FlatOut!
Image default
Project Cars Project Cars #111

Project Cars #111: descobrindo um motor C20XE para o Chevette

Olá, pessoal FlatOut. Dando sequência ao projeto, neste segundo post vou entrar em detalhes sobre as melhorias mecânicas, lembrando que meu objetivo é ter um carro de rua bem esperto.

Na busca por peças conheci o pessoal do Chevette Club da Paraíba — e acabei me tornando presidente dele — que me ajudou com dicas e informações essenciais para evoluir este projeto.

Ao procurar estoque antigo em lojas do interior da cidade, topei com um diferencial Dana em Guarabira (PB). Ele estava zerado, sem uso algum e não pensei muito antes de arrematá-lo.

_0000_Foto 12.jpg _0001_Foto 13.jpg

Como vocês podem ver nas fotos, era notável que ele precisava de um belo trato, mas como não é todo dia que se encontra um Dana zerado, mandei ele para a pintura onde recebeu um preto cadilac com detalhe no nome Spicer em relevo, que foi lixado e recebeu verniz por cima.

Aproveitando que estava com o diferencial fora do carro, coloquei o freio a disco traseiro do Kadett GSi, que é uma das adaptações mais comuns e simples de fazer no Chevette. O disco de freio sólido vem do VW Gol e o suporte da pinça é do próprio Kadett, que só precisa ser refurado para o diferencial. As linhas de freio permaneceram as originais do Chevette.

Depois de instalados o diferencial e o freio, dei uma parada no projeto por conta do trabalho, mas o destino tinha algo de bom a me apresentar. Um dia fui trabalhar com minha Saveiro e um motociclista bateu no retrovisor esquerdo e fugiu. Fui atrás de outro retrovisor original, mas ninguém tinha — só encontrei o paralelo.

_0006_Foto 18.jpg

Comecei a procurar em ferros-velhos, quando passei por um galpão cheio de motores. Me vi no paraíso,  registrei o momento e, quando olhei para o chão, vejam só quem me aguardava:

Foto 19

Foi amor à primeira vista.

Foi assim meu encontro com o tão sonhado C20XE, que a partir daquele momento virou uma realidade bem próxima. Por isso meu projeto parou por quase um ano em 2012 — a grana estava curta para poder fazer a revisão merecida no motor. Se observarem nas fotos, comprei o motor parcial, sem coletores, sensores, corpo de borboleta, flauta de injeção…  absolutamente nada. Nesse tempo fui adquirindo algumas coisas aos poucos.

_0007_Foto 20.jpg _0008_Foto 21.jpg

No próximo post darei detalhes de como estava o motor e o começo de toda adaptação e peças adquiridas para a primeira partida do meu sonhado C20XE — e também alguns problemas. Espero que acompanhem e nos vemos no próximo post!

Por Joemil NeNe, Project Cars #111

0pcdisclaimer2

Matérias relacionadas

Entre franceses, holandeses, cerveja belga e clássicos de corrida – e o final da Eurotrip!

Leonardo Contesini

Project Cars #209: a história do Putz!, o carro que nasceu em uma varanda

Leonardo Contesini

Project Cars #198: a retífica do motor e um novo jogo de rodas para meu Passat Pointer

Leonardo Contesini