A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Novo Honda Fit aparece em catálogo, Alemanha rejeita limite de velocidade nacional, FIVA rejeita clássicos eletrificados e mais!

Bom dia, caros leitores! Bem-vindos ao Zero a 300, a nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo. Assim, você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere conosco.

O Zero a 300 é um oferecimento do Autoline, o site de compra e venda de veículos do Bradesco Financiamentos. Nesta parceria, o FlatOut também apresentará avaliações de diversos carros no canal de YouTube do Autoline – então, clique aqui e se inscreva agora mesmo (e não esqueça de ativar o sininho)!

 

Novo Honda Fit vaza em imagens de catálogo

Faltam três dias para o lançamento do novo Honda Fit no Salão de Tóquio, mas agora já sabemos como ele vai ser: como de costume, vazaram algumas imagens antes da hora, em um catálogo para o público japonês, publicado no site Creative Trend.

O que se vê é um carro não muito diferente das renderizações e projeções que foram divulgadas até agora. Nota-se linhas mais suaves e limpas, na contramão do design agressivo da geração anterior. Os faróis são triangulares, com contorno mais suave, e a silhueta do carro traz de volta o perfil de “minivan” das gerações anteriores.

As fotos também revelam o interior, ainda que em imagens pequenas e de resolução baixa. Pelo que se pode ver, o design do lado de dentro adota uma linha mais minimalista e horizontal, como é tendência no momento, com certa inspiração no Honda E.

Um detalhe interessante é que uma das imagens mostra uma versão chamada Crosstar, com apelo off-road – note os apliques em preto na carroceria e o rack no teto. No Brasil já temos o Honda WR-V como “SUV do Fit”, então não fica claro se a próxima geração, que deve ser apresentada no Salão do Automóvel de 2020 para chegar as lojas em 2021, trará a versão Crosstar ou se o WR-V continuará sendo vendido. (DH)

 

Parlamento alemão rejeita proposta de limitar velocidade nas Autobahnen

Diferentemente do que muitos pensam, as Autobahnen alemãs têm limites de velocidade. Eles variam entre 80 e 130 km/h, porém alguns trechos não têm nenhum limite legal, apenas a recomendação de se viajar a 160 km/h. Mesmo assim, o Partido Verde da Alemanha propôs que estes trechos passassem a ser limitados também em 130 km/h, alegando a redução de emissões.

O projeto foi ao plenário do Bundestag, a câmara dos deputados da Alemanha, e foi massacrado por uma maioria de 498 votos contrários à sua aprovação. Somente quatro deputados foram contrários e 129 se abstiveram de votar a proposta.

O representante do partido verde, Cem Özdemir, declarou que os votos favoráveis “defendem uma política de transportes de ‘anteontem'”, enquanto o ministro dos Transportes, Andreas Scheuer, é um forte opositor dos limites de velocidade, tendo declarado que a imposição de um limite geral nas autobahnen “desafia o senso comum”. (LC)

 

Porsche 992 Turbo aparece em vídeo e sem disfarces

A nova geração do Porsche 992 vem sendo lançada aos poucos, primeiro com os modelos Carrera S e 4S, depois pelo Carrera. Em seguida devemos ver as versões Turbo/Turbo S e, mais adiante os GTS. Ao menos é o que parece, já que a Porsche anda bem ativa com os protótipos do 992 Turbo nas estradas e em Nürburgring.

O modelo já havia sido flagrado diversas vezes, e agora apareceu novamente sem esconder muita coisa e acelerando forte em Nürbugring. O que podemos ver é que ele terá um spoiler traseiro discreto, talvez o mais discreto da história do 911 Turbo, porém continuará ativo — no vídeo ele aparece estendido, praticamente na altura do para-brisa traseiro.

O ronco não diz muito porque a captura parece ter sido feita com microfone embutido da câmera e há o eco causado pelo relevo e pela área aberta do circuito. O 992 Turbo deve ser apresentado no início de novembro, durante o Salão de Los Angeles, mas não seria surpresa se a Porsche aguardasse até março de 2020, para apresentá-lo em Genebra. (LC)

 

Federação Internacional de Veículos Antigos não aprova conversões de carros antigos em modelos elétricos

A Fédération Internationale des Véhicules Anciens (FIVA), associação francesa que é a maior federação de carros antigos do mundo, declarou em uma nota que não reconhece carros antigos que recebem swap para motor elétrico. Essa declaração foi motivada pelo crescente número de empresas que oferecem conversões para powertrain elétricos e até conversões feitas pelos próprios fabricantes.

Segundo a FIVA, a definição de carros histórico é um veículo automotor que cumpre esses quatro requisitos: pelo menos 30 anos de idade; preservado e mantido em uma condição historicamente correta; não pode ser utilizado como meio de transporte diário; ser parte de herança cultural ou tecnológica. Segundo Tiddo Bresters, vice-presidente da federação, esse tipo de modificação precisa ser feita de forma reversível, que permita a restauração.

Na nota a FIVA condena apenas as conversões para powertrain elétrico, ela não diz a respeito de swaps para motores à combustão modernos em carros antigos ou motores de marcas diferentes. (ER)

 

SUV da Aston Martin é flagrado sem disfarces

O site espanhol Autopista flagrou o Aston Martin DBX sem disfarces durante o que parece ser gravação de material promocional. A pintura que aparenta ser rosa nas fotos é na verdade vermelha, a alteração de cores se deve a qualidade baixa das fotos. Os flagras revelam linhas bastante esportivas para o SUV, com dianteira inspirada no DB11 e teto com caimento suave.

A traseira é do tipo notchback, com um terceiro volume vestigial como no Jaguar I-Pace. A Aston Martin revelou nessa sexta (18) detalhes sobre pacotes de acessórios, que incluem pacotes para donos de animais, praticantes de esportes ao ar livre e pacotes para a proteção do interior. Junto dessas informações ela revelou o volume do porta-malas, que é de 632 litros.

O DBX será apresentado ainda em 2019, o SUV contará com o motor V8 4.0 biturbo da AMG com acerto feito pela Aston Martin. (ER)

 

Hummer pode voltar como fabricante de SUVs elétricos

Na década passada, os SUVs da Hummer eram símbolos de opulência, com proporções gigantescas, interior recheado e motores beberrões. Em 2010, em meio aos efeitos da recessão mundial e das normas cada vez mais rígidas para emissão de poluentes e consumo de combustível, a General Motors decidiu encerrar as atividades da marca.

Agora, porém, os tempos são outros – e parece que há lugar para uma nova Hummer no futuro. Uma Hummer que fabrica SUVs elétricos, visto que o segmento promete ser o mais quente dos próximos anos.

Segundo o Reuters, a Chevrolet pode trazer de volta a Hummer no fim de 2021, usando a fábrica de Detroit-Hamtramck – que atualmente só produz o Cadillac CT6 – para isto. O site americano diz que o plano se chama “BT1 Electric Truck and SUV Program”, e que terá um investimento de US$ 7,7 bilhões. Boa parte de valor será destinada a renovar a fábrica, que terá capacidade de produzir pelo menos 80.000 veículos elétricos por ano.

Ainda de acordo com a publicação, a GM também pretende produzir SUVs elétricos da GMC e da Cadillac na mesma fábrica – estes a partir de 2023. Como de costume, a GM não comenta nada a respeito das especulações. (DH)

 

Saleen mostra novo esportivo de pista em forma de conceito

A Saleen, famosa pelo supercarro S7 e pelos kits de preparação para o Ford Mustang, apresentou algo diferente no último sábado: um novo esportio de pista, ainda conceitual, feito com base no regulamento da categoria GT4.

O carro, chamado simplesmente GT4 Concept, é feito com base no Saleen 1, modelo de rua da fabricante norte-americana. No entanto, ele traz um novo conjunto aerodinâmico, incluindo um splitter frontal exclusivo, um difusor traseiro bem mais agressivo e uma asa traseira que cumpre todas as dimensões exigidas pela FIA GT4. Além disso, o carro possui todos os equipamentos de segurança obrigatórios na categoria.

O motor é o mesmo quatro-cilindros de 2,2 litros usado pelo Saleen 1, capaz de entregar 457 cv e 48,3 kgfm de torque, acoplado a uma caixa manual de seis marchas (possivelmente um câmbio sequencial estará disponível).

A Saleen ainda vai iniciar o processo de homologação do GT4, que deverá ser concluído apenas no ano que vem. A fabricante já deixou claras as intenções de vender o carro ao público, e disse que o preço deverá ficar em cerca de US$ 225.000, ou cerca de R$ 930.000 em conversão direta. (DH)

Matérias relacionadas

King of the Hill: quando a Lotus ajudou a Chevrolet a fazer um dos melhores Corvette de todos

Dalmo Hernandes

Project Cars #241: um novo coração e a conclusão da minha Chevrolet D20

Leonardo Contesini

Honda Civic Si: a receita de um dos esportivos mais adorados do Brasil

Dalmo Hernandes