FlatOut!
Image default
Eventos Salão do Automóvel de SP

Novos Cruze Sport6, Tracker e Camaro SS são as atrações da Chevrolet no Salão do Automóvel

Começou! A 29ª edição do Salão do Automóvel de São Paulo troca, pela primeira vem em sua história, o Anhembi pelo São Paulo Expo, e o FlatOut está aqui para cobrir tudo ao vivo, em cores e em tempo real. Vem com a gente!

A primeira marca a se apresentar foi a Chevolet, e seus destaques são o novo Chevrolet Cruze Sport6 e o SUV Tracker reestilizado. Além, é claro, da sexta geração do Camaro (que está melhor do que nunca, diga-se).

salao-sao-paulo-flatout-gm-cruze-hatch-5

O hatch médio Cruze Sport6 vem completar a família ao lado do sedã, lançado há alguns meses, e segue sua nova identidade visual. Ela talvez não agrade todos por suas linhas mas, convenhamos, torna evidente que o modelo anterior já sofria com a idade.

O novo Cruze Sport6 ficou um pouco mais curto, mas ganhou entre-eixos (2,70 m), o que aumenta o espaço e melhora o conforto para os passageiros, especialmente no banco de trás. Visualmente, ele se diferencia do sedã pelo para-choque de desenho mais arrojado, inspirado pelo Cruze RS vendido lá fora, e carroceria 21 cm mais curta.

salao-sao-paulo-flatout-gm-cruze-hatch-6

O carro está disponível em duas versões de acabamento, LT e LTZ, ambas equipadas com o motor 1.4 turbo de 153 cv e 24,5 mkgf de torque e câmbio automático de seis marchas. A Chevrolet diz que, apesar do conjunto mecânico idêntico, o Cruze Sport6 traz acertos específicos para uma condução mais esportiva, com suspensão mais firme e uma calibragem diferente na direção elétrica, que ficou mais pesada – claro, não é nenhum hot hatch, mas já é alguma coisa. Por outro lado, sentimos falta das borboletas atrás do volante, que são oferecidas por rivais como VW Golf e Ford Focus.

As rodas de 17 polegadas têm visual exclusivo, e a lista de equipamentos cresceu: agora, o Cruze Sport6 traz sistema de estacionamento semiautomático e assistente de permanência na faixa, alé do MyLink com conectividade Android Auto e Apple CarPlay, GPS e comandos de voz. A versão de topo LTZ ainda traz teto solar elétrico.

salao-sao-paulo-flatout-gm-cruze-hatch-2

O sistema de rastreamento OnStar também ganha novos recursos: além dos serviços de emergência, segurança, proteção patrimonial, concierge e navegação, a nova versão do aplicativo traz uma ferramenta chamada Diagnóstico Avançado, que informa se há problemas no motor, transmissão, airbag, controles eletrônicos, freios ABS, emissões e até no próprio OnStar.

salao-sao-paulo-flatout-gm-cruze-hatch-5

As vendas do novo Cruze Sport6 começam no fim de novembro. As cores disponíveis são Branco Abalone, Vermelho Edible Berries, Cinza Satin Steel, Preto Ouro Negro, Branco Summit, Prata Switchblade e as inéditas Vermelho Glory e Azul Petróleo.

salao-sao-paulo-flatout-gm-tracker-1

O Chevrolet Tracker, por sua vez, aparece exibindo sua primeira reestilização, que bebe na fonte dos novos Chevrolet – do próprio Cruze, inclusive. O que é bom, pois o visual do Tracker também começava a cansar.

Os faróis agora são mais finos, e acabamentos cromados dão refinamento ao visual da dianteira. As lanternas traseiras também foram levemente redesenhadas.

salao-sao-paulo-flatout-gm-tracker-4

A principal novidade, porém, é o motor 1.4 turbo de 153 cv, também herdado do Cruze e acoplado a uma caixa automática de seis marchas. É a primeira vez que um SUV compacto brasileiro utiliza esta combinação, que de fato injeta um sopro de modernidade ao Tracker.

salao-sao-paulo-flatout-gm-tracker-6

Também são iguais aos do Cruze o sistema multimídia MyLink e o rastreador OnStar, que recebeu os mesmos recursos inéditos. Aliás, a qualidade dos materiais da cabine melhorou e o design também ficou parecido com o do Cruze. Foram incorporados um computador de bordo mais completo, mostradores analógicos em vez de digitais e recursos como alerta de distração e de ponto cego.

Serão cinco opções de cores: Branco Summit, Preto Ouro Negro, Prata Switchblade e as inéditas Vermelho Baroque e Cinza Graphite. Tal qual o Cruze, o Tracker será oferecido nas versões LT e LTZ (esta com teto solar elétrico) e chegará às concessionárias até o fim deste mês.

salao-sao-paulo-flatout-gm-outros-6

Por último, não poderíamos deixar de mencionar o Camaro. O pony car já apareceu publicamente e foi até testado por nós, mas mostra toda sua imponência no estande da Chevrolet.

O Camaro ganhou uma nova plataforma, menor e mais leve, dinâmica mais afiada e o motor V8 com injeção direta do Corvette Sting Ray, de 461 cv e 62,9 mkgf de torque. Os americanos podem optar pelo câmbio manual, mas o nosso Camaro só está disponível com uma caixa automática de oito velocidades – e, com este conjunto mecânico, o Camaro é capaz de chegar aos 100 km/h em 4,2 segundos. Não deixe de conferir nossa avaliação completa!

Quem também deu as caras por aqui foi o conceito Chevrolet Colorado Xtreme, rebatizado pela GM do Brasil como S10 Xtreme.

A picape recebeu snorkel, ressalto no capô, alargadores de para-lamas, soleiras, skidplate, bagageiro de teto, santo-antônio e pneus parafusados às rodas. Por dentro o destaque é o couro de dois tons revestindo os bancos e portas, e novo sistema multimídia MyLink, compatível com Apple CarPlay e Android Auto.

Por último, a Chevrolet ainda trouxe a passeio o elétrico Bolt, que começou a ser produzido em outubro nos EUA.

salao-sao-paulo-flatout-gm-outros-5

O compacto usa um motor elétrico de 150 kW (204 cv) e 36,5 mkgf alimentado por uma bateria de íons de lítio de 60 kWh e 288 células, que permite uma autonomia de cerca de 500 km.

salao-sao-paulo-flatout-gm-outros-4

Matérias relacionadas

Sandero RS Speed Experience: track day e test-drive no autódromo da Capuava – veja como foi!

Juliano Barata

Volkswagen apresenta Golf GTI com 411 cv e Golf Alltrack customizado no Wörthersee 2018

Dalmo Hernandes

Porsche apresenta o 911 GT2 RS, GT3 RS e o novo Macan no Salão do Automóvel de São Paulo

Dalmo Hernandes