A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Project Cars Project Cars #132

Project Cars #132: o processo de funilaria do Dodge Charger R/T 1977 de Marcos Vinicius

Fala, galera! Neste segundo texto detalho o processo de funilaria, o que será feito logo após e os planos para o futuro próximo. O Dodge está nos últimos metros da reta final da etapa que diz respeito à funilaria. Como contado no primeiro post, a pior parte do carro era a lateral direita, na qual houve uma batida e o reparo foi feito de forma deplorável, usando massa pra caramba!

Project Cars 2

O assoalho do porta malas em algum momento desconhecido foi trocado, e não estava nem um pouco bonito e original. Mas o restante do carro estava bom. Nada de corrosão, pouquíssimos pontos de ferrugem. Exceto a peça que fica no fundo do porta malas, que serve para fixar o parachoque. Ela estava podre. Então foram feitas novas peças, de forma artesanal.

Project Cars 2

A funilaria iniciou-se com a remoção da pintura não original e com a maldita massa do lado direito do carro. Feito isso, a lateral foi reparada e logo após o assoalho do porta malas, doado por outro Charger, foi trocado. ‘’Simples’’ etapas que consumiram dois anos. Infelizmente não tenho fotos de logo antes da restauração.

Project Cars 2

 

Quando a carroceria estiver no ponto para receber a pintura, nós não vamos pintá-lo logo de cara. Sou chato, gosto de ver um carro impecavelmente cuidado. Para mim, o brilho do verniz é tão importante quanto o ronco do motor e sei que se mandarmos o carro pintado para o mecânico, por mais cuidadoso que ele seja, ele vai voltar com um risco ou outro. Então deixaremos a pintura pra depois da mecânica.

Project Cars 2

A parte mecânica é a mais critica do projeto: a ideia é fazer um swap Hemi com preparação na suspensão . Não temos um Hemi e nem as peças para melhorar a suspensão, ainda… Mas nós temos toda a mecânica original em perfeito estado, e seria loucura não usa-la pelo menos mais um pouco. E com isto veio um decisão: a principio o Dodge usará a mecânica original. Isso soa bastante interessante para mim: não tenho a menor experiência com esportivos antigos e seria melhor adquiri-la com um carro mais manso.

Project Cars 2

Com o tempo iremos importando as peças para a preparação da barca. E desta forma o projeto fica bem mais legal. Assim pode-se ver a evolução que cada peça traz para o carro, já que o carro não será preparado de uma vez só. Penso primeiro em um jogo de Torq Thrust e bons pneus. Depois de um tempo algumas partes da suspensão, e por aí vai. Isto me lembra os bons Need For Speed…

Então é isso galera, segundo texto curto, mas os próximos serão mais caprichados. Até mais!

Project Cars 2

Bonus Track:  Nesse tempo entre os textos, meu daily (um 500,pra quem não se lembra) ganhou uma companhia bastante agradável: um Uno 1.6R m.p.i. Assim posso conservar mais e rodar menos o 500, já que apeguei demais ao carro.

Por Marcus Vinicius, Project Cars #132

0pcdisclaimer2

Matérias relacionadas

Black Shadow: motor quase pronto e os novos freios do meu Honda Civic Si, o Project Cars #49

Leonardo Contesini

Project Cars #23: a restauração e transformação de um Chevrolet Sedan 1934 em hot rod

Leonardo Contesini

Peugeot 205 1.6 16v “NSR”: relembre a história do Project Cars #236

Leonardo Contesini