A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Project Cars Project Cars #276

The Best of Project Cars: relembre a história do BMW 525i E34 com motor de M3 E36 e câmbio manual

Estamos de volta com mais um Best of Project Cars, e desta vez vamos relembrar o projeto #276, o BMW 525i E34 manual equipado com o motor 3.0 S50 do M3 E36 do leitor Kelvin Duarte.

 

O início

A história deste BMW começa depois que Kelvin se viu obrigado a comprar um carro mais adequado para sua rotina profissional. Sendo fotógrafo e com incursões frequentes em terrenos arenosos e percursos fora-de-estrada, Kelvin adquiriu um Pajero TR4, porém logo sentiu falta de um carro para preparar, modificar e curtir no tempo livre.

Lembrando do Civic Coupé que um primo teve, Kelvin entrou em contato para descobrir onde estava o carro e, quem sabe, trazê-lo de volta à família. O primo não sabia onde o carro tinha ido parar, mas conhecia um outro carro legal a venda. Sim, o BMW 525i 1991 com câmbio manual.

No início Kelvin achou loucura, mas não conseguiu parar de pensar no Bimmer. Ele custava R$ 18.000 e estava com molas esportivas e rodas de 20 polegadas. No fim das contas, essas modificações até motivaram a compra. Afinal, na pior das hipóteses ele poderia vender as rodas por uns R$ 4.000, o que minimizaria um eventual prejuízo.

Em questão de semanas Kelvin estava viajando de Fortaleza/CE a Natal/RN para buscar o carro, que já estava sendo revisado e pronto para encarar os 550 km de volta ao Ceará. A viagem de volta, felizmente, ocorreu sem problemas.

 

Os primeiros reparos

Chegando em casa, era hora de começar a revisão e eventuais reparos, antes de fazer qualquer tipo de modificação. Durante a viagem o compressor do ar-condicionado começou a produzir um ruído anormal, porém não demonstrou nenhuma falha. O reparo custou R$ 600 com a recarga de gás, e tudo voltou ao normal.

Kelvin, contudo, notou que os pneus dianteiros sofreram um desgaste acentuado na parte interna da banda, o que foi causado por componentes danificados na suspensão. O problema é que um dos pneus foi inutilizado pelo desgaste irregular, o que levou Kelvin a comprar um jogo de rodas de 16 polegadas com pneus para rodar temporariamente.

Na segunda viagem com o carro, na véspera de ano novo em 2014, o carro também teve um problema de superaquecimento aparentemente causado pela embreagem viscosa do ventilador do radiador. Não era o problema. Tubulação revisada, válvula termostática ok, radiador revisado, mas o carro continuava a aquecer. O que estava acontecendo, então? A colmeia do radiador estava obstruída. Bastou uma nova revisão e limpeza para que o problema cessasse.

Captura-de-Tela-2015-09-20-às-11.49.39

 

Mas não por muito tempo: o radiador estava furado, no fim das contas. E isso causou uma série de problemas que culminou no empenamento do cabeçote. Kelvin então começou a trocar as peças necessárias, começando pelo radiador e chegando a uma junta fabricada sob medida, com 2,6 mm de espessura — 0,6 mm mais grossa que a original.

BMWe34PC276-019-e1442761185859-620x349

Enquanto as peças chegavam pelos correios, contudo, um motor S50 de BMW M3 E36 apareceu a venda. Kelvin logo percebeu que se ficasse com o motor original reparado, poderia acabar a pé mais uma vez — especialmente porque o cabeçote havia sido retificado e estava no limite. O motor S50, além de confiabilidade, traria bem mais potência que os 192 cv originais. Começava aí o projeto.

 

A preparação

Com o motor S50 arrematado, bastou remover o 2.5 antigo e instalar o 3.0. Porém o módulo de controle do motor original não funcionaria com o motor mais novo. Por isso Kelvin precisou comprar uma Fueltech FT350 acompanhada do sistem Spark Pro 6 para gerenciar o S50.

BMWe34PC276-109

O carro também ganhou as rodas Dubai, de 20 polegadas do BMW X6, além de farois tipo angel eyes, e badges externos todos novos.

Por dentro, o revestimento dos bancos e portas estava desgastado e rasgado em alguns pontos, por isso todo o acabamento interno foi trocado por um novo, feito de couro com dois tons de cinza.

Por último, o motor ganhou um coletor de ar frio com filtro K&N, o volante um novo revestimento preto em vez do anterior cinza e assim foi concluído o BMW 525i M3.0 com câmbio manual.

BMWe34PC276-146-620x413 BMWe34PC276-030

Não deixe de ler o projeto completo neste link.

Matérias relacionadas

Project Cars #359: a história da minha Chevrolet Marajó de R$ 400

Leonardo Contesini

Project Cars #286: a história do Golf GTI VR6 #79

Leonardo Contesini

Project Cars #187: a história do meu Honda Civic Coupe “S2000” com supercharger

Leonardo Contesini
error: Direitos autorais reservados