A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Ken Block agora tem um Escort RS Cosworth, confirmado o spinoff de “Velozes e Furiosos”, Lamborghini de quatro lugares chega em 2021 e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

O novo carro de Ken Block é um Escort RS Cosworth de rali

ken-block_ford-escort-rs-cosworth-5

Depois de trocar seus carros modernos da Ford por Mustang old-school, Ken Block parece ter curtido a ideia de usar clássicos da marca. Desta vez ele anunciou que seu novo carro é um Escort RS Cosworth 1993 exatamente como o modelo que disputou o Grupo A do WRC no início dos anos 1990, exceto por uma atualização: o motor preparado de acordo com o regulamento de 1997.

ken-block_ford-escort-rs-cosworth-9

 

Ainda é o lendário Cossie YB turbo, porém com 400 cv e 55,9 kgfm e agora combinado a um câmbio sequencial de sete marchas. O visual também foi levemente modificado com rodas Fifteen52 e uma saída de escape lateral no lado direito do carro. O carro será usado em eventos de rali a partir de 2018, onde será alternado com seu Fiesta R5, e também em eventos Gymkhana nos EUA e na Europa.

 

Lamborghini irá lançar seu sedã de quatro portas em 2021

2008lamborghini_estoque_03-1

A novela do sedã de quatro portas da Lamborghini volta a ganhar mais um capítulo. Desta vez, os britânicos da Autocar, que não costumam errar suas apurações, disseram que a marca está trabalhando em um quarto modelo, que será lançado em 2021 e se juntará ao Aventador, ao Huracán e ao SUV Urus, que será apresentado neste fim de ano.

Segundo a Autocar, a Lamborghini se beneficiará das plataformas compartilhadas do Grupo VW para tornar seus carros lucrativos mesmo com o volume baixo de produção — algo que normalmente não permitiria a economia de escala. O sedã de quatro lugares/quatro portas poderá ser baseado na arquitetura MSB, que estreou na atual geração do Porsche Panamera e também foi usada pelo novo Bentley Continental GT.

1972-Lamborghini_Espada

A Lamborghini ainda mencionou que seus futuros modelos precisam estar de acordo com seu legado histórico e que “foi por isso que a marca olhou para o LM002 ao decidir criar o Urus”. O que nos leva a uma questão pertinente: a Lambo nunca teve um sedã de quatro portas, mas já teve um GT de quatro lugares, que é o clássico Espada. Diante disso, será que o tal modelo será mesmo um sedã de quatro portas, ou será algo na direção da Ferrari GTC4Lusso, com duas portas, porém espaço para quatro ocupantes adultos e sua bagagem?

Além disso, a Lamborghini ainda poderá desenvolver uma nova arquitetura própria para seus futuros supercarros, que poderá ser usada para os sucessores do Huracán, do Aventador e de um terceiro supercarro posicionado acima do Aventador, que está sendo chamado internamente na Lambo de “novo Miura”, segundo a Autocar.

 

Velozes e Furiosos 9 foi adiado devido ao novo spin-off de Dwayne Johnson e Jason Statham

landscape-1492800583-gallery-1492597790-js-fast-8-620x310

Há alguns dias vimos que o lançamento de “Velozes e Furiosos 9” foi adiado para 2020, um ano à frente do que inicialmente previsto. Na ocasião não houve nenhuma explicação para a mudança na data, porém o site Hollywood Reporter descobriu que o motivo pode ser o lançamento do spin-off da franquia, que será estrelado por Dwayne Johnson e Jason Statham.

O spin-off não é novidade: Vin Diesel já havia mencionado a possibilidade de haver derivações da trama no final de 2015. Em abril o spin-off voltou a ser notícia, desta vez já mencionando os protagonistas. Aparentemente os produtores viram que Johnson e Statham têm um bom entrosamento em cena e decidiram explorar ainda mais a lucrativa franquia. A presidente da Universal Pictures, Donna Langley, confirmou ao Hollywood Reporter que há um spinoff em curso, porém não entrou em detalhes.

O que se sabe até agora é que o filme terá a dupla testosterônica em uma trama típica de buddy cops, na qual Luke Hobbs e Deckard Shaw se veem obrigados a trabalhar juntos para resolver algum problema explosivo passando por brigas, lutas, tiroteios e perseguições, alguns reveses para, no fim, claro, salvarem o dia. Como o roteirista será o mesmo de “Velozes e Furiosos 4” em diante (Chris Morgan), não espere que os carros sejam o centro da trama.

A estreia está prevista para 26 de julho de 2019.

 

Peugeot apresenta seu novo modelo Vision Gran Turismo

peugeot-l750-r-hybrid-vision-gran-turismo

A Peugeot revelou nesta segunda-feira (9) mais um modelo que estará em Gran Turismo Sport, que será lançado no próximo dia 17 de outubro. Trata-se do L750 R Hybrid, um protótipo conceitual futurista, baseado no L500 R Hybrid de 2016, que fazia parte de Gran Turismo 6.

O novo modelo usa a mesma carroceria esguia do antecessor, o que significa que ele também é um monoposto baseado em um monocoque de fibra de carbono (tudo virtual, claro), porém 175 kg mais leve que o L500 R. Além disso, ele também é mais potente: seu powertrain usa um motor a gasolina com limite de 10.000 rpm e 580 cv e é auxiliado por um motor elétrico de 170 cv, o que totaliza 750 cv. A moderação da potência é feita por um câmbio sequencial de sete marchas instalado sobre as rodas traseiras. O carro vai de zero a 100 km/h em 2,4 segundos, somente 0,1 s a menos que o L 500 R.

 

Lewis Hamilton quebra recorde de Felipe Massa em Suzuka

Lews Hamilton venceu o GP do Japão neste final de semana, e ficou ainda mais perto do título de pilotos deste ano. Largou da pole position e se manteve na dianteira enquanto Vettel se estrepava e acabava mais distante do pentacampeonato. A vitória de Hamilton acabou deixando de lado uma outra realização tão impressionante quanto sua vitória: o inglês quebrou o recorde de volta em Suzuka.

Durante a classificação para o GP de domingo, Hamilton conquistou a pole position com uma volta de 1:27,319, superando o recorde estabelecido por Felipe Massa em 2006, de 1:29,599. A diferença de quase 2,3 segundos foi obtida principalmente à downforce dos carros atuais em setores mais travados, além é claro do maior torque nas saídas de curva e da potência próxima dos 1.000 cv e significativamente superior que os estimados 750 cv dos modelos V8 aspirados de 2006.

 

Matérias relacionadas

Quais são as formas mais baratas (ou menos caras) de se chegar aos 400 km/h – sem precisar de um supercarro?

Dalmo Hernandes

Explore o incrível (e eficiente) sistema de transporte do Império Romano

Leonardo Contesini

FCA inaugura centro de crash tests em Betim, BMW M2 CS em desenvolvimento, M850i no Brasil, novo GLC43 AMG e mais!