A revista semanal dos entusiastas | jorn. resp. MTB 0088750/SP
FlatOut!
Image default
Pergunta do dia

Qual seu post favorito nestes cinco anos do FlatOut?

Há exatos cinco anos, nosso Natal foi um pouco diferente. Naquele 22 de dezembro de 2013, enquanto todos desaceleravam para as festas de fim de ano (nossas famílias, inclusive), eu e o Juliano passamos a sexta marcha e colamos o pedal no metal. Tínhamos um projeto novo para lançar, e ele precisava estar no ar o mais rápido possível. Enquanto o Juliano fazia  os últimos ajustes do nosso novo site, eu terminava de empacotar as coisas do Jalopnik Brasil. Era o começo da mudança para esta casa nova.

Hoje, 22 de dezembro de 2018, o FlatOut está completando cinco anos e, curiosamente estamos em uma situação parecida. Passamos a última semana com o pé embaixo, apesar da desaceleração típica desta época do ano porque também tínhamos um projeto novo para lançar — o FlatOut Mk2, que colocamos no ar nesta última quinta-feira (20) e que não representa apenas uma mudança no layout do site, mas também uma série de novidades que teremos a partir de janeiro. Mas sobre isso o Juliano irá falar mais tarde em um outro post.

Neste aqui, nossa ideia original era relembrar os melhores posts desta história de cinco anos, mas durante a seleção comecei a perceber que essa escolha é impossível de ser feita deste lado do balcão. Primeiro porque temos 9.056 posts publicados e, para fazer uma seleção de 10 ou 15 posts precisaríamos de uns dois meses avaliando tudo e qualificando. Depois, porque seria um exercício egoísta escolhermos nossos próprios posts quando a razão de fazê-los são os leitores.

Por essa razão, escolhi somente seis posts marcantes deste ano (dois de cada autor do site). Os outros dez melhores posts da nossa história serão escolhidos por vocês. É só lembrar do post que vocês mais gostaram e colar o link ou o título ou simplesmente descrevê-los e postar nos comentários. Nos próximos dias faremos um levantamento das respostas e, aí sim, teremos um “best of” escolhido justamente.

Enquanto isso, vamos aos meus favoritos.

 

Guia de postura de pilotagem e erros mais comuns ao volante

Este conteúdo, na verdade, são dois vídeos da nossa série Driving Academy. Neles, o Juliano explica o básico para você não apenas pilotar no autódromo, mas também para ter uma postura correta ao volante nas ruas e nas estradas.

Gosto desses vídeos principalmente porque acho que a segurança no trânsito começa pelo motorista e também acho que os upgrades para pista começam pelo piloto.

É o básico do básico, e nós conseguimos passar essa mensagem de forma divertida e clara, e com uma qualidade de primeira com a ajuda dos parceiros da BLK STN, que produziram os vídeos.

 

A origem das coisas comuns

Outros dois posts de 2018 que estão entre meus favoritos são duas histórias contadas pelo Dalmo. A primeira é a origem do capacete de proteção dos pilotos. São equipamentos obrigatórios, onipresentes e que sempre existiram desde que nos conhecemos, mas é o tipo de coisa que nunca perguntamos como surgiu. Pois bem: eu perguntei e o Dalmo respondeu neste post.

O outro é a história dos Hot Wheels. Como eles surgiram? Nossos colecionáveis favoritos também estão por aí há um bom tempo — menos tempo que os capacetes, mas há tempo suficiente para ter marcado a infância de qualquer entusiasta com menos de 30 anos.

 

Filosofia (barata) sobre rodas

Sabe aquela criança chata que pergunta o porquê das coisas o tempo todo? Eu fui uma delas. E essas crianças se transformam em adultos que vivem questionando as razões das coisas e tentando ver além da superfície. Por isso, sempre que vejo uma tentativa de tirar algo que nos deram, minha primeira reação é ficar irritado, e a segunda é pensar a respeito dos argumentos e, se for o caso, contra-argumentar.

A mais recente foi essa ideia maluca de colocar os carros como vilões da humanidade e acreditar que todo mundo vai ser feliz se trocar o carro por um ônibus lotado. Falei sobre isso neste post, no qual tento explicar por que o banimento dos carros é uma ideia estúpida e contrária à natureza humana.

Na outra, falo sobre a importância da rivalidade, um assunto que merecia um ponto de vista diferente nestes tempos loucos de polarização política, ideológica e de decisões extremas. Surgiu em um estalo enquanto assistia à uma homenagem da Audi à Mercedes, lamentando sua saída da DTM. No fim, acho que o pessoal gostou.

 

Qual o seu post favorito do FlatOut?

Agora é com vocês. Tenho certeza de que a maioria nem precisará pesquisar ou vasculhar o HD encefálico instalado na caixa craniana para dizer qual foi o post/vídeo que mais marcou nestes cinco anos do FlatOut. Como disse, é só escolher e compartilhar com a gente na caixa de comentários.


Ainda não é assinante do FlatOut? Considere fazê-lo: além de nos ajudar a manter o site e o nosso canal funcionando, você terá acesso a uma série de matérias exclusivas para assinantes – como conteúdos técnicoshistórias de carros e pilotosavaliações e muito mais!

FLATOUTER

Membro especial, com todos os benefícios: acesso livre a todo o conteúdo do FlatOut, participação no grupo secreto no Facebook (fique próximo de nossa equipe!), descontos em nossa loja, oficinas e lojas parceiras!

A partir de

R$20,00 / mês

ASSINANTE

Plano feito na medida para quem quer acessar livremente todo o conteúdo do FlatOut, incluindo vídeos exclusivos para assinantes e FlatOuters.*

De R$14,90

por R$9,90 / mês

*Não há convite para participar do grupo secreto do FlatOut nem há descontos em nossa loja ou em parceiros.

Matérias relacionadas

Quais são as suas metas automotivas para 2014?

Juliano Barata

Qual foi o quadro mais insano já feito pelo Top Gear?

Dalmo Hernandes

Quais são os carros mais legais que você pode comprar com R$ 30-35 mil?

Dalmo Hernandes