A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Project Cars Project Cars #361

Project Cars #361: meu Fiat Palio 1.8R Turbo está pronto!

Fala, galera Flatouters! Beleza? Quanto tempo! Finalizamos o último post com o motor ainda em processo de montagem, pois bem, foi finalizado a montagem e feito um acerto básico para que eu conseguisse voltar para a 4D Garage com o carro andando para finalizar pressurização e intercooler.

Com o carro já na 4D Garage, fizemos a pressurização em alumínio e um intercooler sob medida para até 500cv. O meu receio era perder os faróis de milha, pois essa frente “G4,5” tem menos espaço interno do que a antiga, sendo assim achei que teria que cortar o suporte do farol de milha para colocar um intercooler maior, mas o pessoal se desdobrou e conseguiram fazer com que nada fosse alterado e o intercooler ficasse como se fosse original.

Foto 1 Foto 2

Como eu havia falado, refizemos o coletor de escapamento para mudar a posição da turbina e deixá-la para cima e assim conseguir utilizar um filtro de ar nela, mas para que os cabos de vela encaixassem e tivesse espaço para a pressurização, tivemos que virar a boca dela para frente e fazer uma abertura na lataria.

 

Depois de tudo finalizado, o cofre ficou assim:

Foto 8 Foto 7

Capô fechado e conta acertada, retornamos para a R2 Motorsport para finalmente dar o acerto final no bixo e ver qual foi o resultado. Carro amarrado no dino, motor na temperatura ideal, damos a primeira puxada com 0.6bar e veio 175cv no motor. Modesto, mas um bom resultado para essa pressão. Aumentamos um pouco a pressão e puxamos novamente, mas quando estava quase batendo no corte, uma mangueira d’água se solta e lava o chão da oficina. Sem problemas, apertamos a braçadeira, completamos o reservatório e puxamos de novo. Um pouco antes de bater no corte a mangueira se solta novamente. Infelizmente o suporte do radiador havia sido danificado e o mangote não segurava como deveria. Tivemos que trocar a caixa do radiador.

Depois de trocado a caixa do radiador, tudo funcionou como devia, mas não consegui passar no Dino novamente. Rodei algumas semanas com o carro, até que um belo dia, estou eu feliz de turbão indo para o trabalho e do nada o carro perde aceleração, começa a falhar, mas sem acusar falta de combustível. Logo pensei que fosse o reparo da borboleta novamente e parei na oficina assim que pude. Depois de olhar um pouco, descobrimos que o sensor do coletor de admissão tinha se quebrado.

Foto 13

Sensor trocado, carro funcionando normalmente, bora aproveitar mais um pouco!! Estava tudo lindo, aceleração normal, pressão subindo normalmente, sol, eis que paro no farol e o carro afoga do nada. Viro a chave, ele liga mas afoga de novo. Consigo chegar em casa e deixo ele na garagem já louco de raiva. Passados alguns dias, com a cabeça mais fria e com orientação do Ricardo da R2, tento ligá-lo e percebo que a pressão de combustível está variando e muito alta. Quando abro o capô para conferir o manômetro que tem direto no dosador, eis que está com 6bar de pressão na marcha lenta. Baixo pouca coisa até ele parar de morrer e corro para a oficina. Suspeitávamos que o dosador esférico comprado no ebay estivesse quebrado ou  fosse para carro carburado, pois ele mudava a pressão sozinho.

Foto 15 Foto 14

Como já era 23 de dezembro e não tinha onde eu comprar um novo para testar, o Ricardo da R2 Motorsport tirou o dosador que ele utiliza em seu Golf e colocou no “vermelin”. Pronto, problema resolvido e consegui passar o final de ano assim:

Depois das festas, fui até a SPA (loja de peças para preparação) e adquiri um novo dosador esférico para substituir o defeituoso. Com o carro já na oficina, aproveitei para trocar uma coifa que havia estourado e um bico de combustível que veio a queimar.

Dosador novo:

Foto 17

Coifa estourada:

Foto 18

Com tudo no lugar, bora passar no dino.

0.8bar – 190cv e 26.2kgfm de torque a 4.700rpm

Sim, achei um pouco baixo, mas para 0.8bar estava ótimo, fora que o “friozinho” na barriga estava sempre presente e pra mim é o que mais importa.

Mas se você pensou que daí para frente seria só alegria, pense novamente. Como já disse algumas vezes, rodo com o carro todos os dias nos trajetos para o trabalho e academia. Depois de 3 semanas com o carro se comportando normalmente, após um dia corrido no trampo, pego o palim para voltar para casa, eis que no primeiro farol o bixo afoga. Eu já pensando que fosse o plug novamente, bato na chave e tento seguir o trajeto, mas o carro se mostra meio “quadrado”, mas consigo chegar em casa. Depois de uns dias e com muito sufoco, deixo o bixin na oficina novamente. No dia seguinte, eis o problema:

Para meu espanto e de todos a minha volta, a trava da válvula se quebrou, entortando ela e riscando um pistão. Por “sorte”, não danificou o pistão, assim foi apenas trocar a válvula e montar novamente.

Foto 21 Foto 22

Depois de tudo montado, começamos o novo acerto e para nosso espanto,  a potência subiu de 190cv para 228cv!

Foto 23

Depois de todos esses contra-tempos, o carro finalmente acertou. Ficou liso, forte e confiável. Fui até convidado pelo Bruno Silva do canal Um Zero Turbo Racing para fazer um vídeo da joaninha.

Foto 24

Bom galera, como também já disse aqui algumas vezes, nem tudo são flores. Alguns amigos mais próximos sabem que minha vida mudou completamente de uns meses para cá e por conta disso, precisarei vender o palim. Sim, me dói um pouco ter que fazer isso, mas tenho certeza que ele trará muitas alegrias ao novo dono assim como trouxe para mim.

Com isso, finalizo esse esse projeto pois consegui chegar muito além do que eu pretendia. Foram muitas dores de cabeça ao longo desses anos, mas com certeza as alegrias foram muito maiores. Se você não solta um sorriso quando ouve o barulho da turbina andando de boa em um domingo de manhã, então jamais saberá do que estou falando. Obrigado a todos pelas criticas e elogios nesses cinco posts e por terem acolhido tão bem um projeto “diferente” do que estão acostumados aqui no site.

Abraço e até mais!

Por Paulo Henrique, Project Cars #361

0pcdisclaimer2

Uma mensagem do FlatOut!

Paulo, realmente é um projeto diferente do que se costuma ver por aí. Um Palio 1.8R turbo (o Abarth que a Fiat não fez) é sempre legal de acompanhar e com certeza irá ajudar muita gente que já pensou e pretende fazer o mesmo. Sobre a venda, o que importa é que você curtiu o carro. Além disso a vida é muito curta para ter um carro só. Parabéns pelo projeto!

Matérias relacionadas

Project Cars #265: os erros e acertos da montagem do motor turbo no meu Focus

Leonardo Contesini

Project Cars #512: depois da escolha, a compra e a transformação do meu Honda Prelude

Project Cars

Gol GTS: depois do motor, hora de acertar a suspensão e a alimentação do PC #88

Leonardo Contesini