A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Games Top

Os carros mais icônicos da série Grand Theft Auto

Cada vez mais realista, detalhado e polêmica, a série Grand Theft Auto chegou a seu auge com a chegada de GTA V para consoles domésticos. Aproveitando a deixa, perguntamos aos letores quais eram os carros mais icônicos — os mais famosos, marcantes ou favoritos deles —, e agora temos a lista com as respostas! Preparado para ficar com coceira nos dedos de tanta vontade de jogar?

Declasse Sabre Turbo

gta-cars (1)

O muscle car fabricado pela Declasse estreou em GTA Vice City em 2002 e, desde então, é presença regular nos games da série. Inspirado nos grandes muscle cars da virada da década de 1970, o Sabre Turbo tem formas gerais parecidas com as do Chevrolet Chevelle 1969, a dianteira inspirada no Buick GSX 1970 e pintura que bebe na fonte dos Shelby Mustang, como o GT350.

A partir de GTA IV, quando os games passaram a incluir informações sobre a mecânica dos carros, foi revelado que o Sabre Turbo usa um gigantesco motor V8 de 550 pol³ (nove litros!) turbinado, acoplado a uma caixa semiautomática de cinco marchas, conjunto capaz de levá-lo aos 100 km/h em seis segundos e continuar acelerando até os 285 km/h. É um carro para pegar a estrada com estilo e fazer barulho.

 

Grotti Turismo

gta-cars (3)

O Turismo é uma homenagem à Ferrari — e só um dos carros inspirados em esportivos italianos clássicos fabricados pela fictícia Grotti. Sua estreia deu-se em GTA San Andreas, quando lembrava uma F40 um pouco (bem pouco mesmo) mais moderna. Em GTA IV, por sua vez, o Turismo é inspirado na Ferrari 360 Modena, com um toque de McLaren 12C na dianteira.

gta-cars (2)

Em GTA San Andreas, o Turismo tem tração integral e é um dos mais rápidos e bons de curva do game — além de ser capaz de cruzar terrenos acidentados graças à tração integral. Seu ronco lembra o de um V8 turbo com comando quádruplo e virabrequim plano. Já em GTA IV, o motor é um V8 de quatro litros acoplado a uma caixa manual de cinco marchas. Sua velocidade máxima é de 344 km/h — só não é mais rápido que o Comet, seu maior concorrente.

 

Pfister Comet

gta-cars (4)

Tal qual Yin e Yang, Ferrari e Porsche são forças opostas que se atraem: seus fãs adoram debater a respeito da superioridade de sua marca favorita. Sendo assim, se a Rockstar games homenageou a Ferrari, naturalmente a homenagem à Porsche não poderia faltar. E ela veio na forma da Pfizer, que tem até o emblema parecido com o da marca de Stuttgart e fabrica o Comet, inspirado no 911.

gta-cars (3)

Em GTA Vice City e San Andreas, o Comet lembra o Porsche 911 Targa da virada da década de 1980, enquanto nos games mais recentes a inspiração parece ter vindo do GT3 RS da geração 997 — um verdadeiro carro de corridas para as ruas. Contudo, também dá pra notar influência do Datsun 240 Z na dianteira, o que não nos incomoda nem um pouco — ainda mais sabendo que o motor é um flat-6 de 550 cv acoplado a uma caixa manual, capaz de levar o carro de 0 a 100 km/h em 3,1 segundos com máxima de de 326 km/h (GTA V).E o nome? Talvez não tenha sido inspirado, mas é o mesmo de uma versão não muito conhecida do Ford Maverick: o Mercury Comet.

 

Pegassi Infernus

Talvez este seja o maior clássico de todos os Grand Theft Auto. Do nome às linha da carroceria, o Infernus totalmente inspirado nos Lamborghini — ao menos em GTA Vice City, onde lembra o Countach, e em GTA V, onde parece mais um Diablo com a dianteira de um Murciélago.

gta-cars (4)

Isto sem falar em GTA III, no qual a inspiração parece ter sido uma mistura do Jaguar XJ220…

gta-cars (5)

… ou em GTA San Andreas, onde quase todas as formas são iguais às do Honda NSX de primeira geração:

gta-cars (6)

Esta mistura de influências, seu desempenho absurdo (ele é sempre um dos carros mais rápidos do jogo, quando não é O mais rápido) e o nome totalmente apelativo o ajudam a ser o superesportivo mais famoso da série GTA.

 

Karin Futo

gta-cars (7)

Acontece que nem só de potência estratosférica vivem os esportivos, e todo entusiasta sabe disso. No mundo real, o Toyota AE86  é uma das grandes provas de que um esportivo barato e potente na medida certa pode se tornar uma lenda. Pois o Futo é o AE86 no universo de GTA — e não estamos falando só da filosofia, não! O Futo é um dos carros que mais têm paralelos com a vida real.

gta-cars (8)

Estreando em GTA IV, o Futo tem seu visual inspirado na versão sedã do Toyota Corolla Levin AE86 (identificável pelos faróis expostos; o Sprinter Trueno tinha faróis escamoteáveis). É um dos poucos carros que são praticamente idênticos a sua versão no mundo real.

gta-cars (9)

Segundo a ficha técnica e as inscrições na carroceria, o motor é um quatro-cilindros de 1,4 litro de aspiração natural e cabeçote de 20 válvulas. No mundo real, o AE86 vinha com cabeçote de 16 válvulas, mas uma modificação muito comum é a instalação de um cabeçote de 20 válvulas produzido pela Toyota a partir de 1991.

O nome Futo vem de dorifuto, a pronúncia nipônica para Drift — mas se você quiser, pode associar à palavra “tofu”, como fez o leitor Ubiratã Silva. Se você é ligado em Initial D, sabe que o protagonista Takumi Fujiwara corre nas ruas e entrega tofu com seu AE86. Coincidência? Achamos que não.

 

Karin Sultan RS

gta-cars

Da mesma fabricante do Futo vem um dos carros favoritos da galera do tuning: o Sultan RS, inspirado no Toyota Altezza, que estreou em GTA IV. O motor é um seis-em-linha de 3,5 litros biturbo, acoplado a uma transmissão manual de cinco marchas que distribui a força entre os dois eixos — 30% para o eixo dianteiro e 70% para o eixo traseiro.

O visual do motor é parecido com o do famoso Toyota 2JZ, e por isso gostamos de pensar que o Sultan RS foi a resposta da Rockstar Games à pergunta: “e se alguém colocasse a mecânica do Supra no Altezza?” Pode até não ter sido o caso, mas vai dizer que não faz sentido?

 

Blista Compact

gta-cars (11)

Ah, o Blista Compact: um hot hatch fácil de achar, rápido e totalmente inspirado em um dos maiores clássicos da Honda: o CR-X — embora a dianteira seja bem mais americanizada. Rápido, estiloso (se você curte carros japoneses dos anos 1980, claro) e um dos favoritos dos customizadores, o Blista Compact não é considerado um dos carros mais icônicos de Grand Theft Auto à toa — e também não foi à toa que o escolhemos como nossa sugestão para começar esta brincadeira.

 

BF Surfer

gta-cars (12)

Só o nome da fabricante da Surfer já valeria sua inclusão nesta lista: BF significa Bürgerfahrzeug, que pode ser traduzido como “carro do povo” em alemão — ou “carro de burguês”. Estreando em GTA V, a Surfer é totalmente inspirada na Kombi de primeira geração — a famosa “Corujinha”, com direito a pintura em dois tons (que forma o “V” na dianteira) e faz parte de uma linha que inclui o Injection (inspirado nos Fuscas modificados para off road) e o Bifta (uma cópia dos buggies, como o Myers Manx). Antes a Surfer, a Camper, de GTA San Andreas, também inspirada na Kombi.

A Surfer é um dos carros mais queridos pelos fãs e, com os games mais recentes, formou-se um culto em torno da perua — há tópicos em fóruns dedicados apenas a fotos da Surfer, nos quais os leitores mostram as modificações que fazem nelas — de rat rod a Máquina do Mistério do Scooby Doo!

 

Elegy/Annis Elegy RH8

Fãs do GT-R dificilmente escolhem outro carro como seu favorito: em GTA San Andreas, o Elegy era inspirado no Skyline — a dianteira parecia vinda do R31, as formas gerais, do R32 e a traseira, do R34. Muito potente e arisco, o Elegy costuma soltar a traseira em alta velocidade, estimulando os fãs de drift a colocar em prática sua técnica em derrapagens controladas.

Em GTA V veio o Annis Elegy RH8, seu sucessor — e, não por coincidência, totalmente inspirado no Nissan GT-R, do visual à mecânica. Originalmente ele tem um V6 biturbo capaz de levá-lo aos 100 km/h em 2,7 segundos, com máxima de 317 km/h. Com turbinas maiores, disponíveis no jogo, seu desempenho fica irreal: 0-100 km/h em dois segundos cravados e máxima de 378 km/h.

 

Grotti Stinger

gta-cars (10)

O Stinger é um esportivo presente desde o primeiro Grand Theft Auto, sendo GTA San Andreas um dos únicos em que ele não aparece. Famoso por ser ser sempre inspirado em esportivos clássicos, o Stinger lembrava o Corvette C2 em GTA e GTA 2; era uma mistura de Porsche Boxster e Toyota MR-S em GTA III; e tinha a cada da Ferrari Daytona em Vice City.

Contudo, sua melhor e mais bonita encarnação veio com GTA V: no game, o Stinger assumiu a forma de um grand tourer clássico, com formas e proporções inspiradas na Ferrari 250 GT California Spyder — exceto pelo motor, que em vez do V12, é um V8 de três litros que, acoplado a uma transmissão manual de seis marchas, leva o Stinger aos 100 km/h em seis segundos.

 

Bravado Banshee

banshee (2)

Talvez o único carro com status comparável ao do Infernus em GTA seja o Banshee: além de ser muito rápido, ele é um dos esportivos com maior frequência nos games da série ao longo dos anos, aparecendo em todos os títulos desde GTA III. Neste, seu visual lembra o de um Dodge Viper conversível, porém mais estreito e com faróis com outro desenho. Já em GTA Vice City, o Banshee é quase uma cópia do Corvette C4. Em San Andreas, a semelhança com o Viper volta — ainda mais evidente.

Mas o Banshee mais famoso estreou em GTA IV. Agora fabricado pela Bravado, o Banshee parece uma versão em menor escala do Viper cupê (ainda mais se for azul com listras brancas). Além do visual icônico, seu desempenho também é dos melhores — 0 a 100 km/h em 2,8 segundos, tanto com o V8 de 4,6 litros em GTA IV quanto com o motor maior, de 8,4 litros, em GTA V.

O Banshee também foi o único carro de GTA a ganhar uma versão no mundo real — na verdade, um Dodge Viper 2006 modificado pela West Coast Customs para ficar igual ao carro do game:

banshee (1)

 

Matérias relacionadas

Nürburgring Nordschleife: quanto que um simulador ou game pode te ajudar?

Juliano Barata

Este cara transformou um Opel Astra no cockpit para Gran Turismo mais realista que já vimos

Dalmo Hernandes

Os acessórios automotivos mais feios, toscos e desnecessários já feitos – parte 2

Dalmo Hernandes