A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
GT40 Classificados Zero a 300

Os Ford Mustang mais bacanas à venda no GT40

O Ford Mustang está na boca do povo nos últimos tempos. No final do ano passado o pony car finalmente foi lançado no Brasil de forma oficial, oito anos depois de seu maior rival, o Chevrolet Camaro. Agora, o novo Mustang Bullitt foi apresentado no Salão de Detroit. Entrando na vibe, decidimos dar uma passada no GT40 para dar uma olhada nos Mustang que estão à venda no GT40. Confira a seguir!

Antes, um lembrete: esta é uma lista temática, diferente das listas de anúncios de pessoa física que costumamos fazer, e também diferente das listas separadas por faixas de preço. No caso, procuramos o modelo e selecionamos os anúncios mais interessantes, seja pelo preço, pela raridade ou pelo estado de conservação do carro. O Mustang não é um carro acessível no Brasil, mas alguns carros até podem ser negócios interessantes. De todo modo, há uma razão por trás de cada escolha.

Sabendo disso, agora vamos ver quais são os Mustang mais bacanas anunciados no GT40!

ford-mustang-1965-hard-top-gt-D_NQ_NP_747619-MLB25934106764_082017-F

Este é um Ford Mustang hardtop 1965 caracterizado como Shelby GT 350. Ainda que a versão apimentada de Carroll Shelby só tenha saído da fábrica como fastback, é inegável que o resultado estético ficou interessante. O interior do carro é forrado de couro azul claro, escolha típica da segunda metade dos anos 60. De acordo com a descrição, o carro tem 46.286 km marcados no hodômetro, e o motor é um V8 small block de 4,3 litros, que de acordo com informações oficiais da época entregava 166 cv. [highlight color=”eg. yellow, black”]Clique para ver o anúncio.[/highlight]

 

img_140492_4_df5dda2e-d288-4081-b75c-88d4ae59318a

Este é um Ford Mustang de terceira geração, conhecida como “Fox body”. É movido por um quatro-cilindros de 2,3 litros e… 88 cv, o que realmente é pouco para um Mustang. Por outro lado, hoje em dia há diversas opções de preparação sobrealimentada. Segundo o dono, o carro jamais foi restaurado ou modificado e está em excelente estado com suas 64.000 milhas, ou 102.000 km. Clique para ver o anúncio.

 

img_142132_4_5d67d733-70b0-4a8f-a821-30e20fd4c5a6

A quarta geração do Mustang, lançada em 1994, foi a maior atualização do pony car em 15 anos. A plataforma era uma versão modificada da Fox-body, porém as linhas da carroceria eram mais sinuosas e agressivas – mais musculosas, há quem diga. Este exemplar é um GT conversível do primeiro ano de fabricação, o que significa que ele é equipado com um V8 de cinco litros exatamente igual ao usado pelo modelo anterior, com 215 cv. No caso deste carro, o câmbio é manual. [highlight color=”eg. yellow, black”]Clique para ver o anúncio.[/highlight]

 

img_111528_4_3b2aff52-d886-4545-bceb-04118ab9e977

Este outro Mustang hardtop tem teto de vinil preto e pintura na cor prata Silver Frost que, de acordo com o anunciante, foi feita em setembro de 2017. Além disso, ele diz que o carro é preparado com carburador Holley quadrijet de 600 CFM, coletor Edelbrock Performer, comando de válvulas mais agressivo, escape com abafadores Flowmaster. O motor, segundo a descrição, foi retificado em 2013, e é acoplado a uma caixa manual de três marchas. [highlight color=”eg. yellow, black”]Clique para ver o anúncio.[/highlight]

 

img_69512_4_a171a543-855b-49fc-b59c-7e5c1fd0ae47

Este Ford Mustang Shelby GT500 2010 tem, segundo o anúncio, apenas 30.000 km rodados e está completamente original. O motor é um V8 de 5,4 litros com supercharger e 547 cv a 6.200 rpm, além de 70,5 mkgf de torque a 4.500 rpm. O câmbio é manual de seis marchas, e o conjunto é suficiente para levar o cupê de zero a 100 km/h em 4,2 segundos. [highlight]Clique para ver o anúncio.[/highlight]

 

img_51392_4_d30b50cc-57ff-4fcf-9a3f-2a0811e594d3

Ficou a fim de um Mustang verde escuro? Este não é um GT fastback 1968, mas um hardtop 1966 com motor V8 de 4,7 litros e 200 cv, acoplado a um câmbio automático de três marchas. De acordo com o anúncio, o conjunto mecânico é original e o carro está muito bem preservado em sua originalidade e conservações. [highlight color=”eg. yellow, black”]Clique para ver o anúncio.[/highlight]

 

img_40580_4_134fe75e-9839-4ce0-940e-d36f7c019451

Os fãs do Mustang reconhecem logo de cara os aparatos aerodinâmicos e os detalhes em vermelho nas rodas, faixas laterais e grade: este é um Mustang Boss 302 Laguna Seca, série especial limitada a 1.500 unidades feita para atacar curvas, com um V8 de 305 pol³ (não é um V8 302, mas a gente perdoa a licença poética) com coletor de competição e 450 cv a 7.400 rpm, câmbio manual de seis marchas e diferencial de deslizamento limitado. O interior tem apenas dois lugares e gaiola parcial na traseira e, além de bancos revestidos em Alcantara. De acordo com o anúncio, o pony car rodou apenas 3.000 km. [highlight]Clique para ver o anúncio.[/highlight]

 

img_29120_4_9a7c0896-c6e4-4e3f-8729-564407c1adc8

Segundo o anúncio, este Ford Mustang Hardtop 1964 – raro exemplar do primeiro ano de fabricação – é completamente original, da pintura ao interior, passando por mecânica e acabamentos. O motor é um V8 de 4,3 litros (260 ppol³) e o câmbio, manual de três marchas. O anunciante diz que o único componente não-original é o ar-condicionado de época, e que o carro está em ótimas condições de conservação e funcionamento. [highlight color=”eg. yellow, black”]Clique para ver o anúncio.[/highlight]

 

img_20004_4_cdbd649f-89e2-4a53-8496-6708d514808d

No início dos anos 70 o Ford Mustang se tornou um carro muito maior e mais agressivo esteticamente. Este exemplar de 1973, último ano da primeira geração, é um Sportsroof (o nome da carroceria fastback, com caimento suave do teto à tampa traseira) e equipado com um V8 de 5,8 litros, moderado por uma caixa manual de quatro marchas. O carro tem direção hidráulica, vidros e travas elétricas e, segundo o anunciante, está bastante original. [highlight color=”eg. yellow, black”]Clique para ver o anúncio.[/highlight]

 

img_19792_4_7dfd9c70-f8b8-4f51-b381-ad1c3b48da7b

Que tal um restomod? Segundo a descrição do anúncio, o carro ficou pronto em 2010 e tem um V8 de cinco litros com injeção de combustível, sistema de escape em inox e câmbio manual Tremec de cinco marchas. Além disso, foi equipado com freios a disco nas quatro rodas. Os para-choques e lanternas são originais, assim como o painel de instrumentos. [highlight]Clique para ver o anúncio.[/highlight]

 

img_26136_4_a70c423e-9cca-413b-9331-8fc7539f6324

A descrição do anúncio diz que este Ford Mustang 1965 está no Brasil desde zero-quilômetro e tem motor, revestimentos internos e todos os cromados do lado de fora originais e bem conservados. O motor é um seis-em-linha de 2,8 litros e 106 cv, acoplado a uma caixa manual de quatro marchas. [highlight color=”eg. yellow, black”]Clique para ver o anúncio.[/highlight]

 

img_1720_4_b4567573-a822-4915-88bd-c228bd367265

Este outro Shelby GT500 é um seminovo de respeito: 18.000 km (ou milhas) rodados e preparação leve, com coletores de admissão e escape retrabalhado e suspensão preparada. O carro também é equipado com pacote SVT, com rodas de alumínio forjado de 19 polegadas na dianteira e 20 polegadas na traseira, diferencial com relação final de 3,73 e pneus Goodyear Eagle F1 SuperCar. [highlight color=”eg. yellow, black”]Clique para ver o anúncio.[/highlight]

 

Matérias relacionadas

Como este cemitério de carros foi parar em uma mina abandonada no Reino Unido?

Dalmo Hernandes

Um novo recorde do Civic Type R, mudanças no pódio de Le Mans, Red Bull usará motores Honda e mais!

Leonardo Contesini

Aventador SVJ finalmente revelado: hora de conhecer todos os detalhes do Lamborghini mais potente e mais rápido da história

Leonardo Contesini
error: Direitos autorais reservados