A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Salão do Automóvel de SP

Renegade, o primeiro Jeep nacional, chega para brigar com EcoSport e Duster

Depois da fusão com a Fiat, a Chrysler decidiu expandir sua atuação no Brasil e o carro-chefe da marca será o Jeep Renegade, com produção confirmada na fábrica da Fiat em Goiana (PE). O jipinho veio acompanhado do irmão maior, o Cherokee Trailhawk, e da linha 2015 para Chrysler, Dodge e Ram.

Naturalmente, o Renegade tem posição de destaque no estande, onde são exibidas as três versões de acabamento — a de entrada Sport, a intermediária Longitude e a de topo Trailhawk. Todas as três terão duas opções de motor: 1.8 Etor.Q a gasolina, recalibrado para entregar perto de 140 cv, e e 2.0 Multijet turbodiesel, de 170 cv. As opções de câmbio serão três: manual de seis marchas, automático de seis marchas e automático de nove marchas — este último, exclusivo para o motor a diesel.

salaosp-barata-jeep-chrysler-4

Tamanha variedade é uma aposta para pegar de jeito o EcoSport, líder do segmento. Mas não é a única: a Jeep também conta com o visual diferenciado, o generoso pacote de equipamentos — que inclui até mesmo teto de vidro em algumas versões — e na tradição offroader da marca Jeep, além do preço competitivo que deve partir da casa dos R$ 70 mil. Você pode ler tudo sobre o Renegade aqui!

salaosp-barata-jeep-chrysler-3

A companhia garante que a plataforma, apesar de ser a mesma do SUV europeu 500X, foi retrabalhada o suficiente para ser considerada uma plataforma 100% Jeep, e o sistema de tração integral tem até reduzida — manter a tradição foi uma prioridade. A marca está confiante, dizendo que a atual rede de 40 concessionárias não será suficiente para atender à demanda e que o plano é expandi-la para 200 unidades até o fim do ano que vem — 150 delas dedicadas apenas ao Renegade e outros modelos da Jeep.

salaosp-barata-jeep-chrysler-1

É o caso do Cherokee, que foi lançado no Brasil em setembro e agora voltou ao Salão de SP, ganha sua versão de topo, a Trailhawk. Mais voltado para o usso offroad, o Cherokee Trailhawk tem suspensão elevada, detalhes que, nas versões Longitude e Limited são cromados ou vermelhos, nele são pintados de preto. Outra exclusividade da versão é o sistema Acrive Drive Lock, que adiciona bloqueio de diferencial e reduzida ao sistema de tração integral.

O motor é o V6 Pentastar de 3,2 litros, 271 cv e 32,2 mkgf de torque, acoplado ao câmbio automático ZF de nove marchas. O Jeep Cherokee Trailhawk chega no fim do ano e custará a partir de R$ 189.900, podendo ser equipado com opcionais como o teto de vidro panorâmico.

salaosp-barata-jeep-chrysler-6 salaosp-barata-jeep-chrysler-2 salaosp-barata-jeep-chrysler-8 salaosp-barata-jeep-chrysler-10 salaosp-barata-jeep-chrysler-9 salaosp-barata-jeep-chrysler-5

Matérias relacionadas

Os dois SUVs mais extremos do Salão do Automóvel: Rolls-Royce Cullinan e Lamborghini Urus, em detalhes

Dalmo Hernandes

Volkswagen traz perua do Golf ao Salão e mostra versões apimentadas de Fox, up! e Fusca

Leonardo Contesini

Proud of boxer: WRX e STI são as estrelas da Subaru no Salão de São Paulo

Dalmo Hernandes