A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Lançamentos Notícias

Hyundai RN30: 2.0 turbo de 380 cv, câmbio de dupla embreagem e tração integral

Se você ainda duvidava que a Hyundai fosse levar a sério sua futura divisão N, que será o departamento responsável por seus modelos de alta performance (algo como a divisão M é para a BMW), não precisa mais fazê-lo. Se o conceito RN30 for alguma indicação, os coreanos não estão brincado em serviço.

O carro, que serve como prévia do novo hot hatch baseado no i30, é bem mais interessante do que qualquer coisa que esperaríamos da Hyundai. A fabricante não deu mais detalhes do motor, dizendo apenas que é um quatro-cilindros turbo de dois litros com 380 cv e 46 mkgf de torque.

hyundai_rn30_concept_7

O motor é acoplado a uma caixa de dupla embreagem (que não teve a quantidade de marchas revelada) que leva a força do motor para as quatro rodas. O diferencial traseiro é eletrônico, com vetorização de torque.

O RN30 tem um sistema de escapamento variável eletrônico que pode deixar o carro mais barulhento ou mais silencioso. Naturalmente, a Hyundai tem uma descrição bem mais pomposa para o sistema:

O sistema de escape variável proporciona uma onda de prazer auditivo consistente com as sensações viscerais produzidas pela aceleração rápida. O Hyundai RN30 tem o ronco mais bonito… DO MUNDO!

OK, a gente inventou esta última parte, mas temos certeza de que você não notaria se não disséssemos.

hyundai_rn30_concept_18

Visualmente, o conceito pega as linhas sóbrias e “alemãs” da nova geração do i30 (revelada recentemente, aliás) e aplica uma boa dose de aparatos aerodinâmicos; um esquema de pintura especial para o Salão de Paris, em azul com detalhes em vermelho; rodas de cubo rápido; kit widebody e máscaras nos faróis e lanternas. O que realmente chama a atenção, porém, são as portas “borboleta”, com dobradiças nas colunas A, e a enorme asa traseira.

Por dentro, a atmosfera é de um carro de corrida do futuro, misturando elementos conceituais com componentes de competição, como bancos do tipo concha, cintos de cinco pontos Sabelt, os comandos do painel e os instrumentos digitais.

hyundai_rn30_concept_3

O peso do carro foi aliviado, mas a fabricante diz que dispensou o uso de fibra de carbono (provavelmente por questão de custos) e empregou “materiais plásticos de alto desempenho”. Não soa muito bem, mas é fácil esquecer disso quando vemos os para-lamas alargados em 30 centímetros e a postura ameaçadora do conceito, que também tem centro de gravidade mais baixo e, com isto, estabilidade melhorada.

É claro que não veremos tanta ousadia no futuro i30N. A versão de produção já está prevista para o ano que vem, e deverá ter a potência do motor 2.0 turbo reduzida para algo em torno de 300 cv – potência que se equipara à de seus rivais declarados, como o Honda Civic Type R, o Golf R e o Ford Focus RS. O uso da caixa de dupla embreagem no conceito sugere que, além do câmbio manual de seis marchas, uma transmissão com borboletas atrás do volante também será oferecida como opcional.

hyundai_rn30_concept_21 hyundai_rn30_concept_9 hyundai_rn30_concept_22 hyundai_rn30_concept_20 hyundai_rn30_concept_18 hyundai_rn30_concept_17 hyundai_rn30_concept_16 hyundai_rn30_concept_14 hyundai_rn30_concept_12 hyundai_rn30_concept_11 hyundai_rn30_concept_10 hyundai_rn30_concept_8 hyundai_rn30_concept_6 hyundai_rn30_concept_5 hyundai_rn30_concept_4 hyundai_rn30_concept_1 hyundai_rn30_concept hyundai_rn30_concept_15_1 1MDH14580 1MDH14584 1MDH14585 1MDH14607

 

Matérias relacionadas

Honda Civic Type R 2015: o que esperar da próxima geração do hot hatch

Leonardo Contesini

EcoSport ganha cara nova, novo interior e perde estepe na traseira nos EUA

Leonardo Contesini

Adeus, Defender: Land Rover se despede de seu icônico utilitário com três séries limitadas

Dalmo Hernandes