Veterano com menos de 80 mil km: a história do Omega GLS 1998 de Rodrigo Mora

Juliano Barata 20 abril, 2014 274
Veterano com menos de 80 mil km: a história do Omega GLS 1998 de Rodrigo Mora

Eu estava automobilisticamente bem servido em meados de 2011. Tinha uma moto legal (uma Kawasaki Ninja 250 – ok, nada do outro planeta, mas como iniciante no mundo das motos, achava aquela mini-esportiva, vermelha e com uns toques pessoais, motivo de orgulho) e na condição de jornalista automotivo trocava de carro frequentemente. Numa semana me esbaldava de Audi RS 5, na outra tentava entender o por quê de alguém se submeter à convivência com um Celta todos os dias – e as duas situações me deixavam e ainda deixam feliz.

Até que num belo dia, após uma coletiva de imprensa num determinado hotel em São Paulo, o manobrista sai da garagem com algo que eu não via há muito tempo: um Omega em perfeito estado. E quem entra na caranga? Uma das minhas referências – a maior, certamente – no jornalismo automotivo. Me aproximo, dou uma olhada em volta, espio por dentro e imediatamente me apaixono. Por tudo: pela cor, pelos acabamento em madeira nas portas intactos, por aquele painel gigante, pelos botões nada discretos para os padrões de hoje, pelos bancos…

pc18-post01-fotoinspec

Faço algumas perguntas sobre a convivência com o carro, motor, equipamentos e o encanto vai crescendo com alguns detalhes talvez fúteis para quem não gosta de carros, mas pitorescos para quem os aprecia: ”este é um dos últimos produzidos, ainda em 1998, antes da chegada do australiano”, me conta o Fernando. Sim, é quase uma raridade. Até a decepção pela falta de ABS e airbag (“no fim de carreira, a GM depenou ou Omega e tirou alguns equipamentos”) logo é esquecida.

Bom, no fim das contas descubro que o Fernando estava, naquele exato momento, indo entregar o Omega. ”Estou sem tempo de cuidar do carro como ele merece e precisa. Fui medir o óleo outro dia e a agulha quebrou na minha mão. Aí foi a gota d’água”. E quem era o comprador? Um amigo em comum, veja só como a vida é bela. Na hora, liguei pro Ulisses e dei parabéns. E, óbvio, disse que se ele fosse vender o carro um dia – o que eu consideraria uma loucura – eu era o primeiro da fila. Ele não sabe, mas eu não tinha um tostão furado quando disse aquilo…

Alguns meses depois ele me liga, dizendo que teria que vender o Omega e perguntando se eu ainda tinha interesse. Continuava sem dinheiro pra comprar uma mobilete sequer, mas arrematei o Omega, claro.

 

Separação, rodas e mecânicos

Vou buscá-lo no trampo do Ulisses e já deparo com o primeiro desafio em mantê-lo original: no processo de restauração das rodas, a Saveiro que as levava para o conserto foi roubada. Com elas dentro, obviamente.

Andar de Omega com calota de Zafira não foi agradável. Para deixar a peregrinação atrás das rodas originais ainda mais difícil, descobri que pouca gente foi informada de que em 1998 a versão CD ganhou rodas exclusivas, e as que equipavam o Omega topo de linha até 1997 foram parar no GLS. Fui a inúmeras lojas após os cabras do outro lado da linha confirmarem que tinham as do GLS 1998… para chegar lá e descobrir que as rodas de fato eram de GLS, mas de 1997 pra trás. Portanto, aquele panfleto publicitário que eu peguei no Salão do Automóvel de 1998 serve muito bem, até hoje, pra esfregar na cara dos manolos “entendidos” que ousam dizer que as rodas do meu carro não são originais. Ando com ele no porta-luvas, just in case.

Rodas, enfim, encontradas e devidamente instaladas. Hora de desfilar, certo? Não. Nessa época eu estava semi-noivo e com prestação de apartamento pra pagar, me endividei. Dei um pulo maior que a perna, confesso. Ela me exigiu que um dos dois fossem embora, e com muita dor no coração vendi a Ninja. E o projeto de deixar o Omega o mais impecável possível foi suspenso. Encostei o carro na casa do meu pai e lá ele ficou.

Relacionamento desfeito, meu dinheiro só pra mim de novo e seis meses depois tiro a capa sobre o Omega e encontro um carro com pneus e bateria arriados, obviamente.

pc18-post01-foto2

A partir daí, meu amigos, começou a aventura de manter um carro de 15 anos saudável como um zero km. Embora tenha hoje 73.452 km, algumas peças colapsaram seja por uso, seja pelo tempo de vida. Não pensem vocês que deixar um carro totalmente original, com seu 2.2 8V de modestos 116 cv e 20,1 kgfm de torque, é muito mais fácil ou barato que um projeto de aumentar performance. Só de peças – que vão de coxins do motor e câmbio, jogo de velas e mangueira de refrigeração a bandejas de suspensão, kit de embreagem e pneus – já foram mais de R$ 10 mil. Fora a tensão de não achar determinadas peças. Nos próximos posts vou detalhar alguns destes episódios para matar a curiosidade de quem sonha com um Omega.

pc18-post01-fotoguinch2

Uma das vezes em que ele foi de guincho. Instantes depois, Doc Brown apareceria testando seu DeLorean

 

Não nego que de vez em quando bate a tentação de ocupar a sua vaga com um carro mais forte e novo, tipo um Civic Si. Mas tenho (acho que todos aqui temos) a mania tola de cultivar amor pelos nossos carros. E o que compensa essa aventura? Bom, há alguns motivos de orgulho, como o visual, o prazer de guiar um carro muito confortável, a sensação de ter um exemplar relativamente raro e – talvez a principal – ser dono do melhor e mais avançado, ao menos na sua época, automóvel fabricado no Brasil.

pc18-post01-foto3

 

Por Rodrigo Mora, Project Cars #18

0pcdisclaimer2

 

  • Renan Becker

    Um dos dois tem de ir aushauhsasha e se foi a noiva…

    • Sinatra

      Foi a Ninja, pelo que ele disse. A noiva foi depois, de brinde.
      Mas se tem uma coisa que não costuma dar certo é relacionamento com mulher que dá ultimato no cara contra aquilo que ele gosta.
      Nunca vi terminar bem.

      • XRS250

        Mimimim. essa mulheres cheias de mimimi. e depois ficam reclamando por que existe puteiros, mas também muitos vão lá comem a puta e ela não reclama se você tem um Corsa ou Corcel velho. tem muitas mulheres que ficam de mimimimimi com o carro do cara. isso é bem chato para caramba. eu odeio mulher que gosta de capar gosto do cara, isso é chato.

        • Renan Santos Vieira

          Corcel velho e avacalhar heim….kkk
          Bom mesmo é achar uma que te incentiva a comprar peças pro carro, já encontrei a minha e um solex novo incentivado por ela tbm…..

          • Marcelo Henrique

            Qualquer Corcel tem respeito no Flatout!

          • XRS250

            Sim. sem dúvidas só falei como exemplo.

          • De fato. Acho bem escroto também porque toda história legal que vejo de homens que curtem carros, ou tem algum hobby, é SÓ o cara que tem que abdicar do que ele gosta pra casar/noivar com a mulher, geralmente ameaçado de ser largado por ela caso não obedeça. Porra, o cara faz se ele quiser e ponto final. Do mesmo jeito que ela não pode ser obrigada a abrir mão de algo que ela goste para o mesmo motivo.

            É foda. Machismo conveniente interessa à elas, né?
            Por sorte, não são todas assim, e o autor do texto, conseguiu aprender na marra que não se troca carro/moto por mulher. Não vale a pena hehehe. Parabéns pelo carango.

            Obs: a minha também curte carros. Praticamente nasceu e cresceu num fusca 1300 76 e rodou mais de três estados todos com ele, o pai e a mãe e irmão. Ajudou ela a criar amor e apego por carros(coisa que geralmente mulheres não tem). Quase sempre sai comigo sem rumo pra andar de carro a toa e anda de lata velha(escort hobby 94 1.0 com pintura toda queimada, mas boa mecânica. Já roddou mais de 1200 km comigo, me acompanhando como passageira e acho que se tivesse dinheiro, me ajudaria a levantar ele. Todo homem merece uma assim. Especialmente os gearheads.)

          • XRS250

            Parabéns pela sua esposa e ela está certa.

          • Namorada por enquanto. Sou novinho, tenho só vinte e confesso que dei uma baita cagada porque era alguém que conheci ao acaso na Lapa(RJ) e tinha tudo pra dar errado.
            Todo gearhead merece uma assim e acho que todos no fim encontrarão auhahua

          • XRS250

            Isso é normal. acontece mesmo.

          • XRS250

            Só citei como exemplo, poderia ser Chevette,Fusca ou algo do gênero. aliás eu quase tive como primeiro carro um Corcel II LDO 1.4. aliás eu achei o seu Corcel I bem legal e inteiro.

          • Renan Santos Vieira

            De boa cara, só pra descontrair um pouco…lol

          • XRS250

            KKKKKKKKKKKK. então beleza.

        • Sinatra

          Não é apenas chato, mas costuma ser papo de mulher que se põe acima do cara no relacionamento, e aí fodeu. Com o tempo ela fica pior e mais exigente, e o saco do cara cada vez mais cheio.
          Ou fecha o pau logo ou, com o tempo, dá divórcio, quebra pau e toda aquela situação maravilhosa que chega até a acabar em homicídio.

          • XRS250

            Bem isso mesmo. aliás concordo contigo. ou seja ela quer por acima do cara. eu acho isso chato.

  • Drift UndergroundBr

    Quem cria um relacionamento com o carro dificilmente volta atras de escolhas mais simples e praticas.

  • LeonardoXR3

    Lindo carro. Meu irmão tem um CD 3.0, 94. Ótimo carro.

  • Thiago Novaes

    Esse carro é foda! Parabens pela aquisição e espero ansioso pelos proximos capitulos. Sempre tive a curiosidade de saber como é a rotina dos Omegas.

    • Rodrigo Mora

      Obrigado! Pode deixar, já estou preparando os próximos capítulos. Abs!

  • Rafael Costa

    “” Ela me exigiu que um dos dois fossem embora, e com muita dor no coração vendi a Ninja “”

    ahh não cara, vender/deixar de fazer algo que gosta por causa de mulher não rola, nessa hora você deveria era ter dado um pé na bunda dela, na boa.

    e parabéns pelo omegão.

    • RodrigoSM

      Pelo menos foi a moto e não o carro…

      • gabr13l

        Em mim doeu tanto quanto, paixão por motos, especialmente kawasakis, falou alto

        • msouza91

          Umas Ninja 250 cê compra em qualquer esquina, um Omega desses não, acho que foi razoável a escolha dele

    • Coffinator

      Se a mulher te pede pra escolher entre algo que você gosta e ela, não é mulher pra casar.

      • XRS250

        Geralmente a mulher tem que aceitar. mas no caso dela é compreendeu? continua com ele? beleza se não é por que ela é aquelas mulher chata para caramba.

        • Angelo_Jr

          Mas falemos a verdade, neste caso ela tava certa, o cara fudeu o orçamento pra comprar o Omega. Se não fode orçamento, o cara tem direito a manter os carros. Mas não é o caso.

          • XRS250

            Ah não se ela disse. vende alguma coisa tudo bem e vendeu a moto e continua com ele beleza. pior é vender a moto e não continuar com ele. aí é fogo viu….

          • Scarified_8

            E será que ela vendeu algo que ela tinha, para ajudar tb?

          • XRS250

            Também tem essa. lembrando a história do Atila do Maverick V8 quatro portas que a mulher estava grávida e ele pensou “vou ter que comprar uma minivan” e em vez disso a mulher dele deu o maior apoio para comprar o Maverick.

          • Angelo_Jr

            creio eu que não, se o orçamento já tava feito e o cara comprou na pira, ele que teria de se virar. Seria realmente muito bacana da parte dela se ela ajuda-se, mas como podemos notar, a mina não é gearhead, e deve pensar que o Omega é “só mais um carro”

      • NightRider

        Pelo menos a minha aceita e entende o meu amor pelo carro

        • XRS250

          Parabéns para ela. afinal não tem como odiar o Familia II CX20E. hehehhe

    • rafael soares domingues

      Acho que a situação do Rodrigo não foi o caso. O cara estava endividado e a noiva dele deu um conselho sábio, que foi o de vender a moto para quitar as dívidas.

      Eu faria isso na boa. Melhor ficar com nome limpo do que apegado numa coisa que depois eu posso comprar novamente e até melhor.

      Nem sempre um passo atrás é um erro.

      Saber recuar pode fazer parte de um plano muito maior que no futuro pode render muitos brinquedos mais legais e potentes.

      A vida dá muitas voltas.

      • XRS250

        Ah sim. se ele vendeu e ela continuou com ele. beleza. aí não vejo problema.

    • LeandroL641

      Quando é namorada/esposa é até tranquilo, pior é o meu caso que a mulher é minha mãe, e o pior é que por ser mãe ela sempre tem razão, eu vou e faço e no final percebo que ela tava certa. Quando comprei meu Omega ela dizia que bebe pacarai (comparado com o corsa que eu tinha) e dá manutenção e infelizmente ela tinha razão, falando financeiramente é só perda, ainda bem que eu adoro aquele canalha bebedor de gasolina.

    • Marcelo Henrique

      Um dia eu perguntei para a minha mãe se ela teria algo contra se eu comprasse um carro usado, ela disse que não.
      Depois perguntei e se fosse um carro de manutenção complica e cara, ela disse que se eu tivesse como arrumar não teria nada contra, afinal o dinheiro para tudo é do meu trabalho.
      Depois perguntei se ela teria algo contra se eu comprasse uma “bomba de mercado”, tipo um carro turbo ou algo do tipo e ela respondeu que podia ir em frente desde que estivesse com a mecânica em ordem e que fosse de fábrica.

      Te amo mãe, rsrsrsrs

      • Artur

        Fiquei imaginando sua mae dizendo
        -Mas so se for de fabrica, filhao! Nada de AP treiskilimei

  • Fernando Pavani

    Só pra eu entender melhor: em 98 os GLS saíram com as Powertech? Não sabia disso…

    • Valdeir Jr.

      Sim. E os CD’s saíram com umas rodas bem feinhas.

      http://farm4.staticflickr.com/3246/13019583204_293804b286_o.jpg

      • XRS250

        Prefiro aquela antiga do CD que esteve no GLS 1998. essa é bem mais bonita….

        • Valdeir Jr.

          Eu também, mas aquelas dos primeiros CD são as mais bonitas e, de quebra, vêm com o 3.0, haha.

          Essas do CD 98 parecem de aftermarket barato, bem tosco.

          • XRS250

            Concordo contigo, as dos primeiros CD são bem bonitas.

          • Fernando Pavani

            Sem falar no que foi dito: vinham com o motor 3.0.

            Pra ser sincero, gosto dessas rodas estrela de 1998. A surpresa foi ter a utilização das Powertech na linha GLS. Queria muito ver esse prospecto do salão, que o autor alegou ter: os pára-choques vinham na cor do carro, também?

          • XRS250

            Sim. eu acho que desde 1995 os para-choques do GLS vinham na cor do carro. afinal é um Omega que era o topo de linha da GM na época. né?

          • Fernando Pavani

            Até 1997 eles saíram na cor preta, isso tenho certeza!

          • XRS250

            Pode ser até 1997 por em 1998 a GM fez as ultimas mudanças antes de chegar o modelo importado então pode ter aproveitado para colocar o para- choque na cor do carro para o GLS.

      • Celio_Jr

        Fui surpreendido 2X:

        1º Não sabia que saiu GLS em 98 (por falta de atenção, pois, poderia ter visto em classificados ou nas minhas revistas QR);
        2º Muito menos imaginei que o GLS saiu com as rodas powertech, já devo ter visto e pensado que foram colocadas posteriormente;

        Só gostaria de saber de onde a GM tirou as rodas do CD 98, além de não combinar com a proposta, permaneceram na linha por apenas um ano, e não saíram em mais nenhum modelo…

      • DJUNIOR

        Essas redondas ficariam lindas numa S-10, mas no Omega ficam estranhas…

  • RodrigoSM

    Cara, bela máquina…

    Notei que vc estaciona igual eu, bem perto da coluna dos prédios… rs, afastam-se as batidas de porta e possíveis manés, que acertaram a coluna antes do parachoque do seu carro… rs

    • Rodrigo Mora

      Pois é, ajuda, mas né é garantia. Obrigado e um abraço!

  • Marcos Camillo da Silva

    Parabéns, um dos carros mais confortáveis que já andei, sem dúvidas, minha queda é pela Suprema.

    • Crazy_finnish

      A minha também. Mas fiz dela minha parceirona.

  • Belissimo
    Meus parabens *_*

  • Saulo

    Ahhh se eu tivesse uma barca dessas…

  • Geraldo J. Gattolini

    Ainda é um dos carros mais avançados fabricado no Brasil. E tenho certeza que manter um carro original é mais caro do que modifica-lo. Sem dizer que é muito, mas muito mesmo, difícil. Lembro de como era complicado achar as peças do Marea.

    • XRS250

      Gremista? parabéns. pena que não deu para ganhar do Atlético-PR. eu também sou Gremista.

  • Lemes

    eu sei o que esse cara disse sobre amar o carro que tem. Tenho um Celta super 2002. As pessoas que as vezes andam comigo reclamam do barulho pelos defeitos de suspensão, ate eu reclamo as vezes pelo numero de amassados e peças a serem substituídas por causa do desgaste ( acho que vou gastar mais em peças que quero trocar do que o quanto vale o carro hoje) mas não o troco por nada, porque só eu sei o quanto esse carro me da alegria. Se eu tivesse um projeto pronto teria o inscrito pro Project cars. Na próxima leva de inscrições terei condições de inscreve-lo.

  • Leonardo Brito

    “Não nego que de vez em quando bate a tentação de ocupar a sua vaga com um carro mais forte e novo, tipo um Civic Si. ”

    Civic Si não tem um décimo do carisma e da imponência desse Omega… noves fora ser um PUTA carro nem chega aos pés do Absoluto.
    Só o que me fode nesse carro é o motor 4.1… tá, eu sei que o 3.0 tinha sido descontinuado, etc. e tal, mas cacete… não tinha opção melhor na prateleira que o 4100? Puta motor mas não tem nada a ver com o Absoluto.

    • Crazy_finnish

      Brother, te falo que VC tá certo. O 4.1 fode o carro. O meu já moeu a 5ª marcha do câmbio além de alguns pneus traseiros. Por mais que VC seja cuidadoso, o velho 4.1 demonstra sua verve.

      • XRS250

        O que é isso triturador de câmbio? será que não é especificação Opel R-29? no limite do torque ou não tem nada a ver?

        • Crazy_finnish

          Hehehehehe. E olha que esse Getrag do Omega aguenta muita porrada. Sei lá? Eu forçei na arrancada e aconteceu…
          😀

          • XRS250

            Aí pode ser. mas de qualquer forma sei que os cardãs usados nos últimos Opala seis bocas aguentavam um tranco danado…..

          • Crazy_finnish

            O Omega usa o cardan igual aos BMW, com aquela borracha conhecida como Bolachão. Devido a suspensão traseira independente, ele flete pouco e aceita a borracha.

          • XRS250

            Ah entendi então, talvez o cardã do Opala não pode ser usado por causa do eixo rígido, já que o Omega é bem mais refinado na suspensão traseira. então está explicado. obrigado Crazy!

          • Crazy_finnish

            Como os Omega “A”, que é o modelo do Omega nacional, foram feitos pra rodar em Autobahn, ele usa esse cardan pra possibilitar velocidades de cruzeiro de 200km/h (coisa fácil para um 3.0), com todo conforto e segurança. Coisa que um carro com eixo rígido não faz. Um Opala a 170km/h vira uma cadeira elétrica e só pessoas que conhecem muito o carro se arriscam a levar ele além desse limite.

          • XRS250

            Ah sim, isso é verdade o Omega A foi feito pela estradas sem limite de Alemanha. então como você disse. você que talvez forçou a arrancada. então essa história de R29 no limite do torque não tem nada a ver , por que se não o meu(F13) já estava moído por que está no limite do torque(Corss Sedan 1.6 13KGFM). e lógico um Opala a 170KM/H já fica complicado, aliás eu acho que até 100KM/H ele vai bem, depois do 100KM/H….. olha o poste! rssss

      • DJUNIOR

        Rolam boatos de que o GM 250 ganharia um duplo comando no cabeçote e 24v pro motor respirar melhor… Quando eu li sobre isso uma vez fiquei imaginando a ignorância que seria com uns 250 cv despejados para a vitima(M/T, já que a A/T aguenta melhor o tranco)… Ma$ a GM capou o$ engenheiro$ dessa brincadeira…

        • XRS250

          O câmbio também custava colocar os cardãs feito pela Dana que eram usados no Opala? que aguentavam o tranco? resolveu usar a R-29 ou seja no limite do torque….

        • Marcos Amorim

          Há pouco tempo apareceu um cabeçote 24V argentino para o GM 250, mas não sei que fim levou. Seria para pista, mas nada impede que fosse usado na rua.

          • XRS250

            Eu acho é para os campeonato de Turismo Carretera( não confundir com TC2000) onde competem os veteranos Chevy Nova, Ford Falcon, Renault Torino e Dodge Polara(o argentino é claro e não o nosso que lá é VW/Dodge 1500).

          • DJUNIOR

            Vendo os V8 Hayabusa argentinos é bem capaz de ser possível usa-lo na rua também.

        • Sinatra

          Este retrabalho pesado de cabeçote quem encabeçou, na época, foi a Lotus. A GMB não encarou os custos e mandou ver apenas nas mudanças que não alterariam a arquitetura básica do motor, por questões de custo.
          Ruim para o pessoal que gosta do six in line, já que seria uma peça tão cobiçada pelos 250tistas quanto cabeçotes Ardun pelo pessoal do flathead, mas decisão acertada da GM, já que os investimentos muito provavelmente jamais se pagariam na longevidade deste motor em linha (o que restou ser bem acertado, já que em carros de passeio foi aposentado com o Omega poucos anos depois).

          • XRS250

            Talvez poderia ter usado num hipotético Omega GSi….,,
            Mas de fato a GM preferiu acreditar no populismo cambial e importar o Holden Commodore da Austrália e agora a GMB desde 2012 não importa o modelo e em 2017 ele não será mais fabricado na terra dos cangurus.

          • DJUNIOR

            Vendo por esse lado foi até uma boa ela ter feito isso, já que o motor durou pouco e mesmo sendo usado também pela Silverado/Grand Blazer o custo seria inviável para mantê-lo a longo prazo.

    • FSader

      Omega é um carro legal, foi um marco na industria automotiva na época, mas não tem como comparar com o Civic SI. Falar que não chega nem aos pés ? um pouco de exagero. 2.0 4cc aspirado rendendo 25 cv a mais que um 4.1 6cc que faz em média 5 km/l… .

      Omega é puta carro sem dúvidas, confortável, espaçoso, com uma suspensão excelente e rodagem prazerosa. Mas acho que são carros com propostas totalmente diferentes. Ambos tem suas qualidades, e não acho que seja possível comparar de forma ” justa ” ambos os carros.
      Lembrando que o Omega do rapaz do post é o 2.2 com 116cv. O carro é bonito e tudo, mas vamos com calma.

      Comentei a umas semanas atrás a mesma coisa por aqui, que o omega sofre do mesmo problema de Gol quadrado, Marea, Opala. Os admiradores viajam demais ao falar dos carros.

      • Leonardo Brito

        Falei apenas em termos de carisma e imponência, tanto que fiz questão de frisar que o Si é um puta carro.

        Tem nada de “viajar”, “exagero” e whatever… nem citei as mecânicas porque sei que o espanco a favor do Si é forte.

      • Eduardo Mateus Klein

        Apolo 11 tinha um 250 com Weber

        • FSader

          Apollo 11, a missão lunar ?

          Não entendi aonde você quer chegar, mas você tá afirmando que usavam os motores 250 no sistema auxiliar de geração de energia para a partida dos propulsores do programa Apollo?

          É bem possível, afinal, era a saída à época para gerar a energia necessária para ligar os propulsores. Assim como hipoteticamente usaram o straight six da GM, poderiam ter um usado um V12 Lambo, V8 Ferrari, creio que escolheram o motor GM pois estavam mais familiarizados com ele. Isso era comum nos anos 60 e 70, usavam V8 preparados para ligar os motores do SR-71 Blackbird

          Mas o que isso tem a ver com o que eu comentei ?

          • Rafael Costa

            sabe de nada, inocente…

    • rafael soares domingues

      Quando pega amor fica complicado comparar com alguma coisa.

      O Si tem o seu lugar. Para mim o japa e mais carro que o Omega do colega. No offense.

      Essa coisa com carro só depende de dar espaço para uma nova paixão. O cara poderia passar Omega pra frente, iria sentir aquela dor no coração, ficaria noites em claro lembrando dos bons momentos. Isso e normal.

      Isso iria passar até que ele encontrar um novo parceiro, um novo colega de emoção. Aí seriam novas histórias, novos aprendizados e uma nova ligação.

      Depende da disposição de desapegar e isso nem sempre e fácil.

      • Leonardo Brito

        Falei apenas em termos de carisma e imponência, tanto que fiz questão de frisar que o Si é um puta carro.

        • rafael soares domingues

          Eu entendi. O Omega é um carro que marcou gerações. E, comparativamente, o GM deve ter marcado muito mais o mercado no seu tempo do que o Si, devido a tecnologia que talvez eram inéditos para a época.

          Não me recordo de nada daquele tempo, mas meu tia tinha um e quando ele chegou na minha cassa com ele eu acreditei estar vendo uma nave pousando na frente de minha casa.

          Um amigo meu tem um Azul que está lindo.

      • Rodrigo Mora

        Sem dúvida o Civic é mais carro. Aí que tá, não quero desapegar..hehehehe. Minha garagem ainda vai ter os dois..rs

        Abs!

  • felipereira

    Faz igual eu, quase encosta na viga para não ter perigo de retardados/mulheres/dondocas/patricinhas amassarem o vinco. Tenhonjojo de gente que bate na porta dos carros dos outros e faz como se nem tivesse visto. Esses dias estava no big (supermercado do RS) e vi uma patricinha bater em um Uno, ela viu e falou para a amiga dele que era um Uno e não importava, tirou o carro da vaga e botou em outro lugar, detalhe, o carro dela era um tucson, arrebentou a porta do Uno.

    Esperei elas saírem, olhei para os lados, e dei um risco em toda a porta do motorista, com requintes de amassados.

    Não era o correto, mas fiquei com minha vingancinha.

    • GSB

      Teve um filho da puta aqui na minha rua, que passou com sua Meriva Táxi pertíssimo de mim, eu estava na calçada e a rua é grande, estava chuvoso e formou tinha formado uma poça enorme de água exatamente a onde eu estava… A rua não estava cheia, e ele estava chegando em casa, é vizinho meu (Sua família já teve certas desavenças com o dono do prédio onde eu moro, brigas de terreno). Simplesmente o desgraçado passou na velocidade do capeta, e me molhou completamente, e claro, de sacanagem…

      Dias depois, quando encontrei o táxi dele fora de sua porta, perto da praça (local onde eu recebi o “Tsunami”) observei a redondeza para saber se tinha alguém na rua, continuei a andar pela calçada, e como onde eu estava era coberto por árvores, me dei ao luxo de tirar a minha chave do bolso, e caminhando no mesmo ritmo risquei quase toda a lateral do veículo 😀 Não é o correto, não aconselho a ninguém repetir tal ato, agi por impulso, mas filha da putice tem preço…

      • felipereira

        Porra…ai merece mesmo! Tem uns que fazem por gosto mesmo, porque da pra ver a possa tranquilo e tem um espação pra passar do lado…

      • lightness RS

        cara, sabia q fazer isso de molhar os outros é previsto no código de trânsito ? hehehe tinha q ferrar esse viado kk

        Art. 171. Usar o veículo para arremessar, sobre os pedestres ou veículos, água ou detritos:
        Infração: média;
        Penalidade: multa.

        • Marcos Amorim

          Sempre que dá eu diminuo ou tento contornar a poça. O sujeito já não está em um lugar com as melhores condições de andar a pé, tomar um banho de água suja é o cúmulo da filha da putagem. Só que em alguns casos não tem como, como aqueles caras que insistem em andar na beira de uma pista de trânsito rápido as 18:00 de um dia da semana.

      • Filipe Machado

        Sempre que vejo um carro na rua todo riscado de chave, tenho a certeza de que o dono é um FDP

        • D.Luff

          Nem sempre velho, eu tinha um escort 89 era meu xodó um dia deixei ele no supermercado um filho da puta rabiscou meu carro todo só por covardia, realmente tem dono de carro que é fdp e merece mais tem gente que faz isso so pq nao consegue vê o outro com algo bem conservado.

          • Hamghzou

            Uma vez eu indo pra escola vi uma fdp que saiu numa fileira de carro imensa riscando eles de ponta a ponta na rua, pura filha da putagem

          • José Alexandre

            Isso eu tenho vontade de fazer com aquelas vidia de riscar piso, aqui perto de casa tem uma rua q é mao dupla, e é proibido estacionar… sóóó que nao adianta nada aquela placa ali, e a rua é um pouco movimentada, acaba q fica a maior desgraça qnd vai passar carros em ambos os sentidos… fora q um fdp jah bateu na porta do meu carro e nao assumiu nada…

        • Fábio Dantas

          Nem pensar! Já quebraram o retrovisor do meu carro de graça, no pontapé, sendo que eu moro no mesmo lugar há muito tempo, paro meu carro no mesmo lugar, não atrapalho ninguém e sempre sou um cara educado com a vizinhança. Me diz, que diabos levou alguém a destruir um retrovisor de um carro que não atrapalhava ninguém? Recalque, falta de educação, ódio gratuito, chame como quiser. Paguei o prejuízo, mas o cara continuou a ser um lixo da sociedade, que tem raiva do mundo por ele ser aquele resto, aquela sub-espécie.

          E esse tipo de gente me desanima de comprar um carro mais caro. Vão quebrar uma peça dele, vou gastar muito mais pra arrumar.

      • Leonardo Emerim

        Gostei das sugestões de vingança…. Já tive raiva de um sujeito uma vez, mas pena que ele andava a pé…. eu teria feito um (ou mais) miguelitos, e deixado discretamente embaixo dos pneus dele….

      • Elton Cesar Malfatti

        Eu tenho o seguinte ponto de vista, se o cara não mexeu com seu carro, não mexa com o dele, por mais que seja filho da puta, se você tem algo a acertar com ele resolva no braço, mas não desconte no carro, acho isso uma tremenda covardia.

        Agora se a pessoa estragou seu carro ai a historia muda…

    • XRS250

      Eu sou bem radical eu gosto de estacionar bem longe dos outros carros e em dia de pouco movimento, graças a deus poucos riscados.

      • felipereira

        Esse é o correto mesmo! Problema que tem lugares que não tem jeito, ou deixa na rua, ou deixa no aperto, e na rua não da pra deixar.. Ainda mais que é um carro visado pra desmanche, tem que andar cuidando ao maximo!

        • XRS250

          que carro que é o seu por curiosidade? mas lógico eu sempre me apertei e me lasquei então deu deixo longe dos outros carros e vou sempre ao mercado em dia de menos movimento. e deixo o carro longe dos outros.

          • felipereira

            Não é meu, pra te falar bem a verdade nem tenho carta, rs. Mas é um Uno 1990, carrinho ta bem direitinho, deve atiçar os vagabundos… E pelo menos no estacionamento o coitado esta mais seguro hehe.

            Ainda mais que já se tem um histórico na familia, o xodó do meu pai, um Passat, quase foi feito em pedaços, o cara roubou mas graças ao corta corrente o Passatão esta aqui a salvo hehe.

          • XRS250

            Sempre o Uno atiça os desmanches, assim como o Corsa.

          • felipereira

            Bah, esses vagabundos é coisa bem triste! Não se tem paz mais pra deixar o carro na rua, e pra falar a verdade fico meio preocupado até em alguns estacionamentos…

          • XRS250

            Isso todo mundo fica até eu fico.

        • FSader

          Essa história de deixar na rua, já me ferrei com isso uma vez.

          Tive um A3 180 duas portas que cuidava como se fosse meu filho, o carro era lindo, e super bem cuidado. Um dia um amigo meu me chamou pra ir passar um final de semana na casa de praia dele. Perguntei se tinha garagem antes de ir, ele disse que era uma rua residencial e que não tinha problemas de deixar o carro na frente da casa. Só que quando cheguei, percebi que a porra da casa ficava BEM perto de uma praça aonde tinha bares e etc. Procurei estacionamento, mas não tinha, sabe como é cidadezinha de interior.

          Pra que eu fui confiar ? Meu carro tava enceradinho, brilhando. Como ficamos bebendo a noite, até antes de ir dormir eu dava uma olhada no carro de meia em meia hora.
          Mas quando dormi e acordei no outro dia eu até brinquei com com os meus amigos e disse ” Já pensou se meu carro tá riscado toda a lataria ?! “. Pra que eu fui falar isso…

          Quando eu vi o carro, algum filho de meretriz riscou a lateral do motorista inteira. Pessoal já sabe como eu sou ligado com os meus carros e viram que naquele momento o final de semana acabou pra mim. Vim embora xingando até a tataranetos do fdp.

          É foda, é só dar um vacilo que tem algum safado pra estragar as suas coisas. E por incrível que pareça, Gearhead chama essas merdas, porque ao lado do meu carro tinha vários e riscaram só o meu.

          Tive que mandar pintar e o arcar com o prejuízo. Fazer o que…

          • cleyton faria

            Meu SI veio com um risco de fora a fora no aerofólio, toda vez que vejo aquilo fico triste, logo logo mando pintar de novo o ficar td como deve ser

          • XRS250

            que pena um dos aerofólios mais bonitos que eu já vi em carros nacionais….

          • Miguel Osterroht

            “…casa de praia dele… …sabe como é cidadezinha de interior.”

            Whats? hahaha

            Mas falando sério, fdp invejoso é f*da, se visse fazendo isso com meu carro o cara teria sorte se saísse vivo…

          • FSader

            EASHUEAShe

            Miguel, é que que pra cá a gente chama as vezes de interior o litoral também. Foi força de hábito HAHAHA

      • einszweidrei

        Eu faço o mesmo, e se estacionar na rua, tento parar do lado de um poste de luz. Pois assim um cara que tenha uma chave na mão, vai desviar do poste e provavelmente não vai riscar o carro ashuashsahuashuhuas

        • XRS250

          Isso é verdade. e isso é bem inteligente mesmo.

    • Nei Fidelis

      O justiceiro!

      • felipereira

        Porra, mas da raiva mesmo, o cara sua a camiseta pra comprar um carro, pra manter, pra pagar a gasolina, impostos e todo o resto das enrbadas do governo e ainda ter um filha da puta pra estragar…ai é foda.

    • RodrigoSM

      dica 2: Murche os 4 pneus, passe super bonder nos bicos, feche-os, sente-se num bar próximo, compre uma Coca Cola com gelo e limão e observe com aquele sorriso sua vitória… kkkk

      • lightness RS

        já fiz essa de murchar os pneus, mas colar com super-bonder é sacanagem AUHSUASHUAHSUHUHSA

        espero q ngm apareça merecendo isso senão essa ideia vai aparecer na minha cabeça…

        • RodrigoSM

          Imagina o trampo pra arrumar toda essa treta… kkkkk

          • msouza91

            eu sempre ando com uma superbonder nova na caixa de ferramentas do carro, agora eu torço pra não aparecer ninguém que mereça, pq a ideia tá na cabeça

      • Fred Fuchs

        Passar super bonder nos bicos! KKKKKKKKKK! Sacanagem pouca e bobagem!

      • felipereira

        Essa é foda! essa semana ainda vou deixar um potinho de super bonder e um palito de dente no porta luvas…kkk

      • NightRider

        Epico, só conhecia o esquema da batata, esse da Cola é nova hahaha

      • André Ricardo

        Furar os 4 pneus com 4 seringas, mas fazer os furos pela lateral do pneu e quebrar as agulhas lá dentro.

      • cleyton faria

        vontade de murchar os pneus dos folgados que estudam na mesma faculdade que eu estudo, pois eu paro o carro bem longe, mas os espertos param em uma rua super apertada, para completar eles param sobre a calçada. quando eles param lá só passa um carro por vez, já teve um folgado que trancou a entrada de uma casa parando um HB20 de frente ao portão, ah se fosse minha casa, eu bateria aquele portão naquela bosta até chegar na lata kkkkkk. a minha vontade mesmo era ver um caminhão passar por lá e fazer um pequeno estrago para esses manés deixarem de se acharem os espertos.

      • JG911

        Vlw pela dica. Já sei qual será a destinação do tubo de super bonder q tá no meu carro e não tem, ou melhor não tinha, mais serventia!!!
        E o meu ainda é o gel, que é mais sinistro ainda!!! rsrsrs

      • Jorge Ferronato

        E coloca uma banana ou batata dentro do cano de escapamento, bem lá no fundo.

      • Arts_Maverick

        Cara, fiz muito isso de murchar os 4 pneus quando morava perto de um estádio e estacionavam na porta de minha garagem… Afinal ninguém pode te acusar de destruir patrimônio alheio por murchar pneus.
        Mas vou ser sincero, queria ter tido está malévola idéia do superbonder nos bicos na época… kkkkkkkkkkkk

      • Diego

        Aproveitando o super bonder também dá para jogar dentro da fechadura do animal. O ruim é que náo funciona com quem não usa a chave para abrir o carro. (Quase todo mundo)

      • Neto Neto

        Putz me mijei de rir hasuashuahus

      • 0nurb

        uma vez uma visita do vizinho largou o carro na frente da garagem aqui de casa. chamei o cara e nada. percebi ele olhando pela janela, mas ele fingiu que não me ouviu.
        fiz um contorcionismo automotivo e tirei o carro. aí eu vi um montinho de bosta de cachorro no chão e não pensei 2 vezes: peguei um pano, peguei a merda e passei nas maçanetas, nos retrovisores e no vidro da frente até a bosta acabar.

        • Sarsa

          hahaha estou me rachando aqui. Quinta feira passada, véspera de feriado, um arrombado parou um C4 na frente da minha garagem. Cheguei com esposa e bebê e o carro lá. Pensei em fazer uma maldade, mas minha esposa viu que o carro tinha anuncio de venda, liguei para o cara e pedi pra tirar. Sorte dele que estava vendendo o carro.

      • Luiz Rogério Mariano

        kkkkkkkk muito boa essa… kkkk uma vez um fdp parou em fente de casa as 17hrs numa quinta feira e saiu as 18hrs da sexta…eu não tive essa ideia do super bonder mas eu tinha fluido de freio que havia comprado para meu antigo uno… imagina como nao ficou a pintura dele no sol de uns 35º que fez na sexta…

    • Bruno PR

      Quem nunca? Teve uma vez minha mãe estava dirigindo o carro do meu pai, e ela é doente com essas coisas de portada e amassado no próprio carro, imagina quando está com o carro dos outros na mão, então parou com todo cuidado no shopping mantendo bastante distância dos dois lados, um filho de uma cadela com uma Weekend Locker estacionou grudada no nosso carro e lá estava uma bela marca de portada, eu não apenas risquei o carro, eu escrevi por extenso: V**DO com minha chave, só me lembro de tirar os pedaços de tinta da Weekend na volta pra casa kkkkkkkkkkkk. Além da vez que o carro do meu pai estava parado na rua e quando voltamos tinha um Chery QQ encostado na traseira, riscar na lateral? Nada, meu velho riscou o capô todo, e eu dei um chute no parachoque. Extremamente hostil e desnecessário? Sim, mas se você não cuida do seu carro, pelo menos não ferra com o carro dos outros, tanta gente que faz de tudo pra manter seu xodó inteiro pra uns idiotas darem portadas e encostadas? Se é pra deixar meu carro marcado, vai receber o troco.

      • FearWRX

        Não tiro a razão de quem faz isso, embora eu nunca tenha feito e COM CERTEZA faria algo assim se fizessem isso no meu carro. Já me coloquei em várias situações; “Se fizessem isso, eu faria [aquilo]”, “Se acontecer [isso], eu faço [aquilo]”.
        Eu tenho, sinceramente, medo, do que eu seria capaz de fazer se visse alguém batendo a porta no meu carro ou fazendo o MÍNIMO que fosse á ele.

    • Raulns

      Concordo em questão de uma semana o meu carro que tem menos de 10mil km levou TRÊS batidas de estacionamento 2 na facul e uma no mercado. O pior é que nem desculpa o FDP pede. Agora meu carro ta arranhado e bateu aquele desanimo de cuidar como antes, sem contar o prejuízo que vou ter que arcar..

      • Vinícius Arruda

        Nem me fala, o meu tem 12 mil e já tomou 2 raladinha.

    • Augusto Junior

      tem uma vizinha aqui no meu condomínio que sempre abre a porta do logan dela como se meu clio não tivesse do lado. Dois meses observando ela sempre fazer isso com meu carro, um belo dia, encostei bem perto do carro dela, e abri a porta com uma violência que chegou a amassar a lateral do carro dela. Estraguei um pouco minha porta, mas a lasca na lateral dela foi bem pior kkkkk…

      • XRS250

        Mulher que anda de Logan? ela deve gostar de Dacia. hhehhehee

        • DJUNIOR

          Você quis dizer: carro do marido/namorado/pai dela hehehehehehehehe

          • Augusto Junior

            o logan é da família, o marido dela abre a porta descentemente, é só ela e os filhos mal educados dela que fazem essa merda no meu carro. Se continuar, vou acabar usando a nova tecnica que aprendi aqui, murchar os pneus e passar super bonder kkkkk

          • XRS250

            A resposta está aí. heheheh

          • XRS250

            Olha a resposta está mais abaixo.

    • Marcos Amorim

      Na garagem do prédio o GTS fica com a lateral direita encostada em uma parede e a esquerda fica “livre” para a vaga do vizinho. As vezes eu acho difícil que seja ele, mas não tem como a lateral esquerda ser tomada de ovinhos, amassados, riscados e lascadas enquanto que a lateral direita é quase que inteiramente lisa. Por causa disso já decidi que vou repintar e desamassar essa parte e colocar sobre a divisão da garagem, mais para o meu lado, um portão metálico igual aqueles de elevador antigo. Se ele não conseguir abrir a porta só posso lamentar, porque estará dentro da minha vaga e preservando aquilo que cuido com tanto carinho.

    • msouza91

      Uma vez eu estacionei numa vaga paralela, daquelas que vc tem que fazer baliza, acontece que a ultima vaga é no final da rua, onde faz um T com uma via de transito rápido, um dia um FDP colou o carro dele no meu, criando uma vaga bem na curva (meu carro estava na última vaga) e prejudicando a visibilidade de quem queria sair da via, quando eu vi que ele fudeu com o aplique de plástico da frente do meu carro, fiz o que qualquer pessoal racional faria, engatei o D e empurrei o carro dele até o meio da pista, depois fui embora.

      • Jorge Alberto

        ganhou um fan! rs

    • LeandroL641

      Esses dias um nojento parou um C3 aircross com a distância pro meu carro como a viga da foto e o outro lado já estava bem colado numa parede.
      Bom, o C3 colado do lado do meu carro era novinho, o meu carro é daquele tempo em que carros eram feitos de aço forjado em marretas e bigornas e eu precisava abrir a porta pra entrar, acho que não preciso dizer quem levou a pior.

    • GabrielF100

      Lembro de quando eu era pequeno, meu pai teve um problema sério de coluna e, quando estava se recuperando, foi ao supermercado comigo de carro, uma das primeiras vezes que ele dirigia em quase um ano que ele ficou em casa. Um fdp com um Vectra novo (bem, na época era lançamento) encostou MUITO colado no nosso carro, daí meu pai cheio de dor teve que se contorcer pra entrar no carro. Nunca me esqueço da imagem dele depois de entrar no nosso carro, batendo a porta no Vectra com força e dizendo de forma sarcástica “mas que saco essa minha porta que não fecha”. Depois de três batidas bem embaladas fomos embora e meu pai literalmente chorando de dor por causa da coluna.

    • castilho17

      Dia do balanço é o dia que lavo o carro..
      Ja perdi a conta dos amassadinhos nas portas, riscos nos frisos e parachoques causados por barbeiros e sem educação na faculdade..

    • Marcos Alvarenga

      Furar pneu acho pesado. Mas colocar uma coxa de frango crua dentro da calota de carro eu já fiz e recomendo. O dono vai ficar cheirando carniça um mês até descobrir onde está.

    • Fábio Dantas

      Rapaz, eu ia falar isso agora! Hahahahaha! Coisa de motorista enjoado com seu carango. Tia Velha sempre fica colado na parede, pra nem ter risco de chegarem perto… Só não concordo muito com a vingança. Sei lá, vai de um a um, mas tirar foto do carro da cidadã e deixar um bilhete com teu telefone, para servir de testemunha, resolve bem mais as coisas. Não tiro tua razão, mas é o que eu faria.

    • Hodney Fortuna

      Quando estaciono meu carro em lugares apertados como estacionamento em shoppings, sempre procuro a vaga em pontas e deixo o carro enviesado justamente para evitar aquelas malditas “mossas” causada por crápulas individualistas.

  • Elder Júnio

    Em BH é relativamente fácil achar peças desse carro…
    Já ví alguns a venda por um preço bem acessível… História interessante, parabéns e sorte….

  • Crazy_finnish

    Parabéns pelo Omega Rodrigo. Sei bem o que é manter um. São quase 8 anos se Suprema como Daily car (já está com 196 mil km, pronta para viajar a qualquer lugar). O que incomoda com a idade são os acabamentos internos que o plástico resseca e quebra do nada. Felizmente estão aparecendo peças de reposição novas e de qualidade.

    • Marcelo Henrique

      Dizem que não existe parachoque frontal para o Omega, é verdade?

      • Crazy_finnish

        Existe sim, foi feito um lote e custava + ou – $500 na CCS da GM. Mas acabou. O Traseiro do sedan ainda acha, já o parachoque traseiro da Suprema só usado. Peça que não existe mais é a bomba de óleo do 3.0 e o logo “4.1”.

        • Marcelo Henrique

          Coisas de Brasil.
          Enquanto isso nos EUA é possível comprar qualquer acabamento para o seu clássico a um preço acessível.
          O estranho é que tem tanto Omega nas ruas que não entendo o porque de não vender estas peças nem mesmo como paralelas.
          Agora a bomba de óleo é sacanagem. Será que encontra na Europa?

          • Crazy_finnish

            Cara, eu nunca procurei, pois a Supra é 4.1, mas deve achar.

        • Adlei Brex

          O logo 4.1 foi parar em todas as traseiras de Omegas, Supremas, Opalas e Caravans 4 cilindros da época. Aí não sobrou nenhum pra reposição.

          • Crazy_finnish

            A empresa que fabricava o logo 4.1 com a letra de 95 a 97, faliu, e o molde ficou na história. Outras empresas ainda não se interessaram em fabricar a peça por dar trabalho conseguir a licença da GM e uma demanda pequena.

    • Rodrigo Mora

      Obrigado! Adoro Suprema, ainda vou ter uma..hehe. Jura que estão surgindo esse tipo de peça? Sabe onde encontro?

      • Crazy_finnish

        Cara, a principal fonte é o mercadolivre e o pessoal do Omegaclube, que tem peças em estoque (eu mesmo tenho algumas). Se der dor de barriga em alguém, sempre tem ajuda.

        Já se quiser uma Suprema pra chamar de sua, vou fazer um merchand:

        http://carro.mercadolivre.com.br/MLB-549863861-suprema-cd-41-manual-1996-vermelho-goya-painel-digital-_JM

        • Rodrigo Mora

          To precisando do mancal central do cardã, e não acho nem a pau…

          • Crazy_finnish

            Cara, comprei um da Rei, feito com borracha natural, ficou bom, mas ele é feito pra andar de boa. Se arrancar com o 4.1 com sangue no zóio, ele reclama. Procura o Rafael da Capital Cardans. É ele que comercializa a peça.

            Original é raro.

  • XRS250

    Parabéns pelo Omega está bonito para caramba. mas eu acho que as peças dele são caras.

  • Victor Gomes

    Putz, fiquei impressionado com esse gasto só de peças. Não parece que foram compradas tantas assim para 10 mil reais terem ido embora. E pensar que tem tanta gente que deixa de comprar um carro importado pq acha que vai gastar muito com peças…

    Sobre o Omega, realmente é um carro belíssimo, estou ansioso por mais fotos!

    • Rodrigo Mora

      É que até agora foram só as peças mecânicas…que ninguém vê. Abs

  • AxLima

    OFF TOPIC:
    Agora no atoananet.. hahaha’ sou obrigado a ler isso…
    Link da noticia:
    http://www.pintounoyoutube.blogspot.com.br/2014/04/carro-de-alta-potencia-e-perseguido-por.html

    • Nei Fidelis

      eu não lí isso…

    • XRS250

      Carro de alta potência? 128CV(116CV na fullpower) com o seu 0a100KM/H em 12.8segundos? então meu Corsa 1.6 de 92CV com 0a100KM/H em 12.8segundos é um carro de alta potência. hauhauahauahuahaaa

      (ironia). claro que o meu Corsa 1.6 não é carro de alta potência.

      • cleyton faria

        Mas seu corsa é um carro honesto, não tenta ser o que não é. Veloster é igual aquele cara que paga de comedor e na hora do vamos ver não da conta do recado

        • XRS250

          Sim. verdade, eu só estou ironizando o termo “carro de alta potência” e o GSi com seus 108CV e peso de 970KG se não me engano faz picadinho dele.
          Afinal o meu carro é um carro familiar com motor competente, não que nem o Lerdoster que promete e não cumpre.

          • cleyton faria

            o GSI é apelação, o seu já leva ele tranquilo.

          • XRS250

            Olha o meu empata no 0a100KM/H mas considerando que o meu tem 92CV então ele leva e o falecido GLS 1.616V com 102CV levava ele tranquilo inclusive a Wagon. mas tudo bem ao menos eu sei que eu estava comprando, já proprietário de Veloster….

        • Diego

          O pior é queos infelizes que tem esse carro acham ele o máximo.
          Meu primo estava na minha casa esse fim de semana e comprou um veboster e só elogiava, “já levei vários jetta 2.0 na estrada e olha que meu carro é 1.6, mas o que importa é os cavalos, 140 cavalos”.
          Primero que todo jetta e golf 2.0 é mais manco que saci. Até que eu cansei e disse meu carro pau véio tinha 140cv quando saiu da fábrica ha 17 anos atrás põe do lado agora para você ver os seus 140 cavalos. Vish não deu nem graça.

          • cleyton faria

            queria ver a cena, a proposito, qual é seu carro?
            sobre os VW, eu não acho que o sloster leve eles não.
            desde que comprei o SI tenho vontade de emparelhar com um sloster, sei que é igual a bater em bêbado, mas a vontade de humilhar o tonto do dono do sloster, que acha que seu carro é esportivo não tem preço.

          • Diego

            Tenho uma bmw 318ti.
            Os motores EA113, 2.0 do golf, bora, jetta e enfins são bem mancos sim, já tive um bora, o torque é bom porque esta ali desde sempre mas o giro demora para subir e ele não aguenta empurrar o carro, que por sinal é bem pesado.
            Mas vou falar que fiquei surpreendido com o Veloster. Abri uns 10 carros de distância até 220 (quando acaba meu câmbio) depois ele veio vindo devagarzinho se tivesse mais pista me passava e ia embora. reza a lenda que chega a 240 de final(DUVIDO).
            Agora de SI é chutar cachorro morto né.

          • cleyton faria

            realmente o 2.0 da vw não é dos mais fortes, mas o veloster ir a 220 não tem como, se o calibra e vectra GSI com 150cv e coeficientes aerodinâmicos variando de 0.26 a 0.29 e área frontal corrigida (área frontal x coeficiente aerodinâmico) de 0.5 e 0.59 m^2 respectivamente tem velocidades máximas de 220 km/h e 212 km/h fica difícil para um carro com 128cv, coeficiente aerodinâmico de 0.32 e área frontal corrigida de 0.69 m^2 chegar a 220, claro que o escalonamento do cambio também influencia, como no SI que tem velocidade máxima em 5ª com motor pedindo marcha e que ao colocar 6ª o motor não tem força para empurrar pois o giro fica abaixo da zona de acionamento o VTEC. por isso acho que a velocidade máxima de 195 km/h que o carros na web aponta para ele bem coerente, lembrando que para velocidade máxima o peso não influi, o carro pode até levar mais tempo para chegar a determinada velocidade, mas chega.

          • Diego

            Levar os VW 2.0 leva sim. Esse motor é bem motor que brasileiro gosta, tem muito torque em baixa mas não desenvolve bem e tem câmbio curto, se não me engano o bora/golf 2.0 não chega a 180 porque o câmbio acaba.
            Eu tenho uma BMW 318ti e vou te falar que estou curtindo muito a velinha viu, bem mais do que o Bora que eu tinha.

            O que eu fiquei meio surpreso no veloster foi que ele tem bastante final, abri uns 10 carros de vantagem até 220 quando meu cambio acabou, depois disso ele veio chegando devagar, se não acabasse a pista tinha me passado e ia embora. Meu primo disse, DUVIDO MUITO, que chega a até 240 de final.

            Agora levar veloster de SI é chutar cachorro morto. Mas que é bom levar essas jaca metido a esportivo é.

    • matheus

      chega de internet por hoje

    • Armando

      eu postei lá zoando e eles “nao aprovaram meu comentario” kkkkkkk

      • Lucas Lira Oliveira

        Também fiz isso!!! kkkkkk…

  • Ronaldo Prado

    tenho um 93 2.0, cujo qual comprei todo zuado a 7 anos e fui arrumando aos poucos. hoje está impecável, mas pra isso tive que me endividar, vender a alma e alugar o corpo.
    só trocaria de carro se fosse por outro omega, um 98 4.1.
    a dificuldade para achar peças de acabamento é o UNICO defeito do carro na minha opinião.

  • Thiago Amador

    Amigos Gearheads do FlatOut, estou para tirar minha carteira provisória para dirigir, e estou pensando em um new civic lxs 1,8 2007 ou 2008 manual – sempre MT hehe 😛 -… o que vocês, amigos experientes, acham desse carro?
    Valeuuu

    • XRS250

      Na boa não quero desanimar começar com um Civic é complicado, a não ser que você tenha condições de pagar e manter ele. para começo tem que ser algo mais simples e depois vai indo…. mas você faz o que quiser afinal o dinheiro é seu.

      • Thiago Amador

        Hm, estou vendo se eu consigo uma bolsa de 400 reais por mês, aí poderia separar 100/200 pra gasolina – não vou andar tanto assim- e o resto para a manutenção dele. Até porque honda e toyota são raros de dar problema, seria mais para trocar as peças que já estão gastas, tipo amortecedor, etc…

        • XRS250

          Vê se tiver “bala na agulha” vai em frente.

    • Marcelo Henrique

      É um carro excelente, só a manutenção que poderá ser cara pois é um modelo com um bom tempo de uso.
      O modelo manual não tem cabo de embreagem, ao invés disse ele usa um sistema hidráulico muito eficiente. Só que vez ou outra aparece um carro destes com defeito no cilindro de embreagem que pode para ser substituído precisa retirado o painel. Ainda sobre a embreagem, um kit novo fica por volta de R$1.000,00 (acho que você pode entender o porque de existir mais Civics aut.)
      A suspensão é um show de estabilidade, McPherson na frente e Duplo “A” na traseira ambos a gás. Podem aparecer problemas por causa da idade e uso do carro como os coxins (borrachas) ressecados e a troca é cara, sem contar que amortecedores novos são bem mais caros do que de carros populares como Gol, Celta, Ka e Uno pois são a gás.
      No motor só precisa fazer a regulagem de válvulas e verificar os suportes. Até as velas duram muito pois são de iridium.
      Mas antes de comprar verifique tudo isso com um mecânico experiente e que seja de confiança.

      • Thiago Amador

        Isso do câmbio manual desanima, também já li comentários dizendo que eles faz alguns barulhos ao trocar de marcha… Mas a versão com câmbio at está com preço bem parecido até. Só andando no carro para ver se o câmbio faz esse barulho…
        Motivo que estou pro lado do civic: Desde 2006 quando ele foi lançado, me “apaixonei” quando o vi e até hoje acho ele bonito – o painel de dois níveis é incrível-, além de ter uma boa mecânica e essa suspensão Duplo A.
        Obrigado por me ajudarem!

      • Marcos Rainier de Sá

        E o meu é aut., quando estragou a caixa foram gastou em torno de 4 mil DIlmas.

  • Carlos

    Rodrigo, meu pai tem um Omega 96 GLS com 127 mil km comprado zero que estou querendo arrumar. Será que pode me passar um contato para eu falar com você? Abs

  • Fórmula Finesse

    Lindo o carro! Mas a menção ao que faz as pessoas “suportarem” um Celta é lamentável…talvez porquê elas não tenham um jabá semanal de carro diferente por semana. Coisas de novo rico escrevendo…(e não, não sou proprietário de Celta).

    • Mr. Car

      Foi mesmo uma “bola fora” essa observação sobre o Celta. E também não sou proprietário de Celta.

      • Eduardo Mateus Klein

        Também não sou proprietário de um e espero nunca ter um, mas não gostei do comentário, já que considero esse modelo o melhor dos nossos populares 1.fraco.

        • XRS250

          Depois do 1.nada, 1.bola agora vem o 1.fraco. huahauhahuahaaa

          • Adlei Brex

            1.breque…

          • XRS250

            1.breque é rede! rsss mais uma. gostei também.

          • Adlei Brex

            1.atrasado… Cara, tem um tanto, kkkk!!!

          • XRS250

            1.atrasado, é rede! mais uma gostei também. KKKKKKKKKKK

    • Sou proprietário de um Celta e fiquei magoado, mimimi…

  • Raphael Hagi

    Eu tenho um Omega CD 4.1 desde 2007 e como já disseram o único ponto que irrita é a dificuldade de encontrar algumas peças. Principalmente se o proprietário prefere peças originais como é meu caso, acabamento interno então é praticamente impossível.

    Fora essa situação, o automóvel é fantástico, em rodovias é algo de sensacional. O meu, comprei com pouco mais de 40 mil km rodados e retornei de São Paulo ontem com ele, completando 138 mil km, moro em Belo Horizonte.

    E nem acho que o consumo seja um ponto fraco. Bebe sim, mas o motor 4.1 apesar de não ter grande potência, mostra um torque enorme em baixíssimas rotações, então em trechos urbanos é ótimo 1000 RPM serem suficientes para deslocar o automóvel, a 3000 RPM você está a 160 km/h em rodovias. A aerodinâmica é um grande destaque, o vento passa liso pela carroceria.

    Essas duas virtudes acima, se traduzem em conforto e silêncio, e não conheço outro carro com essas características ao alcance do meu bolso.

    • Jorge Alberto

      e qto faz cidade e estrada? Pois a tentacao de trocar meu tubarao por um omega…… Mas verdadeiramente fico com medo das homocineticas traseiras e tals… como eh a manut disso?

      • ovelho306

        acho que homocinética traseira não estraga fácil… estas do ômega então…

      • Raphael Hagi

        Eu circulo 98% do tempo com o ar condicionado ligado, e na cidade faz médias de 5,5 km/l.

        Em viagens, depende. Por exemplo esta última viagem que fiz para São Paulo:

        Na ida, tinha que buscar minha esposa no aeroporto de Guarulhos, e saí tarde de BH, fui “sentando a bota” e deu uns 7 por litro, tive que reabastecer no caminho.

        Na volta, mais tranquilo, mantive velocidades entre 120 e 140, abasteci em São Paulo perto da estação Belém do metrô e o carro está na garagem ainda com gasolina no tanque, pelos meus cálculos fez 9,5 km/l.

        Sobre homocinéticas, nunca precisei mexer nas minhas, e pelo que sei, Omega que não é usado pra borrachão e outras bobagens do gênero não estragam esse componente.

        Quando meu pai viaja nele, mais manso ainda, tipo máximas de 120, ele chega a fazer pouco mais que 10 por litro. Mas tem que ter muito a cabeça no lugar pra não passar de 120, você nem percebe na verdade.

        No Omega nacional, o “som da velocidade” só é perceptível depois de 160. Até aí, parece que você tá andando devagar.

        • Jorge Alberto

          Po Raphael…. vc e o Marcos de Sa estao me “atiçando” a pegar um Omega…… Estou com um Monza Tubarao, excelente carro, sempre quiz ter um… mas Omega eh Omega-Absoluto! (So quem nao conhece a historia automobilistica o “despreza” no mercado d usados….)

          So fico na duvida entre os 2.0(houve ne?), 2.2(economia) ou 41(potencia)…. Sempre tive carros com GNV, entao nao sei se essas marcas de consumo melhorariam….

          Como lhes disse, minha preoculpacao eh uma so: manutencao…

          • Raphael Hagi

            Se quiser GNV sugiro quatro cilindros.

            A manutenção não é barata, cara. Então, muito cuidado ao escolher um.

          • Jorge Alberto

            mas o 4 cilindros no eh “lerdo”?, apesar de teste da 4rodas dizer q eh bem proximo em desempenho ao monza…

            4 cilidros tem qual motor? 2.0 ou 2.2?

          • Raphael Hagi

            Não é lerdo, e também não é rápido.

            Bebe bem menos, a suspensão dura mais e manutenção é mais fácil, até pelo espaço disponível no cofre nessas versões.

            O 4.1 dá muito problema com o GNV, e tirar um cabeçote desse motor pra qualquer coisa dá muito trabalho, e consequentemente fica caro.

            Até ano/modelo 1994 é 2.0, depois é 2.2. A potência máxima é praticamente a mesma, o que muda é o torque, maior e em rotação mais baixa no último.

            O R/L do 2.2 é pior que o 2.0, então se quiser um carro que não vibre demais, fica caro conseguir os coxins do motor e a polia do virabrequim originais.

            Em rodovias os quatro cilindros depois que embalam seguem firmes, com o tanque de 75 litros, se souber tocar dá autonomia de 850 km, o que é fantástico.

            Só não compre Omega achando que vai ser teta de manter, pois é um saco. Sempre que penso em vender o meu, o que atiça a faísca são os preços e a enorme dificuldade de encontrar algumas peças.

            Se eu quisesse muito um Omega e a disposição pra manter fosse pequena, ia de 2.0. Mas é chato também encontrar um em condições mínimas.

            Infelizmente, a realidade é essa.

    • Marcos Rainier de Sá

      é o melhor carro feito no Brasil, nosso 4.1 aut. tá ai pra dizer isso.

      • Jorge Alberto

        Po Marcos, sacanagem isso q vc esta fazendo!!! Deveriam proibir postagens como a sua!!! Dando-nos “agua na boca” com o q nao temos!! Kd o conselho tutelar????? rs

        Brincadeiras a parte… parabens por seu belo exemplar!!!

        Ôooo tentação em passar o tuba pra frente e pegar um omega…….rs

        • Marcos Rainier de Sá

          haha valeu cara, realmente é muito lindos o exemplar da família, sempre tivemos e teremos um 6 cilindros em casa, seja Opalas ou Omegas

  • DJUNIOR

    Eu faria o mesmo que você fez e ta fazendo com esse Omega (muito bonito por sinal, como todo os outros com o visual original de fabrica, pessoalmente é melhor ainda :D), mas colocando o 2.4 usado pela S10 por ser fácil achar peças para ele… Parabéns e boa sorte com o projeto.
    [OFF]: Sei que pode ser uma doidice minha, mas até agora quase todos que participaram largaram a mulher em nome do carro hehehehehehe… Espero muito que essa doença da ferrugem não afaste a minha futura parceira por isso hehehehehehe

    • XRS250

      Existem mulheres e mulheres. a mulher do Atila não largou ele por causa do Maverick V8….

    • Angelo_Jr

      Olha, se tu não fizer que nem o amigo do post, que ferrou orçamento pra levar o carro (desculpa cara, mas acho que tu fez besteira), tu tem a razão, e se a mulher ficar enchendo, separa.

      • Adriana Fegyveres

        A mulher atual do Rodrigo poderia larga-lo por 495668382729595 motivos, mas nunca pelo amor aos carros 😉

  • Rui Andre

    Só passei para dizer , que o IRMSHER OMEGA não é mito , eu conduzi um destes por 80km de autoestrada, a pedido de um amigo, para trazer de volta ao stand, Simplesmente alucinante ….

    • ovelho306

      Valeu!!

  • Enrico

    esse to acompanhando com gosto ahahaha…. parabens pelo projeto, pela escolha e pelo carro tb…

    • Rodrigo Mora

      Obrigado! Grande abraço!

  • LeandroL641

    Parabéns pelo carro, eu tenho curiosidade de saber como andam esses omegas 2.2, o peso do carro com as perdas da tração traseira não deixam ele lerdo? O meu é 4.1 e eu consigo notar que mesmo com o motor forte o peso segura muito o desempenho, quer dizer, ele anda bem, mas eu sinto que o carro é muito pesado pra qualquer motor com menos força.

    • Rafael Costa

      nunca andei em um omega 2.2 tambem, mas ja andei uma blazer 2.2 e o segredo dela é o cambio curto, eu achava que blazer 2.2 devia ser mais lerda que um 1.0 antes de andar em uma, mas me enganei, aquele cambio curto faz milagre nos 1700 kg da blazer…

      • Rodrigo Mora

        Você está certo, o carro é lento sim. Mas como a proposta não é só passear, dá pro gasto. E na estrada ele vai bem, 150, 160 numa boa..

      • LeandroL641

        Ahh sim, então deve ser o mesmo esquema do celta e do corsa vhc.

  • Angelo_Jr

    Off-topic: http://jalopnik.com/i-bought-a-lexus-for-600-1565335441

    velho, os caras do Jalop Us estão criando um carro de track day/ralycross/whatever do site. Eu sei que o dart games cumpre esse papel aqui, mas é fato que o carro é do Barata, e não do site. Por isso to mostrando essa matéria, quero ver no futuro o Flatout com seu carro pra participar de campeonatos amadores, até vejo, um voyage (só um exemplo, eu pessoalmente curtia mais um omega ou opala) preparado pra ralis, com as cores do Flatout/Martini, pilotado por um desses 3 loucos que comandam a casa.

    • Ideia incrível… vamos considerar isso com muito carinho num segundo estágio do site, quando estiver tudo consolidado. Sem dúvida, seria épico! abs!

      • Marcos Amorim

        Se vão considerar a ideia então já sugiro logo um Passat ou Voyage.

  • Johannes Georg

    Ai Rodrigo! parabéns…. tenho um amigo meu que tem um omega tb e cuida como se fosse o filho dele. Eu tenho um corsa wind 97 com quase 90 mil km, e estava pra me desfazer dele. Carro pelado, sem ar, direção nem nada, mas esses dias estava pensando… e bom… decidi que realmente vou partir para essa idéia de deixar o carro em estado de zero! O problema é que tenho que ter um conhecimento maior do carro (mecanicamente falando), pois os mecânicos não estão acostumados a ver esse tipo de coisa, gente que quer investir muito em carro velho e barato, e acabam por não darem muita importância na hora da manutenção!

    • Rodrigo Mora

      Obrigado! Te indico um cara bom, mecânico da própria GM. Mas já aviso: já está foda achar peça de Corsa 97, 98…Abs!

  • Bruno Rezende

    Eu achei um Omega CD 4.1 primeiro dono, com 48 mil km, câmbio manual e teto solar, ano 1997.
    Não vendo, não dou e não empresto.
    Carro simplesmente maravilhoso, um dos mais acertados que já guiei em estrada.
    Nunca fiz isso, mas é um carro para cruzar uma rod. dos Bandeirantes, Castelo Branco ou Carvalho Pinto a 170 km/h ou 180 km/h, sem sobressaltos.
    Na Alemanha, nas Autobahn, os carrros são feitos para cruzar a 200 km/h, percorrendo 400 km de estrada em cerca de 2 horas. O Omega carrega esse DNA.

    • Rodrigo Mora

      Puta achado! Não se desfaça dele mesmo…Abs!

    • Diogo van Lima

      BOOOA CARA!! Não desfaça mesmo.. Tive um 4.1 que acabei vendendo..

      Minha 1a estrada com ele foi a Castelo Branco… Foi qdo vi oq realmente tinha nas mãos. Coisa linda. Dificil de acreditar q foi fabricado aki.

  • Victor Serrão

    Carrão, aprendi a dirigir num CD 96/97 4.1 comprado zero pelo meu pai. Procuro esse carro até hoje pra recomprar, mas acho que já deram PT.

  • ThiagoVerdona

    Putz, vim seco achando que era o 4.1….
    Quando vi 2.2 fique depressivo…

  • Arts_Maverick

    Parabéns pelo carrão! Muito bonito seu Omega! Essas rodas são maravilhosas, acho que valeu muito seu esforço…

    • XRS250

      Eu acho que errei o seu nome é Artur. eu chamei de Atila em outro comentário. KKKKKKKKKKKK rssss

      • Arts_Maverick

        Kkkkkkkkkkkkkkkkkkk Sem galho… Culpe o corretor ortográfico! KKKKKKKKKKKKKKKKKKK

        • XRS250

          Nesse caso. foi erro meu mesmo e tanto que nos outros comentários eu mudei. KKKKKKKKKKKKKKKKK

          • Arts_Maverick

            Kkkkkkkkkkkkkkkkkkk, sem galho…

          • XRS250

            De boa, estou esperando a segunda parte do seu Maverick.

          • Arts_Maverick

            Valeu! Mandei meu novo texto pro Juliano Barata na sexta-feira. Não sei quanto tempo vai demorar para o texto ser revisado e ser publicado, mas daqui a um tempinho a parte dois deve sair…

          • XRS250

            Beleza vou ver como o Maverick quatro portas ficou. hehehe deve ter ficado muito legal, mas isso é no segundo texto.

          • Arts_Maverick

            Ainda está ficando… Para falar a verdade, a aparência dele atualmente é praticamente a mesma da foto de abertura de meu primeiro texto, uma vez que ele ainda não teve a primeira fase finalizada…

          • XRS250

            Nossa que legal, mas mesmo assim vai valer apena.

          • Arts_Maverick

            Valeu!

          • XRS250

            de nada.

          • Arts_Maverick

            😉
            Cara, eu começo a escrever e estouro sempre o limite que o Flatout estabelece… kkkkkkkkkkkk
            Aí tenho que sair resumindo tudo! É um barato… Bom, pelo menos tenho bastante coisa pra falar do que pretendo fazer com o carro. E espero conseguir fazer tudo!

          • XRS250

            Nossa é tanta coisa assim? mas que bom. afinal V8 tem história para contar.

          • Arts_Maverick

            KKKKKKKKKKKKKKKK Na verdade o problema sou eu que desato a falar/escrever quando se trata de minhas paixões… Eu queria ter detalhado as fases que estabeleci para a restauração/customização, mas isso vai ficar para o terceiro texto… KKKKKKKKKKKKKKKK

          • XRS250

            Não tem problema eu espero, aqui tranquilamente.

          • Arts_Maverick

            KKKKKKKKKKKKKKKK. Beleza! Pode deixar que vou continuar escrevendo. Espero conseguir superar todas as dificuldades econômicas de fazer um carro como o que sonho…

          • XRS250

            Tomara.

  • Rodrigo Toledo

    Parabéns pelo carro e pela escolha de manter original, em 2011 comprei um Omega CD 3.0 1994 com essa idéia, mas precisei de dinheiro e desisti da idéia, sinto saudade do Ulysses…Abraço

  • Fabiano

    Também tenho um project cars que me caiu no colo em meados de 2012. um voyage gls 1988/89 que já veio semi pronto pra mim, turbo com motor original. Como todos os projects nem tudo foi maravilhas, e com problemas de docs, sendo ele carburado e rodando com 1,5 bar de pressão máxima, era como rodar com a faca nos dentes, destracionava até de 4ª marcha, a namorada brigava quando tinha que ultrapassar um caminhão e o carro destracionava tudo. Enfim peguei o carro de um amigo e estou melhorando aos poucos, troca da supensão, colocação de barras, injetando o motor e o melhor ainda devo forjar e colocar intercooler no motor em breve

  • Ricardo de Carvalho

    Parabéns ao omega eu sei o que vc passa aqui em casa temos 2 , 1 Gls 2.0 manual 93 e 1 CD 3.0 manual 93 são do meu Pai o Passat 2.8 V6 manual é meu , como meus amigos dizem nós achamos Petróleo aqui no quintal

  • G. Vilchez

    Quase não dá para acreditar que esse carro um dia foi fabricado no Brasil. Eram dias de glória da General Motors. Merece o adjetivo que deram a ele: Absoluto!

  • MarcosRS84

    PRA SEMPRE “ABSOLUTO”

  • Nicholas Ferreira Araujo

    Acho o omega um carro muito bonito, mas perco o tesão quando vejo as traseiras tampadas. É possível deixa um omega como um Lotus Carlton? Ele fica bem mais bonito. Não tenho um omega, so que uma modificação dessa seria bem interessante e legal. Pra quem não conhece esse monstro da lotus, da uma pesquisada aí hehe.

    • Dieki

      Sim. Se eu não me engano tem um preto sendo preparado nesses moldes, mas vamos à receita: Você recorta o paralamas traseiro, descola o resto do body-kit e as rodas lindonas que vieram nele. Por dentro você troca o belo veludo por alcântara, coloca uns bancos concha com regulagem lombar para dar um up. No motor, arruma um kit stroker no CIH para 3,6 litros, um cabeçote 24v e dois turbos para conseguir os famosos 377cv do modelo original. Mais difícil que isso tudo, deve ser conseguir o câmbio de 6 marchas do Corvette ZR-1 da época. Brincadeiras a parte, seria um sonho conseguir montar um inspirado no GSI 3000 24v. 204cv já deve dar pra brincar.

      • Nicholas Ferreira Araujo

        Seria muito difícil mesmo, mas eu tava falando apenas das modificações estéticas. Pelo menos por fora parecendo o Carlton ja deixa o carro bem mais agressivo, e talvez nem precisaria de modificações no motor, como você disse um 3000 ou até um 4100 da pra brincar muito.

    • Thiago Novaes

      Cara, se vc pesquisar no youtube, tem uma viatura Saab 9000 se nao me engano que até hj procura um Carlton na Suécia!kkkk

  • Lucas Lira Oliveira

    Cara, belíssimo Ômega, Parabéns! Acho muito lindo, Tem um cara da Bahia, Marcelo Faverani, que tens uns carros, da Chevrolet ele tem um Monza SR que foi inteiramente restaurado por ele, o carro é muito lindo, parece zero! e tem um Ômega CD 93 com 50.000 Km rodados e ele também está deixando mais original, tudo é registrado na conta dele no YouTube…

    Vou colocar um vídeo especial do Ômega dele de quando virou os 50k…

    https://www.youtube.com/watch?v=M5TKJivHfAU

  • Sérgio Balbino

    O Rodrigo morava no mesmo prédio que eu. Quando ví este Ômega na garagem, pirei… E olha que eu tinha acabado de comprar uma 164 Super!

    Tem um na rua aqui do prédio quase igual ao dele. É de um senhor que anda com ele até a padaria as vezes… e o carro está NOVO! Puta vontade de fazer uma oferta para ele…

    E sobre o carango do Rodrigo, falo com conhecimento de causa: ZERADO!!!!

  • Ubiratã Muniz Silva

    Belo carro. Já tive um GLS 92 com teto solar, lindíssimo carro,mas foi uma grande decepção (que quase me levou à falência, longa história) mas mesmo assim ainda admiro bastante o “Absoluto”.

  • rafaeltds

    Sou suspeito até mesmo para comentar. Estes carros estão cada vez mais raros nos dias de hoje.

    Mas posso bater no peito e dizer, que sou um feliz proprietário de dois Omegas.

    Um deles, um 4.1 1996 com exatos 60.621 kilometros. rodados, simplesmente impecável.

    O outro o “irmão mais velho”. O mesmo modelo só que 1995, na mesma configuração. 4.1, com teto solar, painel digital, enfim… não é fácil manter estas jóias em condições de carros colecionáveis, mas tenho orgulho em dizer que ambos, são originais ao extremo, incluindo seus adesivos em vidros, de fábrica.

    Me orgulho de ter estas barcas na garagem..

  • Roger Abdulack

    esse carro não era do Paraná? a alguns anos atrás tinha um desses perto da minha casa, igualzinho e pouco rodado

    • Fernando Calmon

      Não, Roger, De São Paulo (SP), mesmo.

  • Herculano Alonso

    Basta o comercial dele né filho: “ABSOLUTO”

  • AstolphoGM6

    Muito bom o texto cara!!

    E oque eu achei mais bacana de tudo, é que ontem estava cá com meu botões imaginando… “Podia trocar o Monza numa Suprema GLS 2.2…” fiz até uma pesquisa rápida e achei isso aqui…

    http://sp.bomnegocio.com/sao-paulo-e-regiao/carros/gm-chevrolet-suprema-32679376

  • GuilhermeVTEC

    Esse lance das rodas é o mesmo que ocorreu com os Opalas, o ultimo comodoro saiu com as rodas do Diplomata antigo.

  • Renan Ribeiro Macedo

    Perfeito !

  • ochateador

    Omegão é top de linha em qualquer época.
    Meu tio tinha um 4.1 que mais parecia uma sala de massagem tamanho o conforto que oferecia, e o bicho ainda era econômico mesmo com o pé embaixo.

  • Diogo van Lima

    Meu… Sem palavras pra voce. Tive um GLS 4.1 Manual q estava reformando algumas coisas tbm. Na vdade, já estava pra terminar, só faltava acabamento do painel e dinheiro (porque já tinha achado todos no ML). Vende-lo foi muito doloroso, literalmente, as x Me pego lembrando dele hj em dia e as vezes penso em ter outro. FODA!! Nao posso ter dois carros então…… Hj em dia tenho um Accord. Curto mto, mas trocaria se achasse um Omega 4.1 em bom estado. Tambem estou afim de uma E36, afinal, acho q o que mais Me atraiu no Omega foi a potencia + conforto + beleza + tração traseira.. e uma E36 tem essas qualidades tambem.

    Abs e muita sorte com o projeto cara.

  • Guest

    ai o meu gls 2.2 8v de 116 cv 1996