A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Project Cars Project Cars #42

Project Cars concluído: veja como ficou o Ka Duratec 2.0 de Adriano Krempel, o PC #42

Fala galera, tudo certo? Pois é, muito tempo sem atualizações e até peço desculpas a todos, o tempo está sendo curto para eu poder curtir o Ka, mas firme e forte ele caminha. Vamos à última atualização do carro. Nessa etapa vou descrever o que acabei por fazer desde o terceiro post e nos dias atuais.

 

Medição em dinamômetro e o fim da bobina

gopr0498

Alguns meses depois de ter refeito a elétrica do Ka, alterado alguns padrões no chicote e melhorado ainda mais a estética (que é muito funcional), resolvi aferir a potência no Dinamômetro e tão certo de que a potência seria exata, fui no Absoluto Dinamômetro, localizado em São Paulo.

Com os números bem satisfatórios decidi não fazer mais nada em relação a mecânica, afinal o que consegui com um acerto fino, escape e filtro, já praticamente chegou no limite do que um Duratec pode chegar.

 

A bobina deu adeus

Algumas aceleradas aqui, outras ali e eis que voltando em um dia normal de serviço, o carro praticamente funciona apenas 3 cilindros (não, não é o novo motor da Ford rsrsrs). Estranhamente foi algo repentino, sem aviso, porém o aviso do meu preparador veio: “Bobina GM costuma dar pau, acho bom você trocar..” infelizmente aconteceu muito rápido.

projectcars 4

Bobina de Astra, que se foi.

projectcars 4

 

Bobina de Audi / VW.

Muitos elogiam essa bobina e no manual da Fueltech diz ser a recomendada, por enquanto não tive problemas.

 

Escalonamento da caixa de câmbio

Havia comentado no último post a diferença entre as caixas IB5+ que, apesar de possuírem a mesma denominação, são de escalonamentos diferentes. Vou citar dois exemplos bem utilizados pelos Fordeiros:

IB5+ – Ecosport 2.0 16v / Fiesta 1.6:

Ecosport 2.0 16v Duratec 2WD
IB5+
1ª – 3,55:1
2ª – 2,05:1
3ª – 1,41:1
4ª – 1,11:1
5ª – 0,88:1
Ré – 3,62:1
Diferencial – 4,07:1
Rotação a 100km/h reais: 2935 rpm (205/65 R15)

Ecosport 2.0 16v Duratec 2WD (2007+)
IB5+
1ª – 3,55:1
2ª – 2,05:1
3ª – 1,28:1
4ª – 0,95:1
5ª – 0,76:1
Ré – 3,62:1
Diferencial – 4,07:1
Rotação a 100km/h reais: 2535 rpm (205/65 R15)

Fiesta Mk6/Mk7 1.6 8v RoCam Flex
IB5+
1ª – 3,58:1
2ª – 1,93:1
3ª – 1,28:1
4ª – 0,95:1
5ª – 0,76:1
Ré – 3,62:1
Diferencial – 4,06:1
Rotação a 100km/h reais: 2807 rpm (175/65 R14)  

Com a mesma denominação, as relações mudam bastante, no meu caso utilizo o diferencial do próprio Ka 1.0 (4,25:1) e o escalonamento das primeiras EcoSport (ou como conhecem, a 3° trepada, sem o famoso buraco).

 

Correção na Direção Hidráulica

Curiosamente sempre presenciei o peso “extra” da direção no Ka, porém achei que isso seria normal, devido ao peso do motor sobre a carroceria ou até mesmo a troca da caixa e ser pouca coisa diferente com a do Ka, mas me enganei.

Em um final de semana resolvi eliminar a junção bizarra feita pra unir a bomba da direção ao reservatório, pela mangueira original do Rocam e um pedaço avulso:

projectcars 4

A conversão pro Duratec, mantendo a mangueira original

Desmontando e eis que a surpresa surge:

projectcars 4 projectcars 4

Um pedaço de cano juntava as duas mangueiras

Percebam o enforcamento que existia na passagem do fluido, isso ocasionava a dificuldade na lubrificação da bomba pra caixa e alguns pontos de vazamentos localizados. Com esses pequenos problemas e o famoso “vou fuçar hoje em alguma coisa” é que encontramos problemas graves.

projectcars 4

Do it yourself é aplicado aqui!

projectcars 4

Pedaço de ¾ de mangueira para alta pressão (27bar)

Não poderia ter ficado melhor. Resposta mais suave, vazamentos eliminados e com certeza uma bomba de direção hidráulica que irá durar muito mais do que antes.

 

Esse é o fim do projeto?

Essa rápida passada que apresentei a vocês foram as últimas modificações ou correções que fiz no Ka, com certeza aos poucos vão surgindo novas mudanças, aperfeiçoamentos, acredito que nenhum projeto desse fica 100% pronto, afinal o carro sempre é a cara do dono e muitas vezes o dono quer melhorar algumas coisas, não é verdade?

Por enquanto o carro chegou no estágio que eu esperava, abaixo é ele hoje:

projectcars 4 projectcars 4

Novas rodas da linha PSA / Citroen e faróis com máscara negra, um novo abafador foi incluso também. 

A idéia foi manter a característica do Ka original, a escolha das rodas deve-se ao fato do offset (ET 23) e deixar ele mais pregado nas curvas e no chão, obviamente. Internamente nada mudou, permanece a originalidade de um Ford Ka, com o necessário apenas e escondido:

projectcars 4

Encerro por aqui os posts do meu Project cars, espero que tenha servido como inspiração a quem pretende ter um carro “swap” e viu que isso é possível sim, dentro do que temos disponível no mercado nacional, obrigado a todos que acompanharam, agradeço também aos votos de elogio.

O vídeo do Bellote mostra bem o que o carro proporciona

Forte abraço galera e até a próxima!

Por Adriano Krempel, Project Cars #42

0pcdisclaimer2

Uma mensagem do FlatOut

Adriano, a receita do motor Duratec no Ka é algo desejado por 99% dos fãs da Ford e do Ka (e do Fiesta também), mas pouca gente colocou a receita em prática e até agora não se encontrava informações sobre o swap. Além de ser uma bela história da lenta construção e acerto, seu Project Cars #42 é um guia que sem dúvida irá orientar muita gente a partir de hoje. Parabéns pelo projeto!

Matérias relacionadas

Project Cars #137: preparando o Lancer Sportback Ralliart para andar (mais) forte

Leonardo Contesini

Mini JCW de 300 cv: as novidades do Project Cars #246

Leonardo Contesini

Maverick V8 1975: a conclusão do Project Cars #292

Leonardo Contesini