-11 às 14.35.52FlatOut 2015-05-11 às 14.35.58 FlatOut 2015-05-11 às 14.36.05

  • Pistões forjados Wiseco STD 800 WHP
  • Bielas forjadas Eagle 1000 WHP
  • Block guard Supertech (reforço das camisas)
  • Block girdle (reforço dos mancais)
  • Prisioneiros de cabeçote, mancais, volante e embreagem ARP
  • Virabrequim 0,25 nitratado e balanceado
  • Bomba d’água Gates com maior vazão

 

Cabeçote

FlatOut 2015-05-11 às 14.36.31

  • Guia e retentores de válvulas Supertech (guias de bronze)
  • Trabalho de dutos port and polish
  • Coletor de admissão Edelbrock JG + TBI de alumínio 70 mm
  • Coletor de escape horn ram de inox
  • Polias do comando reguláveis HKS

 

Injeção

  • Injeção Hipercontrol
  • Válvulas injetoras Siemens Deca
  • Wire tuck no cofre
  • Ignição MSD Blaster 2
  • Distribuidor substituído por sensor hall
  • Velas NGK Platium Grau 6
  • Kit de ignição com cabos, tampa do distribuidor e rotor MSD.

 

Suspensão

  • Kit de buchas em PU da Energy
  • Amortecedores retrabalhados
  • Kit câmber traseiro

FlatOut 2015-05-11 às 14.36.52

Tenho a intenção de continuar a arrumar mais coisas no carro, dar um upgrade nos freios, mesmo os originais sendo muito bons! Só que isso envolve tbm um jogo novo de rodas pois tenho quero um jogo de pinças maiores e nunca vou colocar um jogo de rodas de maior polegadas sendo réplicas ou similares, basta isso pra eu ferrar meu diferencial. Outra coisa que irei fazer é dar um trato na lataria e pitar o carro de novo de preto tipo “Black Piano”.

FlatOut 2015-05-11 às 14.37.02

Mas isso é papo para os próximos posts. Por enquanto é hora de acelerar. Espero que tenham gostado até agora. Até mais!

Por Paulo Henrique, Project Cars #182

0pcdisclaimer2

Matérias relacionadas

Um legítimo Citroën C4 VTS no Brasil – a história do Project Cars #165

Leonardo Contesini

Project Cars #206: a história do Santana Sport 2000i 1993 de Leandro Amorim

Leonardo Contesini

Uma surpresa na construção do Escort Mk4 de corrida

Leonardo Contesini