A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Zero a 300

Dodge lança seu esportivo para GT6, Shelby GT350 terá 533 cv, Toyota homenageia seus clássicos das pistas, Sandero RS exibido em Curitiba e mais!

Este é o Zero a 300, nossa rica mistura das principais notícias automotivas do Brasil e de todo o mundo, caro car lover. Assim você não fica destracionando por aí atrás do que é importante. Gire a chave, aperte o cinto e acelere com a gente!

 

FCA apresenta o SRT Tomahawk Vision Gran Turismo para o GT6

FlatOut 2015-06-03 às 12.35.46

A FCA apresentou ontem seu veículo para o game Gran Turismo 6. É o SRT Tomahawk Gran Turismo, um carro que a gente fica torcendo para se tornar realidade. Ainda que num futuro bem distante.

 

O modelo nasceu de uma competição interna entre os designers da empresa para criar uma interpretação de como seria um Dodge de alta performance em 2035. A proposta vencedora partiu de Paul Hoste, que trabalhou com o time de engenheiros da SRT para dar forma ao Tomahawk.

Se fosse real, ele pesaria apenas 918 kg na versão S, com motor V10 7.0 de 802 cv. Rodas dianteiras movidas de modo pneumático dariam mais 218 cv ao conjunto, resultando em uma potência total de 1.020 cv. A velocidade máxima seria de 402 km/h.

A versão de corrida, chamada de GTS-R, teria 1.470 cv e 661 kg, o que resultaria em 482 km/h de velocidade máxima. Por fim, a versão X, com tecnologia experimental, teria 2.625 cv e velocidade máxima de 650 km/h, o que exigiria um traje especial do piloto para suportar as forças G a que o carro o submeteria.


Além das potências estonteantes, o carro chamaria a atenção por seus paineis móveis de grafeno, que se moveriam constantemente, por mecanismos pneumáticos, para garantir o melhor nível de downforce e de tração sob aceleração. Falta muito para 2035?

 

Shelby GT350 terá 533 cv — e um ronco matador!

A Ford revelou ontem novos detalhes do Shelby GT350. Se você puxar pela memória (ou reler nosso post sobre o lançamento do modelo) lembrará que a Ford havia prometido pelo menos 520 cv produzidos pelo V8 5.2 de virabrequim plano e taxa de compressão 12:1.

Segundo os dados publicados pela fabricante ontem, ele terá 526 hp (ou 533 cv) a 7.500 rpm e 59,2 mkgf a 4.750 rpm, sendo que 90% disso estará disponível entra 3.450 e 7.000 rpm. Achou girador? Pois é: o motor continua ganhando giro até 8.250 rpm. Em 2015 serão produzidos somente 100 unidades do modelo — uma referência à produção inicial do GT350 de 1965 — e outros 37 GT350R.

 

Renault Sandero RS é exibido em Curitiba durante Campeonato de Marcas

32222

A Renault fez uma apresentação do Sandero RS durante a terceira etapa do Campeonato Brasileiro de Marcas, realizada em Curitiba/PR no último fim de semana. O modelo ainda camuflado foi pilotado por Cacá Bueno por três voltas no autódromo curitibano e posou para fotos com seus antecessores brasileiros, o Gordini e o Interlagos da lendária Equipe Willys — um sinal de respeito pela história muito bacana por parte da Renault — e também o primo rico, o Megane RS.

32219

Se você está se perguntando quando a Renault irá lançar de uma vez por todas o Sandero RS, ele deverá aparecer no dia 18 de junho, quando começa o Salão de Buenos Aires. Ainda não há detalhes de preços e potência, mas como falamos no post em que revelamos o modelo sem disfarces, ele usará o mesmo 2.0 16v do Duster, provavelmente recalibrado para produzir um pouco mais de potência que seu irmão aventureiro — ou ao menos para oferecer respostas mais rápidas do motor. Quanto vai custar? Nosso palpite fica na casa dos R$ 60.000.

 

VW Fox lança central multimídia que oferece Android Auto e Apple CarPlay

fox-multimidia-app-connect-3-620x465

Foto via Carplace

A linha 2016 do VW Fox é a primeira na Volkswagen a oferecer a central multimídia App Connect. Além de espelhar qualquer tipo de smartphone, pelo sistema Mirror Link, o sistema também oferece o Apple CarPlay e o Android Auto, sistemas operacionais da Apple e do Google, respectivamente.

fox-multimidia-app-connect-4-620x403

Foto via Carplace

Enquanto o Apple CarPlay já está 100% operacional, o Android Auto ainda aguarda liberação do Google para ser ativado no Brasil, o que deve acontecer no segundo semestre deste ano. Logo ali na esquina, por meio de uma atualização no celular. Quando estiver ativado, ele permitirá usar Google Maps, Google Play Music, WhatsApp, Spotify, SoundCloud, Text Me!, textPlus, Sticher Radio, Pandora, iHeartRadio, TuneIn Radio, Pocket Casts, Joyride Podcast e Umano. Waze não está na lista…

O App Connect tem tela sensível ao toque de 6,3 polegadas e pode ter navegador integrado, ao preço de R$ 2.900. Sem ele, sai por R$ 2.150. A conexão do celular com a central é feita por conexão USB para os três sistemas.

 

Toyota registra nome S-FR, que pode servir ao sucessor do Supra

Toyota-FT-1-2

O sucessor do Supra será feito pela Toyota em parceria com a BMW, mas ainda não tinha mais dados confirmados que não seu provável lançamento, em 2017, como modelo 2018. Só que a empresa japonesa registrou nos EUA o nome S-FR, para automóveis e partes estruturais, e ele parece cair como uma luva para seu futuro cupê. Há quem prefira simplesmente a volta do nome Supra, que faria muito mais sentido, inclusive porque S-FR poderia criar confusão com o Scion FR-S, nome do Toyobaru nos EUA.

Outro rumor forte sobre o carro é que ele não será híbrido, como boa parte dos esportivos atuais, mas sim um cupê com motor de seis cilindros turbinado fornecido pela BMW. E que custará mais do que o Corvette nos EUA, que começa nos US$ 55 mil.

 

Lamborghini Aventador LP 750-4 Superveloce se esgota três meses após apresentação

aventador-sv (abre)

Quando se fala em séries limitadas no mundo dos supercarros, o negócio é correr para não ficar na mão. O Lamborghini Aventador SV, também chamado de LP 750-4 Superveloce, terá apenas 600 unidades produzidas, mas todas já foram vendidas, apenas três meses após sua apresentação oficial.

A produção foi dividida em 200 unidades para a Europa, 200 para a América do Norte e 200 para a a Ásia. O LP 750-4 tem 50 cv a mais que o Aventador comum e pesa 50 kg a menos. Também sofreu mudanças aerodinâmicas que aumentaram seu downforce em 170%, assim como a eficiência aerodinâmica em 150%. Graças a isso, o carro vai de 0 a 100 km/h em 2,8 segundos e passa dos 350 km/h.

 

Toyota irá homenagear seus carros de corrida do passado em Goodwood

Toyota-GT86-classic-liveries-1

A Toyota irá levar ao Goodwood Festival of Speed seis GT86 vestidos com as cores de seus maiores clássicos das pistas e dos ralis (uma história que nós contamos aqui).

Eles serão inspirados em seis modelos diferentes: duas versões de corrida do lendário 2000GT, o Celica 1600GT de rali usado por Ove Andersson nos anos 1970 — que foi o carro que levou a Toyota a entrar de cabeça no automobilismo —, o GTU Celica IMSA, que correu na América do Norte nos anos 1980, o Celica GT-Four que venceu o WRC nos anos 1990 e o Supra Esso Ultron Tiger, do All-Japan Grand Touring Car Championship.

Além das cores clássicas, que serão aplicadas com vinil adesivo pelos especialistas da Motor Mode, eles terão suspensão rebaixada em 40 mm, escapes de inox Milltek Sport, e rodas com estilo retrô  da Rota, que irá deixá-los com a cara de seus antepassados esportistas.

Agora a parte mais legal: em 25 de junho, os carros estarão disponíveis ao público em Goodwood — não fica claro se você dirige o carro ou anda de carona com um piloto (o que é mais prudente). Qual você escolheria?

 

Matérias relacionadas

Cinema sobre rodas: a história dos drive-ins

Dalmo Hernandes

Preço da gasolina volta a subir, um novo V8 para o Corvette ZR-1, o primeiro teaser do “novo novo” Top Gear mais

Leonardo Contesini

Bentley Dominator: o pai Bentayga (e do Rolls-Royce Cullinan) feito para o Sultão do Brunei

Dalmo Hernandes